Últimas

Quinta-Feira, 12 de Junho de 2008, 16h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

LEGISLATIVO

Só 2 deputados de MT votam contra nova CPMF

Deputado Homero Pereira contraria orientação do PR e vota contra o governo  Somente Homero Pereira (PR) e Saturnino Masson (PSDB), que substitui Thelma de Oliveira, votaram contra o texto-base do projeto que recria a CPMF, agora com nome de Contribuição Social para a Saúde (CSS). A votação se deu nesta quarta à noite. O projeto foi aprovado pela Câmara com 259 votos, dois a mais que o mínimo necessário. Com o voto contra, Homero foi à contramão do PR, que pertence à base aliada do governo. Ele acredita que o governo não terá prejuízo para implantar programas e políticas de saúde, já que a arrecadação está aumentando. “Não há justificativa para elevar a carga tributária”, afirma. O republicano ainda reforça que os impostos existentes são suficientes para atender não só a saúde, mas também áreas como a educação e segurança. Por fim, alfineta: “basta que os recursos sejam bem geridos”.

  Já o parlamentar Valtenir Pereira (PSB), um dos que votaram pela CSS, alega que o novo imposto terá uma alíquota de 0,1% e incidirá sobre toda movimentação financeira e começará a ser cobrada a partir de 1º de janeiro de 2009. Diz que é favorável porque trata-se de uma contribuição especifica para a saúde, setor que enfrenta dificuldades para atender toda a demanda no país. “Essa contribuição vai ajudar a reduzir filas para a aquisição de remédios, filas de cirurgias e de leitos de UTIs e tantas outras mazelas da saúde pública”, justifica.
 
  Segundo Valtenir, 97% dos trabalhadores brasileiros não serão atingidos pela CSS, já que isenta o pagamento do tributo aos trabalhadores assalariados, aposentados e pensionistas do INSS que recebem até R$ 3.038 por mês.

  Além de Valtenir, votaram favoráveis Carlos Abicalil (PT), Wellington Fagundes (PR), Pedro Henry (PP), Eliene Lima (PP) e Carlos Bezeraa (PMDB).

  O projeto foi encaminhado novamente ao Senado, já que foi modificada na Câmara e ao que tudo indica deverá ser aprovado. A cobrança da CSS será de responsabilidade dos bancos e instituições financeiras. O valor recolhido será integralmente repassado ao Fundo Nacional de Saúde (Funasa), e os recursos deverão ser aplicados exclusivamente em ações e serviços públicos de saúde. (Alline Marques)

Confira como os deputados de Mato Grosso votaram

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Paulo Cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vejo como uma medida justa, haja vista que somente vai pagar quem ganha acima de R$3.030,00, além de que irá direto para a saúde em uma conta específica, também é uma forma de tributar, evitar sonegação e quebrar sigilo de forma velada!!!

  • MARCOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - É INCRIVEL QUE ESSES PARLAMENTARES FAZEM PELO POVO, ADEQUAR AS LEIS NÃO É COM ELES, MAS PARA F.... O POVO É COM ELES MESMO. DEPOIS QUEREM VOTOS. ......TRABALHAR MESMO, NADA,...........

  • Gustavo Kunert | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O VALTENIR ACABOU DE PERDER O MEU VOTO!

    QUEM VOTA CONTRA O POVO, CONTRA O BOLSO DO POVO, E ESTA APENAS A SERVIÇO DE SI MESMO, NÃO MERECE O MEU VOTO...

  • Cecilio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se realmente for para a Saúde é muito bom e, outra coisa pobre não tem plano de saúde, aí quem paga para o poder público cumprir seu dever é quem tem poder aquisitivo melhor, mas tudo isso tem que ser bem fiscalizado..Fazer liminar não garante tudo na esfera de sáude..Temos que ter um Hospital Modelo e o Estado não tem Dinheiro....

  • Ramiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEM MARMANJO QUE AINDA ACREDITA EM PAPAI NOEL!
    TODO IMPOSTO CRIADO TEM UM ÚNICO CAMINHO, OU SEJA, SUBIR GRADATIVAMENTE ANO A ANO. A CPMF FOI CRIADA COM A MESMA JUSTIFICATIVA E NUNCA FOI PARA A SAÚDE.
    REALMENTE, A POLÍTICA É A ARTE DE TRAIR O POVO. ESSES DEPUTADOS NÃO TEM CORAJEM DE FALAR AO POVO DURANTE A CAMPANHA, QUE VÃO AUMENTAR IMPOSTOS. SÃO UNS TRAIRAS! QUANTO AO VALTENIR, IMAGINEM O QUE FARÁ SE FOR PREFEITO, ALIÁS ATÉ HOJE ELE NÃO COMPLETOU NENHUM MANDATO. TRATA-SE DE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL DA POLÍTICA.

  • liamara mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ah! esses que votam a favor e´ porque ja sabem o caminho de meter a mao.

  • ROSE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ELIENE??????????
    NÃO PODE SER VERDADE, ELE É FAVORAVEL AO IMPOSTO?
    NÃO É POSSÍVEL.

  • Roberto Guedes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dep Homero parabéns pelo posicionamento que vc adotou.... conversa com seu amigo maggi pra abaixa a carga tributaria aqui do estado, se vc conseguir com que ele abaixe vou vira seu fã nº 1.

  • Éber José de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns aos Deputados que com serenidade e responsabilidade social votaram FAVORAVELMENTE à CCS. Os que votaram contra certamente o fizeram mais por razões demagógicas e até hipópcritas do que realmente por achar que tão ínfima contribuição, que atingirá uma minoria, iria prejudicar alguém. Parabéns aos Deputados que votam com seriedade, sem demagogia.

  • ANTONIO ALELUIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VAMOS DEIXAR DE ENGANAÇÃO. A CPMF FOI CRIADA COM O ARGUMENTO DE QUE SERIA PARA A SAÚDE, SABEMOS QUE O DESTINO DO DINHEIRO FOI PARAR EM OUTROS MINISTÉRIOS. ESSA CONVERSA CANSA. ESPERO QUE O SENADO DERRUBE ESSA VALTA DE VERGONHA. O GOVERNO NÃO PODE APRESENTAR NOVAMENTE UMA MATÉRIA DERROTADA COMO FOI A CPMF, AGORA MUDA O NOME MAS, O ASSUNTO É O MESMO ISSO É IMORAL E INCONTITUCIONAL. PAU NESSES DEPUTADOS QUE NÃO REPRESENTA O POVO, SÓ QUEREM AS BENESSES DO PODER, 2010 VEM AI.

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...