Últimas

Domingo, 24 de Fevereiro de 2008, 08h:49 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

Silval diz que gestão da Sema deve ser sacudida

  O vice-governador Silval Barbosa (PMDB) ameniza a crise na área ambiental, destaca avanços, mas admite que a administração precisa avançar muito no setor e admite que há problemas de gestão. "Tem muita coisa feita, mas, neste ano, se a gente der uma apertada na gestão da Sema vamos avançar mais", diz Silval. Ele foi escalado pelo governador Blairo Maggi para encontrar uma alternativa com vistas a acabar com a crise na Sema.

   Na semana passada, Silval participou do encontro Reage Nortão, em Colíder, e ouviu até xingamentos de produtores, prefeitos e outros líderes políticos. Todos estavam na bronca por causa do trâmite lento dos processos sobre licenciamento protocolados na secretaria. O movimento pediu a troca do comando da pasta. Perguntado se Luis Henrique Daldegan e seu adjunto Batilde Abdala podem vir a ser exonerados, Silval Barbosa desconversou. "Isso é autonomia exclusiva do governador Blairo Maggi. Ele me falou de todas as reformas do secretariado, mas, sobre a Sema, não disse nada".

   Silval conta que durante o Reage Nortão não se discutiu troca do comando da Sema, mas lembra que o discurso do deputado estadual José Riva (PP) foi duro nesse sentido. Lembra também que a CPI da Sema, instaurada pela Assembléia e presidida pelo próprio Riva, apresentou mais de 80 sugestões e apontou problema de gestão na secretaria.

   Bastante cauteloso, o vice-governador preferiu reforçar a tese de que "está havendo melhorias na gestão ambiental". Segundo ele, quando da Operação Curupira, que resultou na prisão de diversas pessoas e suspensão de madeireiros do cadastro de licenciamento, principalmente do Nortão, verificou-se que o setor estava muito desorganizado. "A maioria estava atuando na ilegalidade e houve uma crise que praticamente parou o setor madeireiro". Afirma que o governo Maggi reagiu de imediato e assinou um termo de responsabilidade ambiental com o Ibama, trazendo para o Estado as atribuições do órgão federal. Isso, segundo Silval, levou o Estado a preparar e a ajustar toda uma legislação ambiental, com correções e estrutura para, assim, poder atender a demanda, o que levou um certo tempo.

   Ibama e Sema

   O vice-governador faz até comparativo para assegurar que a área ambiental "melhorou". Conta que nos últimos quatro anos (de 2002 a 2005), o Ibama havia liberado 5 milhões de m3 de Autorização para Trasporte de Produtos Florestais (ATPFs). Segundo ele, o Estado, assim que assumiu a gestão florestal após parceria com o Ibama, de dezembro de 2005 até o final de 2007, liberou 8,3 milhões de m3 somente de manejos. "Em dois anos, mesmo com a falta de estrutura, avançamos muito mais do que se essas atribuições estivessem com o Ibama".

  Por outro lado, o ex-prefeito de Matupá (Nortão) e ex-deputado estadual, o vice-governador peemedebista pondera que o governo não pode cantar vitória na área ambiental "porque falta muita coisa para melhorar dentro da secretaria". Apesar das evidências, evita falar em queda do secretário e do adjunto. É esperar para ver.

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • marcelo gomes da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falta gestão, competencia e eficiência na sema. há excesso de burocracia e lentidão nos processo, e sobra capacidade para fazer armações e perseguições, autoritarismo e prepotência aos atuais diretores da sema. Só o governador não quer enxergar isso, e vai pagar um preço politico alto pelo descaso que vêm tratando a gestão ambiental no Estado.

  • juliano menezes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falar em trocar de secretario e adjunto é uma brincadeira. Eu mesmo ja denunciei esses dois e sabe oque aconteceu? A chefe de gabinete dele Izabel, gozou na minha cara, disse que no Luis Henrique ninguém meche, disse que o governador não tem "peito" de arrumar pra cabeça dele próprio. Essa mesma Izabel arrota pesado no espetinho do pai dela, dizendo que tem o rabo do governador. Querem mais??? Eu mesmo ja acredito, pois depois de tanto escandalo e tanta pressão pra tirar os 2 e nada.... acreditei.

