Últimas

Domingo, 05 de Agosto de 2007, 08h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Serys volta a enfrentar briga interna com Abicalil

     O PT tenta se restabelecer após sucessivos escândalos envolvendo vários de seus líderes em âmbitos regional e nacional. De um lado, o grupo da senadora Serys Marly, que teve o nome envolvido com a máfia dos sanguessugas e depois conseguiu se livrar do processo de cassação, se articula para continuar no comando da legenda. De outro, os deputados Carlos Abicalil e Alexandre Cesar, da mesma corrente de Zé Dirceu e que também foram citados em outros escândalos, enfrentam o debate interno para reassumir a direção partidária.

    As correntes não se entendem, travam e postergam debates, se envolvem em conspirações e estão sem opções de candidaturas consistentes rumo as eleições municipais de 2008. Para a disputa em Cuiabá, por exemplo, Serys e Abicalil admitem uma eventual candidatura, mas sem o mínimo de entusiasmo, tanto que o partido tenta cooptar lideranças "de fora", como é o caso do Alencar Farina (PR). A senadora e o deputado federal, que "brigaram" antes pela direção regional, voltam a se enfrentar. da Corrente Unidade na Lula (ex-Campo Majoritário), Abicalil estaria disposto, inclusive, a apoiar o deputado Ademir Brunetto, candidato a presidência do partido, tudo para evitar que a corrente de Serys venham a manter o controle regional da sigla petista. 

    Os filiados mato-grossenses finalizam neste domingo (05) a reunião estadual referente ao 3º Congresso Nacional, que será sediado em São Paulo de 31 de agosto e 02 de setembro. São dessas etapas que ocorrem concomitantemente nos Estados que saem propostas e definição de delegados para as eleições nos diretórios em todos as esferas.

     Em Mato Grosso, Serys e Abicalil, cada um com o seu grupo, tentam se fortalecer. Está em jogo não apenas o pleito do próximo ano, mas o de 2010. A senadora sonha com o projeto à reeleição. Abicalil é tido pelos aliados também como virtual candidato ao Senado. Como na vida pública, os líderes montam planos e estratégias com bastante antecedência, tanto Serys quanto Abicalil se esforçam para fortalecer suas bases nas eleições municipais para, daqui a três anos, entrarem numa nova disputa majoritária.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É briga de "cachorro grande"... esse PT esta cada dia mais parecido com o PFL, PSDB, PMDB e outros que estão virando farinha do mesmo saco. A politica partidaria esta cada vez mais podre.

  • Carla Patricia Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa Serys é uma demagoga. O poder subiu na cabeça dela, aqui ela anda da calça jeans e tenis e em Brasília, ela usa roupas de grife, viaja o mundo inteiro com nosso dinheiro e para completar,adora aprecer na revista cara. Fala sério Serys, vc bem que podia começar a trabalhar e honrar os votos que teve para o senado. Abre o olho companheira!

  • Marco Aurélio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Carla

    Como você é mal informada !!!

    Faz acusações tão infantis que sequer merecia ser respondida mas com a verdade tem que se estabeler resolvi perder meu tempo m te responder...

    Serys é a parlamentar que mais consegue dinheiro para Mato grosso. este ano só parea Cuiabá foram mais de 12 milhões...

    Leia um pouco mais...

    Que sabe assim evite escrever e dizer bobagens...boa tarde

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.