Últimas

Segunda-Feira, 26 de Janeiro de 2009, 09h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

JUDICIÁRIO

Só 20 juízes podem concorrer a desembargador

TJ abre inscrição esta semana para escolha do substituto de Licínio; Clarice e Zuquim são mais cotados

  O Tribunal de Justiça publica esta semana edital, com comunicação da vacância de uma cadeira de desembargador e abertura de prazo de 10 dias para inscrição de juízes de entrância especial que queiram concorrer ao posto. A disputa deve se limitar a 20 magistrados, que fazem parte da quinta parte (os mais antigos) que atuam nas Comarcas de Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis.

  A expectativa é que até 15 de fevereiro, o Pleno, composto hoje por 29 desembargadores, escolha o futuro integrante da Corte. O critério é por merecimento. Nesse caso, não se formaliza lista tríplice. O mais votado é quem assume a vaga deixada por Licínio Monteiro, que se aposentou compulsoriamente ao completa 70 anos de idade. Dois juízes continuam na lista dos mais cotados: Clarice Claudino da Silva e José Zuquim Nogueira. Ambos já estiveram em outras listas de concorrentes à cadeira no TJ.

  Hoje um desembargador ganha R$ 22 mil mensais, 10% a mais que um juiz de entrância especial. O cargo vitalício proporciona uma série de outras vantagens e privilégios. Cada desembargador tem direito, por exemplo, a 16 nomeações de cargos de confiança, entre eles de motorista, ajudante, assessores e secretários. Contam também com auxílio-moradia, algo em torno de R$ 3 mil mensais.

   Outras vagas

   Além de Licínio Carpinelli, outros três desembargadores vão se aposentar até maio, quando chegarão aos 70 anos de idade, sendo eles Benedito Pereira do Nascimento, Shelma Lombardi de Kato e Díocles de Figueiredo, que foi promovido há apenas quatro anos, com a criação de mais 10 cadeiras de desembargadores.

  Benedito deixa o Pleno em abril. Sua vaga deve ser preenchida pelo critério de antiguidade. Nesse caso, o privilegiado será o juiz Teomar de Oliveira Correia. Ainda em abril, Shelma entra para o quadro de inativos, abrindo espaço para promoção por merecimento. Depois, em setembro, sai Díocles. Como sua cadeira abre promoção por antiguidade, será contemplada a juíza Maria Erotides Kneipp.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Solange Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que bom se na PM fosse assim, os mais antigos, e só os NÃO processados na justiça concorreriam as promoções por merecimento. Que é bem mais justo e mais claro.

  • Roberto Dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Dra. Clarice entrará na vaga da Shelma. A vaga agora será do Dr. Zuquim.

  • Jose Alcantara Filgueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Dra. Clarice merece ocupar este cargo pelo seu trabalho e honestidade. Parabens Dotora e que Deus te ilumine e todos que irao te eleger.

  • Jadir Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico feliz de saber que a meretissima juiza Maria Erotildes sera promovida esse ano a desembargadora, sei que ela merece essa promoção, mas ficamos triste, porque vamos perder a juiza mais atuante na comarca de Várzea Grande, tanto no lado profissional, quanto no lado social, porque ela sempre se preocupou com os menos favorecidos no nosso municipio...... Peço a deus que ilumine a senhora nessa nova empreitada e pode ter certeza que Várzea Grande nunca vai se esquecer das coisas boas que a senhora fez por nós.

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim a Dra. Maria Erotildes será promovida... Justiça seja feita...
    Obrigado Dra. pela paciencia e os ensinamentos de tantos anos de Juri, aos tantos advogados que assistiram brilhantes atuações, afinal, foram mais de 1.000 juris realizados..
    Parabens...

  • maria adelia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.