  • Ricardo Monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Volto a insistir na Campanha que poderá salvar a SEMA: "Fora Izabel!!!" Governador quer melhorar o funcionamento deste órgão? Comece pela chefe de gabinete, que é arrogante, autoritária, incompetente e diz que o governador está nas mãos do Batilde e Luiz Henrique.
    Fooora Izabel!!!!!!!!!!!!

  • Adriana Lica | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse movimento não vai dar em nada, pois o secretário luis henrique não quer jogar o jogo deste pessoal. O cara é definitivamente cria das Ong´s. Será que o governador não acordou que esse cara é um incompetente? Blairo você tem no quadro da SEMA o Afranio que pode substituir o Luis henrique e ser o melhor secretario que a SEMA ja teve. Só é preciso deixar o Afranio mudar toda a assessoria que hoje rodeia luis henrique.

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Segundo informções confiáves o atual secretário não tem autonomía, acredito que o problema seja sua ligação com o conselheiro Bosaipo seu protetor, acusado de desviar junto com o dep. Riva mais de R$ 100 milhões dos cofres da Al.

  • lucas sebastião viegas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero também que o governador não esteja protegendo o senhor luiz daldegan simplesmente porque este saiba o ponto fraco dele e o tenha "sob controle", pois esta é versão que corre na sema e na imprensa matogrossense. A própria sema possui quadros de elevado nível técnico, capaz de implementar um plano de gestão ambiental ao Estado de forma competente e ágil, tirando o Estado do caos que hoje se encontra, e para isso basta o governador ter a sensibilidade de avaliar o porquê que a gestão ambiental do Estado não evolui. Agora, se o governador continuar preferindo alguém de fora dos quadros, sem dúvida, o Afrânio, pela sua competência técnica, credibilidade e o respeito que conquistou do corpo técnico é um nome que merece considerações, até pela posição, equilibrada e coerente que têm adotado na sema.

  • fatima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito bem Adriana, concon=rdo com voce,o que se deixarem o Afranio fazer o que ele sabe sobre meio ambiente, a SEMA será mais ágil.
    O Luiz, Batilde, Izabel, irmã ou prima de Izabel, que ela conseguiu enfiar no gabinete, o que entendem de gestão ambiental? Aquilo parece a casinha de briquedo deles.

    Estou decepcionada com o Senhor Blairo, sempre nos passou a imagem de um empresário sério, e cheguei até a acreditar nisso, mas vendo esses desmandos, não sei se é sério ou não quer ser na questão ambiental

  • Júlia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aos inconformados e insatisfeitos acredito que sejam INSATISFEITA. Uma mulher que por mais imbecil seja, sempre haverá um imbecil maior para achar que você não o é, o mal que o invejoso carrega ser rancoroso e muito mal informado não existe essas historias de Espetinhos, arrotos (falta de educação) a verdade é que quem muito trabalha INCOMODA e não dá para mudar é a mundo e sua adversidade acredite caro leitor, o Governador não tem nada a esconder e se tivesse não seria uma simples chefe de gabinete que o teria nas mãos! Acorde! Vá em busca de alegrias e felicidade “ A violência é o último recurso da incapacidade." Só um detalhe falem o que for, acreditem quem quiser, mas que a Isabel é competente, trabalhadora, e muito ligada a Deus para ter fé e não se levar por tantas intrigas, com seu nome envolvido. PARABÉNS Isabel você é muito Capaz te aconselho a rezar e pedir que te livre desses espíritos encarnados em almas tão amarguradas sejam felizes e te esqueçam um abraço aos amigos.

  • Geraldo Borges Muniz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora sim, vamos ver se o vice-governador tomará alguma providência diante do espetáculo de incompetência, erros e desmandos que ocorrem na SEMA. Tenho certeza que ele sabe do que se passa por lá!!!

    Mostre a que veio vice???? PROVIDÊNCIAS URGENTES!!!!

  • fernanda souza bulhões | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    julia, a sua amiga isabel pode ser tudo, menos séria, competente e trabalhadora. a maior indústria de intrigas e perseguições na sema é promovida por ela mesma, com a conivência do seu capacho, fraco e incompetente secretário. Enquanto essa turminha estiver na sema, a área ambiental do estado vai continuar sendo motivo de piada e vergonha.

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

Novo cargo de 2º escalão em Cuiabá

ricardo lobo 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro criou um novo cargo dentro da estrutura do segundo escalão do Palácio Alencastro. É a figura do secretário-adjunto de Relações Comunitárias, espécie de porta-voz de mais de 300 bairros. E quem estreia no posto é Ricardo Lobo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.