Últimas

Sábado, 14 de Novembro de 2009, 23h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RUMO A 2010

Silval visita Araguaia e Noroeste e vai à feira em Cuiabá

   Enquanto tucanos e democratas fizeram barulho em defesa dos nomes de Wilson Santos e Jayme Campos para governador nesta sexta e sábado em sua base eleitoral, o Nortão, com encontros em Sorriso e Sinop, o ex-prefeito de Matupá, ex-deputado estadual, vice-governador e pré-candidato ao Palácio Paiaguás Silval Barbosa (PMDB) seguiu pelo Araguaia e Noroeste do Estado. Na onda da estrutura da máquina pública, Silval vai construindo degraus para viabilizar seu projeto majoritário.

   Na companhia do governador Blairo Maggi, o peemedebista ajudou a lançar e a inaugurar obras em Querência, Água Boa e Pontes e Lacerda. Antes, participou de uma audiência pública em Barra do Garças. "Essas regiões estão recebendo obras dos sonhos, como a pavimentação asfáltica da 242", enfatiza Silva. Essa rodovia foi federalizada e liga a BR-158 (no Araguaia) com a 163, em Sorriso (Norte). Neste domingo, Silval cumpre agenda em Cuiabá. Ele vai percorrer feiras-livre. Quer testar a popularidade na capital. O pré-candidato da situação afirma que a receptividade da população "está cada vez melhor".



O vice-governador Silval Barbosa, pré-candidato do PMDB ao Palácio Paiaguás, discursa e, depois, aplaude Blairo Maggi e o prefeito de Água Boa, Maurício Tonhá, o Maurição (PR), na inauguração de uma das obras
Fotos: Edson Rodrigues

   O peemedebista, que assume o comando do Estado a partir de 4 de abril com a renúncia de Maggi para concorrer ao Senado, afirma que a gestão Maggi construiu quase 3 mil km de asfalto nas rodovias e isso fez com que diminuíssem as distâncias e as desigualdades regionais. "Em cada obra inaugurada é perceptível a satisfação das pessoas nas cidades mais afastadas da capital". Silval voltou a explicar o fato de, no passado, enquanto deputado, ter defendido a divisão territorial de Mato Grosso e hoje não mais manter o discurso. Trata-se, segundo ele, de uma proposta já enterrada. “Eu defendia o sentimento da população que sofria com a falta de asfalto, educação, saúde, de tudo. Hoje o governo Blairo Maggi integrou o Estado, promoveu a melhoria na educação, em todos os aspectos, energia elétrica, foi a valorização do interior. Não tem mais essa necessidade”.

    Na visita à região do Araguaia, onde também havia sentimento pela divisão, Maggi e Silval ouviram comentários de que não querem mais dividir o Estado. Segundo o vice-governador, a população se mostra satisfeita com o asfaltamento da BR-242/158. "Essa obra vai acabar com o movimento de separação e promove o sentimento de integração do Araguaia definitivamente a Mato Grosso”, completou o prefeito de Querência, Fernando Gorgen.

    Maggi afirmou que o bom trânsito nos órgãos federais e ministérios e a nomeação de seu afilhado político Luiz Pagot como diretor-geral do Dnit foram fundamentais para viabilizar recursos e projetos com vistas a construir estradas, o que tem transformado a malha viária mato-grossense. “Com a ida do Pagot para Brasília tivemos a chance de realizar outro sonho. Além do asfaltamento da 158, conseguimos definir o traçado e federalizar a 242, a gente nem sabia onde ia passar e aí essas coisas começaram a clarear”. Querência, por exemplo, foi um município que, segundo Maggi e moradores da região, era o fim da linha, "a ponta da corda" e, com o traçado da 242 definido e a ligação de Querência a 158 com asfalto, se tornou uma indutora de progresso.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sem dúvida que Silval vai edificando os degraus de sua candidatura, mas são degraus de gelo, é o que se nota nos semblantes da meia-dúzia de pessoas que ouvem seu discurso.

