Últimas

Segunda-Feira, 07 de Maio de 2007, 13h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SOLENIDADE

Serys não prestigia posse de Ságuas na Educação

   A senadora Serys Marly, presidente regional do PT, foi a grande ausência na solenidade de posse de Ságuas Moraes na Educação. O evento, que marcou o ingresso de vez da legenda petista na administração Blairo Maggi, ocorreu no Palácio Paiaguás. Reuniu velhos adversários do governador, como Alexandre Cesar, que agora virou deputado, a ex-parlamentar Vera Araújo, contemplada com cargo de secretária-adjunta da Seduc, e Jairo Rocha, presidente do PT de Cuiabá.

   Além de Serys, não compareceram ao evento o professor Wanderley Pignati e o ex-deputado Gilney Viana, militantes históricos do PT. Para evitar conflitos internos, Serys peferiu alegar que não prestigiou a posse do novo secretário porque tinha outro compromisso no mesmo horário. Ela ainda não conseguiu "engolir" a decisão da maioria dos membros da Executiva Regional, que aprovaram a aliança com o governo do "rei da soja". Até então, o PT vinha atuando em âmbito regional como adversário da atual gestão.

   Em discurso, Ságuas prometeu ser interlocutor do governo junto ao PT. Defendeu melhoria do Estado nos indicadores nacionais no Sistema de Avaliação de Educação Básica (Saeb), na Prova Brasil e no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). São índices que medem a qualidade da educação no país, nos quais Mato Grosso aparece com reprovado.
   Ex-prefeito de Juína por dois mandatos e deputado estadual também por duas vezes, Ságuas Moraes disse que dará continuidade ao trabalho de Luiz Antônio Pagot na recuperação da rede física. Com discurso já incorporado ao da turma da botina, o petista lembrou que mais de 400 escolas das 647 já foram reformadas pelo governo Maggi. Falou também sobre o Plano Estadual de Educação, que tramita na Assembléia Legislativa. 
   O novo secretario prometeu concurso público e diz que dará celeridade aos processos de progressão e aposentadoria. Pretende ainda fortalecer a Educação da zona rural, indígena, especial e de jovens e adultos das populações tradicionais e quilombolas.

  “O desafio é grande, são 647 unidades escolares, aproximadamente 475 mil alunos e 28 mil trabalhadores. A rede é grande e complexa e a Educação é o maior serviço público prestado pelo Estado”, diz o secretário.

    “Tenho a convicção do seu sucesso, pela sua competência e força de ação”, destacou o governador em exercício Silval Barbosa, a quem coube empossar Ságuas no comando da Seduc, junto com a adjunta Vera Araújo.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • marco polo pinheiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Educação de MT ganha muito com o Jovem deputado Saguas, foi em Juina um grande administrador e será um excelente Secretário de Educação.Competência sobra no rapaz.

  • silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É, um médico na Educação, coisas da politica, assim como qualquer profissional pode ser professor, qualquer profissional pode gerencial uma Secretaria de Educação. Gostaria de saber, se alguem iria fazer uma cirurgia com um professor de História ou de filosofia.

  • pedro noronha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    respondendo a Silvia :Se o professor de História for dono do Hospital e fizer uma boa gestão poderia sim fazer uma cirurgia.O que esta em jogo é o conhecimento da gestão publica e não o Canudo. Professor ruim e mau administrador tem aos montes.

Prefeito estoura limite e TCE faz vetos

francis maris 400 curtinha   No sétimo e penúltimo ano de mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (foto) segue na mesma toada, de que a administração precisa continuar "enxugando" a máquina, embora já tenha conseguido o equilíbrio fiscal e que quem o suceder receberá uma gestão...

Vice muda de partido e vai a prefeito

leandro felix 400 curtinha   O vice-prefeito de Nova Mutum e primeiro-suplente de deputado estadual, Leandro Félix (foto), pretende deixar o DC. Deve se filiar no Podemos ou no PRB. Vai depender da orientação política dos irmãos Adriano (Podemos) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, prefeito de Mutum e...

Câmara só regulamenta salário de EP

misael partido 400 curtinha   Ao fixar o salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro em R$ 27 mil, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto) não aumenta o subsídio de Emanuel de imediato, mas sim regulamenta o valor que já era pago desde dezembro de 2018. O imbróglio começou...

R$ 71 mi já estão reservados para 13º

rogerio gallo 400 curtinha   Após os primeiros meses de "choradeira", pintando cenário do caos financeiro e administrativo, o governo estadual consegue, pela primeira vez neste 2019, fechar o mês com recurso provisionado para pagar o 13º dos cerca de 100 mil servidores. O secretário de Fazenda, Rogerio Gallo (foto),...

Jackson, enfim, nomeado ao TRE-MT

jackson 400 curtinha tre   O presidente Bolsonaro, enfim, escolheu, de uma lista tríplice, quem passa a compor o Pleno do TRE-MT no cargo de juiz titular, na categoria jurista, para dois mandatos de mandato. Trata-se de Jackson Francisco Coutinho (foto), que desde o ano passado já atua como juiz-membro substituto no Tribunal. Nos...

Com mais de 60 prefeitos e esposas

mauro mendes virginia 400   Acompanhado do governador e esposo Mauro, a primeira-dama Virginia Mendes recebeu para um jantar no Palácio Paiaguás, na segunda, mais de 60 primeiras-damas, além de prefeitos e outras autoridades. O governador, que promoveu o encontro, aproveitou para expor números, ações e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.