Últimas

Terça-Feira, 13 de Outubro de 2009, 07h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RUMO A 2010

Silval e Santos lembram briga de 94 entre Sobrinho e Dante

Fernando Ordakowski

Assim como Dante em 94, Wilson Santos ocupa 2º mandato de prefeito, foi deputado e é pré-candidato da oposição, enquanto Silval, a exemplo de Sobrinho de há 14 anos, é vice, do Norte e tem aval do Paiaguás

   Silval Barbosa (PMDB) e Wilson Santos (PSDB), que polarizam a disputa pelo governo estadual, vivem hoje, a menos de um ano das eleições, situação similar a do confronto entre Osvaldo Sobrinho (PTB) e Dante de Oliveira no processo eleitoral de 1994. A oposição, sob o então pedetista Dante, acabou vencendo o pleito com uma frente ampla. Dante (já falecido) teve 471.104 votos e, Sobrinho, 167.072. O terceiro concorrente, Ivanildo Francisco de Oliveira (PSD) chegou a 22.850 votos.

    Assim como Sobrinho há 15 anos, Silval é oriundo do Nortão, foi deputado e hoje exerce mandato de vice-governador e tem apoio do Palácio Paiaguás na corrida sucessória. O governador Blairo Maggi se empenha para elegê-lo sucessor. Silval também começou sua trajetória como prefeito de Matupá. Sobrinho era de Sinop e tinha força política também em Colíder, ambos municípios do Norte mato-grossense. Naquela época, o então governador Jayme Campos (PFL e hoje DEM) jogou todas as fichas, com o poderio da máquina estatal, para reforçar, em vão, o nome de Sobrinho.

   Do outro lado, estava Dante, que exercia mandato de prefeito pela segunda vez e não completou o mandato. Tinha sido deputado e ministro da Reforma Agrária do governo José Sarney. Agora, surge na cena rumo à cadeira de governador o ex-pedetista e tucano Wilson Santos, que também está no segundo mandato de prefeito da Capital e foi também deputado estadual e federal. Santos atuou também como vereador; Dante, não. Do PDT, Dante pulou para PSDB, assim que se elegeu em 94. Conquistou a reeleição, em 98, pelo PSDB. Santos seguiu o mesmo caminho partidário de Dante.

   São histórias que começam a se repetir num intervalo de 15 anos. É por isso que o tucanato tem insistido para Santos se preparar para, a exemplo de Dante, renunciar à cadeira de prefeito e encarar o desafio para governador. De um lado, o prefeito carregará sobre os ombros problemas que vêm travando sua administração, como as obras do PAC, crise na saúde e falta de projetos macro. Tem a seu favor o fato de sobressair no discurso e no debate e o sentimento de mudança diante de um governo estadual que, mesmo bem avaliado, conforme as pesquisas, está prestes a acumular oito anos de mandato.

   Com mesmo estilo light de Oswaldo Sobrinho, hoje senador em substituição temporária a Jayme Campos e aliado de Santos, de quem é primo, o peemedebista Silval Barbosa busca explorar o bônus administrativo da gestão Maggi para se firmar como candidato a governador por um grupo que tende a formar amplo arco de alianças. Caberá ao eleitor conduzir os fatos históricos. As coincidências são apenas um detalhe.

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • carlos abadia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    só vota no silval quem não o conhece, pergunte pra que mora no Nortão. se manca sujeito.....

  • TOM UBIRAJARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Podem até lembrar a disputa do passado entre Dante x Sobrinho, mas a historia não repete acontecimentos, a não ser em forma de comédia ou tragédia.
    São pessoas completamentes diferentes tanto de personalidade quanto de postura politica. Nada lembra nem de longe o Sobrinho e muito menos o Dante.
    No mais são especulações para carimbar uma polarização, vamos ver o que acontece até 2010.

  • clementino nogueira de sousa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só queria situar no tempo esse enunciado: a história se repete - ele faz parte de toda uma epistemologia ortodoxa da história do século XIX,portanto,estamos no século XXI e a história sofreu mutações e transformações em suas linguagens historiográficas.Assim se utilizar de linguagens anacrônicas signfica simplesmente senso comum .

  • gerson mariano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o prefeito ganhra repetindo a mesma historia

  • alinor alves do nascimento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NO ANO QUE VEM ESSES DOIS VÃO LEVAR UMA PORRETADA NAS URNAS QUE VÃO SAIR COM UM QUENTE E OUTRO FERVANDO.O POVO NÃO É MAIS BESTA...

  • DIONISSIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A UNICA DIFERENÇA ENTRE DANTE
    E O PINOQUIO E QUE DANTE FAZIA PARTE DO SENARIO NACIONAL, COM AS CONSTITUINTE.EO PINOQUIO FAZ PARTE DOS ESCANDALO DO PAC. DA ETA TIJUCAL, DAS GREVE DOS MEDICO E ISSO QUE DIFERENCIA DE DANTE.

  • Tergival Meira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não é verdade que as situações são semelhantes. Há grandes diferenças, que podem desaguar em resultados também diferentes: a) Jaime estava extremamente desgastado, o que não é o caso do Blairo; b) há o instituto da reeleição, que não havia, e que muda a relação entre o poder e os eleitores; c) Na ocasião, Osvaldo Sobrinho não participou efetivamente da administração; d) O partido do Osvaldo é um nanico em MT, ao contrário do PMDB, que tem profundas raízes no Estado; e finalmente e) a administração de WS é pífia e não dá mais tempo para recuperar a credibilidade. Ele (WS) é infinitamente pior que Dante, que era mediano em termos de administração. Basta percorrer Cuiabá.

  • Gi Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho absurdo que o Prefeito Wilson tenha a coragem de se contradizer e se candidatar ao governo... Não consigo acreditar que depois de tantas mentiras ele ainda tem chances de ganhar!!!

    Não é justo compará-lo ao Dante, pois ele nem ta aqui pra se defender, e isso é uma ofensa das grandes!!!

    Wilson Santos está deixando a Prefeitura mais bagunçada do que casa de peão... Tenho dó de quem vai assumir a cadeira dele em 2012, porque o vice só vai empurrar com a barriga ate lá...

    Mas vamos ver no que dá né... porque em matéria de política tudo é possivel!!!!!!!!!

  • leo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENS PREFEITO WILSON, vc merece mesmo

    veja só o caso da saúde, teve que trazer os gauchos para cuiaba, porque aqui nao tem gente competente para a saúde, e voce é prova disso.
    vamos ver se o povo cuiabano acorda, e te tira dai.

    poca vegonha, desmoralizando a competencia dos cuiabanos.

    acorda povo.......................................................

  • joao do caminhao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o dionissio, nao vale pq ele e o irmaozinho mais velho do sinval, mais o sinval perde feio pro wilson pra governo....

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...