Últimas

Domingo, 22 de Fevereiro de 2009, 10h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

MÚSICA

Sob batuque, Gil canta e viaja no Expresso 2222

  Um dos ícones da MPB, o cantor e compositor Gilberto Gil sofreu na pele a repressão do regime militar (64-85).

   No final de 1968, durante o governo Médici, duas semanas após a assinatura do Ato Institucional nº 5, que causou o acirramento da ditadura militar e das perseguições políticas, ele foi preso em São Paulo, sob a acusação de desrespeitar a bandeira e ao hino brasileiros.

   Gil foi levado para o quartel do Exército de Marechal Deodoro. Outros artistas, como o também baiano Caetano Veloso, sofreram a mesma perseguição.  Libertado do cárcere, em fevereiro de 1969, Gil ficou proibido de se apresentar ou dar qualquer declaração em público. Na Bahia, cinco meses depois, ele ainda participou de um espetáculo de despedida, no Teatro Castro Alves, juntamente com Caetano, que deu origem ao álbum Barra 69. E compôs a música Aquele Abraço.

   Partiu para a Inglaterra, exilando-se com a esposa (Sandra Gadelha) em Londres. Gilberto Gil viveu no exílio de 1969 a 1972. De volta ao Brasil, ele lançou o disco Expresso 2222. O compositor ingressou na política em 1988. Então no PMDB, se elegeu vereador por Salvador. Também foi ministro da Cultura do governo Lula.

  • Confira aqui a letra e no link abaixo para ouvir "Expresso 2222"

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...