Últimas

Domingo, 09 de Setembro de 2007, 20h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

CUIABÁ

Só 2 secretários de Santos não são substituídos

   Em dois anos e oito meses à frente do Palácio Alencastro, o prefeito Wilson Santos (PSDB) mudou e/ou remanejou 11 dos 14 secretários. As maiores alterações ocorreram na Saúde, com cinco nomeações, e no Planejamento, Orçamento e Gestão, com três. O tucano tem ainda 15 meses de gestão. Ele admite que seu governo patina e acabou provocando polêmica quando, em duas ocasiões na última quinta, criticou publicamente o secretariado. Além do PSDB, conta com cargos no staff o PTB, DEM (ex-PFL), PMDB e alguns partidos nanicos.

   Na Saúde, Santos começou com o médico Aray Carlos da Fonseca (PTB). Depois o substituiu por Eugênia de Carvalho, em seguida por Elias Nogueira, Olete Ventura e, por último, pelo deputado licenciado Guilherme Maluf. No Planejamento, o primeiro foi Nuremberg Borja de Brito, substituído por Reginaldo Amorim e, este, por Guilherme Muller.

   José Carlos Carvalho de Souza, o Zé do Nordeste, entrou no lugar de José Bussiki na pasta de Finanças. A secretaria de Governo hoje está sob Andelson Gil do Amaral, após passar por Ronaldo Taveira e pelo vereador Dilemário Alencar. Com remanejamento de Andelson, a Infra-Estrutura passou para o comando de Euclides Santos, ex-prefeito de Poconé. A Assistência Social e Desenvolvimento Humano é conduzida pela ex-deputada Celcita Pinheiro. Antes, o secretário era o vereador Edivá Alves. No Meio Ambiente, saiu o vereador Levi de Andrade e entrou outro: Éden Capistrano. O Trânsito e Transporte Urbano também registra mudança. O prefeito começou com Emanuel Pinheiro e hoje tem no cargo o empresário Oscar Soares.

   Dos 14 secretários, somente dois sobrevivem no mesmo posto: Mário Olímpio (Cultura) e o petebista João Vieira (Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo). A Comunicação, que antes era um departamento, ganhou estrutura de pasta e está sob o jornalista Pedro Pinto. A Defesa e Cidadania, então conduzida pelo pedetista Ricardo Siqueira, se fundiu com Esportes e Lazer.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O secretário de Saúde ameaçou entregar o cargo caso o Prefito Wilson não atende-se as propostas de reajuste saláriais dos profissionáis da Saúde.Não teve reajuste nem um.e o Secretário permanese no cargo. Será que tem algo haver com a construtora São Benedito? Que está construindo em área de preservação ambiental?.
    E por falar em Salário,será que algum profissional da área da saúde vai se inscrever para o concurso de Prefeitura para ganhar R$ 800,00.

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto). Ele, por sua vez, e para não...

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...