  • DILSON TAVARES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PODERÍAMOS PREGAR UMA PEÇA NESTE BLAIRO BOTINUDO, MESMO COM TODOS SEUS MÉRITOS...NUNCA DEIXOU DE SER UM SULISTA METIDO E TAL E COISA!!! VAMO TIRÁ-LO DO SENADO, SÓ PRA MANTER A TRADIÇÃO! EX GOVERNADOR, NÃO GANHA À SENATÓRIA...SERIA UMA BOA PEÇA QUE OS MATOGROSSENSES PREGARIAM EM SUA IMPÁFIA E ARROGÂNCIA...TÁ COMBINADO ENTÃO PESSOÁ, VAMO NO ZEBRA!!!!!!!!E A MALDIÇÃO CONTINUA.....................

  • Vilson Haac | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não adianta iniciar o palanque com inaugurações. Maggi, Maurição, Silval, aquele bigodudo que aparece na foto e outras figuras desta aliança já estão estigmatizadas como um grupo que prometeu mudar MT e em quase oito anos, nada fizeram se considerarmos as promessas feitas.
    O que muitos chamarão de surpresas, chegará em 2010.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, ao ler esta matéria, gostaria de fazer um apelo aos politicos e ao MP; estamos ouvindo nos meios de comunicação que já stamos vivendo uma grande crise na saúde, em virtude da DENGUE. Prova são as mortes ocorridas, dentre elas a do Adv. Dr. Alan Kardec.
    Diante dos fatos, porque não se proibir gastos com campanhas extemporânea e com as inaugurações politiqueiras, (pois i naugurar obra é obrigação do gestor), não é isso Blairo? e investir parte do dinheiro (orçamento) da Secretária de Comunicação Social e da Casa Civil em veículo de comunicação para uma campanha agressiva contra a DENGUE, ou mesmo para fazer voltar os carros FUMACÊ. Isso tanto para o Estado como para o Municipio de Cuiabá. Estamos fartos dessas briguinhas de acusações. Quando chegarem em casa olhem seus filhos....e reflitam...Eles merecem contrair dengue e morrerem prematuramente por atos e ações irresponsáveis de vocês ou de seus técnicos? morte não distingue classe social! prova disso que essa semana perdemos um operador do direito!, quantos mais terão que morrer?

  • Idur | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não dá para acreditar q ainda existem pessoas inescrupulosas q ficam retaliando pessoas por região, esse DILSON TAVARES q fez esse comentário infeliz deve ser um tucano frustrado, vá procurar o q fazer!O Gov.Blairo Maggi, tem q inaugurar sim, festejar suas inaugurações, pois, o governo anterior fez o q?Por isso não tinham nada a comemorar, a não ser as privatizações....etc

  • joao | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito bem Sr. Milton Ribeiro, voce bateu na tecla certa, enquanto a dengue está matando em MT, o Silval e o governador já estão em campanha extemporânea, cadê o Ministério Público?.
    Silval está em campanha desde o ano de 2006 e ninguém fala nada.

  • Martine da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    já morei em cba hoje estou aqui em Sorriso,me orgulho do prefeito Chicão Bedin,fui eleitor de WS mas vejo que ele não esta preparado á administrar o estado uma pelo fato de abandonar a capital,e alem do que mtas mentiras que ele anda pregando ao estado inteiro e o povo sabe somente ele acha que o povo acredita é um pessoa sem conhecimento do saber e passar a verdade não mentira ela já chegou no conhecimento do matogrossense.Voto em cba mas irei votar no vice gov do Blairo é o senhor Silval ok.

  • Adriana Carloline da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que eu vejo no Silval é falar com firmeza sem enrrolação isso eu sintosou eleitora de cuiabá mas nós não votamos mais para o E Santos ele deixou a desejar nosso povo cuiabano esqueçeu devez o povo que elegeu como prefeito agora pode esqueçer,vamos de 15 na cabça com certeza.

  • Amorim Simião | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    devemos dar uma oportunidade ao vice pois sabemos que o paradigma dos senadores serás quebrado pelo Blairo ele irar ser o senador mais bem votados na historia de mt,por é bom termos Silval como governador pra dar continuidade ao nosso povo sofredor principamente pelos gestor do passado nunca mais ok.

  • Cleyton Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    passou por nossa região uma leva de passado que pensei que estava voltando o tempo de Jurastico pre historico ou melhor entendendo um palanque de dinoussauros,que veio de cuiabá juntamente com uma chefona dos barbudos(telma).este time não elege nem pra sindico dos condominios que estão sendo construido ai em cuiba de luxo.

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...