Últimas

Domingo, 04 de Fevereiro de 2007, 07h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Serys, Jaime e Jonas agora são vizinhos

   Pela primeira vez nos últimos 20 anos os três senadores mato-grossenses passam a ter gabinetes numa mesma ala. O recém-empossado Jaime Campos (PFL) montou sua estrutura em Brasília no gabinete 24, 'herdado' do tucano Antero de Barros. Fica no 1º andar. Jonas Pinheiro (PFL) mantém seu gabinete número 6, no mesmo anexo Teotônio Vilela. A petista Serys Marly, que até dezembro estava na ala mais antiga, que é a Filinto Muller, no térreo (saída para garagem), subiu para o primeiro andar e está agora no gabinete 21. Agora,  Serys tem estrutura instalada ao lado da colega Ideli Salvati (PT-SC), líder do governo no Senado, e é vizinha de Jaime Campos. Por estar há quatro anos no carga, Serys teve direito de escolha de gabinete, assim como Jaime, por já ter sido governador.

   Idealizado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o prédio do Congresso Nacional, considerado o principal cartão postal de Brasília, forma o conjunto do Senado e da Câmara, no centro da Praça dos Três Poderes. Formando um H, as duas torres, uma do Senado e outra da Câmara, possuem 28 andares.

    Privilégios

   No Senado, os parlamentares mais antigos ou que já ocuparam cargos de grande relevância, como de presidente da República, têm a prerrogativa da escolha de gabinete. Também recebem maior estrutura. O ex-presidente Fernando Collor (PTB), por exemplo, passa a ter oito assessores a mais se comparado aos demais. Os 81 senadores, em geral, têm o livre provimento de nomear até 9 assessores, chamados de secretários parlamentares. Além disso, contam com auxílio da chefia de gabinete e de outros técnicos da Casa.

   Com oito anos de mandato, cada senador ganha R$ 12,5 mil mensais. Tem direito à moradia, passagens aéreas, verba indenizatória e ressarcimento sobre outras despesas, como de estrutura funcional nos Estados.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM agora sem amarras dos Campos

frankes siqueira curtinha 400   Sem o controle absoluto dos Campos, como nas últimas duas décadas, desde quando era PFL, o DEM, que não elege vereador em Cuiabá desde 2004, vive melhores expectativas, agora sob comando da ala ligada ao governador Mauro. É presidido pelo secretário de Estado de Governo,...

O pulo de Elias do PSDB para o DEM

elias santos 400 curtinha   Elias Santos (foto), irmão do deputado Wilson, agiu como estrategista na construção de sua pré-candidatura a vereador por Cuiabá. Concluiu que teria mais dificuldades de obter êxito nas urnas no PSDB porque os dois vereadores tucanos que vão à...

DEM e voz na Câmara após 16 anos

marcelo bussiki 400 curtinha   O DEM (antigo PFL) passa a ter voz na Câmara da Capital 16 anos depois. Aproveitando a janela de março em que a Justiça Eleitoral permite mudança de legenda sem risco de perda do mandato, dois vereadores migraram para o Democratas, sendo eles Marcelo Bussiki (foto) e Gilberto Figueiredo, que...

MDB agora com 2 na Câmara-Cuiabá

juca do guaran� curtinha 400   O MDB do prefeito Emanuel Pinheiro, que não elegeu vereador em 2016 em Cuiabá, agora ganha duas vozes na Câmara. Tratam-se de Juca do Guaraná (foto), militante histórico do nanico Avante que resolveu migrar para a legenda emedebista, e do recém-empossado...

PT segue sem voz na Câmara-Cuiabá

bob pt 400 curtinha   O PT, presidido em Cuiabá por  Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), está mesmo "queimado" e sem prestígio. Em meio ao troca-troca de partido entre os vereadores cuiabanos, aproveitando a janela de março, cujo prazo para mudanças para quem deseja se candidatar em outubro encerrou-se neste...

Deputado, única causa e os interesses

xuxu 400 curtinha   Xuxu Dal Molin (foto), deputado pouco atuante e limitado a defender a bandeira do agronegócio, é mais um daqueles que demonstram, na prática, usar a política para beneficiar os seus. De familiares de agricultores, Xuxu bateu duro, se posicionando contra a proposta encaminhada pelo governador Mauro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.