Últimas

Sábado, 04 de Agosto de 2007, 08h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Sob conflitos, PT realiza congresso estadual

   Em meio a brigas política e jurídica, várias correntes petistas se reencontram neste sábado e domingo, em Cuiabá, na etapa do Congresso Estadual. O partido vai definir posições e propostas para o 3º Congresso Nacional, que acontece entre os dias 31 de agosto e 02 de setembro, em São Paulo. A etapa municipal de Cuiabá está sub judice. Mesmo assim, os 13 delegados terão direito a voto, num processo em separado.

    O grupo que aglutina os parlamentares Carlos Abicalil, Alexandre Cesar e Ságuas Moraes enfrenta embate contra as correntes ligadas aos dirigentes Serys Marly e Jairo Rocha, respectivamente, presidentes estadual e municipal do PT. Essa nova queda-de-braço começou com a realização da etapa municipal do Congresso nos dias 07 e 08 de julho. O diretório municipal de Cuiabá não conseguiu mobilizar, dentro do horário estabelecido, o número mínimo de 520 filiados  - de um total de 3.464 (15%) - para o credenciamento. Houve confusão quanto ao horário de encerramento das inscrições. Treze delegados foram escolhidos. Como a maioria é ligado ao grupo de Serys e Jairo, a corrente Unidade na Lula ou Campo Majoritário, sob a liderança do trio Abicalil-Alexandre-Ságuas, resolveu ingressar com recurso para impugnar a etapa municipal.

    O caso foi parar na Executiva Nacional, que deferiu o recurso. Jairo Rocha, indignado, pediu também que a etapa municipal em sete municípios, onde o Campo Majoritário elegeu a maioria dos delegados, também fosse impugnada. Um pedido foi deferido. Jairo ameaçou expôr situação de fraudes nos processos internos e recorreu ao Diretório Nacional, que é a instância superior, para garantir a legitimidade da etapa municipal de Cuiabá. Conseguiu com que todos os delegados tivessem direito a voz, voto e de também serem votados. É nesse clima de conflitos que os petistas se reencontram neste final de semana.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que não sou filiado a partido nenhum, não por omissão ou covardia, mas porque a unica esperança que eu tinha de um BRASIL melhor me foi tirada pelo partido que se dizia dos trabalhadores, principalmente á nivel federal.

  • Maria Angela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo amor de deus minha gente se entendam, para que nós possamos entender o que está havendo....Etapa estadual, quando e onde, não ficamos sabendo de nada....
    Tá difícil defender o partido assim.
    Sou filiada e não consigo acompanhar para poder exercer meus direitos, vamos avançar pessoal ano eleitoral tá chegando, e nós mesmos seremos responsáveis pelo naufrágio deste barco no ano que vem.

  • Maria Angela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo amor de deus minha gente se entendam, para que nós possamos entender o que está havendo....Etapa estadual, quando e onde, não ficamos sabendo de nada....
    Tá difícil defender o partido assim.
    Sou filiada e não consigo acompanhar para poder exercer meus direitos, vamos avançar pessoal ano eleitoral tá chegando, e nós mesmos seremos responsáveis pelo naufrágio deste barco no ano que vem.

  • Isaura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com esta anarquia toda no PT , pessoas de peso e dignidade inabalável acabarão por se desligar do Partido.
    Lideranças municipais e nomes fortes na Câmara Municipal, como o do Vereador Lúdio Cabral, acabam por ficarem destoando do contexto gerado, uma vez que continua mantendo postura de fidelidade e integridade apesar da desordem em que o partido se encontra.
    Cuidado partido, racha só divide e quem perde é o Partido e quem o defende por pura ideologia...
    Ninguém, quer perder nomes com tamanha credibilidade...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.