Últimas

Quarta-Feira, 04 de Julho de 2007, 13h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Sob constrangimento, Pagot deve assumir Dnit

   O executivo Luiz Antônio Pagot passa por um grande constrangimento, inclusive sob acusação de acúmulo ilegal de dupla função entre 1995 e 2002 mas, no final, deverá ter o nome aprovado na Comissão de Serviços de Infra-Estrutura do Senado para assumir o Dnit. Líderes comentaram nesta quarta, em Brasília, logo após o pedido de vistas do senador Mauro Couto (PSDB-PA) adiar a sabatina, que virão novos bombardeios contra Pagot.

     O senador Jefferson Péres (RJ), por exemplo, pretende levantar polêmica na próxima sabatina. Ele não integra a Comissão que votará pela aprovação ou não do nome de Pagot para o cargo federal, mas, como líder do PDT, terá direito a fala. Está determinado a questionar Pagot sobre o suposto crime de responsabilidade por causa dos dois cargos ocupados concomitantemente.

    A oposição fará de tudo para impedir que Pagot, pré-candidato a governador em 2010, chegue ao comando do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. Na sabatina desta quarta, alguns parlamentares saíram em sua defesa. A senadora petista Serys Marly, por exemplo, se posicionou favorável à aprovação. Dois senadores do PR, mesmo partido de Pagot, fizeram o mesmo, assim com dois do PMDB. Já o líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR), não se manifestou, o que mostra a pouca mobilidade da base aliada do presidente Lula nas articulações pró-Pagot.

    Vigília

    A decisão do aliado de Maggi de fazer espécie de vigília nos gabinetes dos senadores em busca de apoio o expôs. Nos últimos dias, Luiz Pagot, com uma pasta debaixo do braço, passou a dar plantão no Congresso Nacional. Sua ação deu demonstração de desespero. Deveria ter aliados fortes atuando nas articulações. Acabou a sós. Agora, Pagot aguardará o próximo capítulo da novela Dnit, que já dura quase seis meses e da qual é o principal protagonista. Se sair derrrotado, Pagot ficará desmoralizado e vai ter de enterrar o sonho de ser candidato a governador.

    O atual diretor-geral do Dnit, Mauro Barbosa da Silva, afilhado político do senador Marconi Perillo (PSDB-GO), ganha ponto sobre o martírio de Pagot. Aposta que continuará no cargo. Vem se mobilizando para isso.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.