Últimas

Terça-Feira, 04 de Setembro de 2007, 10h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

MEIO AMBIENTE

Situação em Juína só trará desgastes, diz Ságuas

    O secretário estadual de Educação, médico Ságuas Moraes, ex-prefeito de Juína por dois mandatos, disse que a atitude do atual prefeito Hilton Campos (PP), dos fazendeiros e de vereadores de expulsarem jornalistas e ambientalistas quando da visita à região deve ser condenada. Considera que o fato só acirra os ânimos e pede paciência dos produtores e uma postura sensata da administração. Ságuas critica o prefeito Hilton. "Todos estão bastante ansiosos e visivelmente nervosos. O prefeito poderia mediar as conversas, mas a ação foi complicada", ponderou Ságuas.

    O ex-prefeito disse que está receoso com a repercussão negativa que trará um vídeo de 12 minutos, mostrando, em Juína, a expulsão dos membros do Greenpeace, da Operação Amazônia Nativa (OPAN) e dois jornalistas - clique aqui e assista ao vídeo. "O Greenpeace está em todo o mundo, portanto, a repercussão não será boa. É preciso entender que nosso canal de comunicação é com a Funai e com a Justiça. O que eles fizeram só trará desgastes para o Estado e para o país", avaliou o secretário.

    Para o ex-prefeito, o convívio entre índios e produtores ficou conflitante nos últimos dois anos. "Na minha gestão, a conversa era amigável. Sempre em forma de negociação". Ságuas explicou que nas últimas décadas, a comunidade dos Enawene-Nawe cresceu quase seis vezes. "Por isso querem ampliar a área demarcada para chegar até o rio Preto", afirmou.   Segundo Ságuas, os índios que se locomoviam de canoa, agora possuem embarcações motorizadas e o rio Preto é a principal fonte de alimentos para os Enawene-Nawe. "Os donos de 150 propriedades da região temem a nova demarcação que pedem os índios. A maior briga é quanto ao rio", disse. 

    Ságuas concluiu sugerindo que a melhor forma é negociar para aumentar a demarcação de terras índigenas. Se houver a ampliação, os produtores  devem ser indenizados. (Simone Alves - RDNews)     

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • jorge maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Independente da questão em tela, o ex-prefeito e deputado Ságuas deveria pensar na Educação. É visível, ao citar "na minha gestão" que Ságuas quer fazer comparativos em termos de sua administração e a de Hilton Campos. Assim como ocorreu com a ex-secretária Ana Carla Muniz, dividida entre ser secretária e deputada -- com um outro olho na administraç~çao do marido, Perciva, então prefeito de Rondonópolis, o secretário Ságuas é mais um desse rol de políticos que, sem knoh-how para a Educação, gere uma pasta que exige 'tirocínio', habilidade, vasto conhecimento em educação pública, e nada ou quase nada de proselitismo. Enquanto a política de Educação de Maggi se houver de secretários desse naipe, o caos [como se vê, com produção de ensino em níveis sofrível nas escolas da rede] se perpetuará. Uma pena!!!

  • Rodrio Augusto Marques Morais | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim, alguém fala na mídia da maior vergonha ocorrida em Mato Grosso. Não há como comparar a gestão do sr. Ságuas com a do atual prefeito que auxiliou a prática de crimes (afinal o que se vê no vídeo é constrangimento ilegal, acompanhado de coação, ameaças e, por parte do prefeito, que é autoridade, abuso de poder). O senhor Hilton deveria estar fora do cargo a essa altura, qualquer pessoa deve ter medo de ir à Juína. Uma terra bárbara, como o vídeo demonstrou, em que alguns - os mais ricos - se sentem donos da cidade e cercam, intimidam, ofendem, amedrontam e expulsam quem ousa discordar do que pensam. Aliás, a violência só não foi física, porque as vítimas, com medo, não reagiram. E porque em alguns momentos a polícia militar impediu.
    Pobres dos seres-humanos, índios, submetidos à essa reunião de pessoas unidas para cometer barabaridades contra os direitos alheios.
    E os fazendeiros juram que são as vítimas. Vítimas? Armados, intimidando e usando a força.

  • Dilza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero ver o Hilton se pronunciar..deve estar morrendo de vergonha pelo que fez ou rindo escondido! Esse povo é sem noção de postura. Tá verto Ságuas

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.