Últimas

Terça-Feira, 11 de Março de 2008, 12h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

TURISMO

Sob contrariedade de Riva, Yuri assume a Sedtur

  O novo secretário estadual de Desenvolvimento do Turismo, Yuri Bastos Jorge, foi empossado nesta terça (11) sob contrariedade de um dos principais caciques do seu partido, o PP, deputado José Riva (PP), que não compareceu à solenidade no Palácio Paiaguás. Yuri, em discurso, fez apenas uma pequena referência a seu PP, o que mostra clima de racha.

   O secretário de Ciência e Tecnologia, Chico Daltro, presidente do PP no Estado, disse que o colega Riva considerou uma afronta ao partido o fato do governador Blairo Maggi (PR) ter feito o convite para integrar o staff diretamente a Yuri. "Ele (Riva) discordou da forma como Yuri foi convidado", explica Daltro. O assunto predominou durante a solenidade.

    Por sua vez, Yuri, na tentativa de evitar um maior conflito interno, alega que os progressistas não se opuseram a sua ida à Sedtur. Agradeceu ao PP e fez um certo suspense. "Agradeço ao PP, mas não posso dizer o porquê". Argumentou que não há problemas, já que outros membros do partido estiveram presentes, como o deputado cassado Pedro Henry (PP), que discursou em nome da bancada federal da sigla. "Conversei com o partido e não há nenhuma contrariedade, até mesmo com o Riva e ele disse que me apoaria", disse Yuri, contrariando os argumentos do próprio Riva um dia antes - veja aqui.

     Missão

    Yuri Bastos assumiu o comando da Sedtur em substituição a Pedro Nadaf, com a missão de fazer o possível e o impossível para que a Copa do Mundo de 2014 seja realizada em Cuiabá. "Peço que você se dedique 24 horas por dia às discussões sobre a Copa do Mundo", avisa o governador, ao adiantar que essa é a prioridade número 1 do novo secretário. Outra atribuição que repassou de Nadaf a Yuri foi a exploração do roteiro turístico do Estado. "Mato Grosso tem um produto excepcional que ainda é pouco explorado", avalia Maggi.

    Com um discurso um tanto blairista, Yuri relembrou a época em que presidiu o Instituto de Previdência do Estado de Mato Grosso (Ipemat), que foi extinto e sucedido pelo MT Saúde. "Quando estava no Ipemat olhava as fotos dos secretários e dizia assim: um dia ainda vou ser secretário", disse Yuri, com semblante de contentação. (Pollyana Araújo)


Maggi empossa Yuri na Sedtur e lhe dá a missão de trazer a Copa do Mundo de 2014 à Capital
Foto: Edson Rodrigues

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • ROSA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O GOVERNADOR DESCARTA OS SEUS ALIADOS DE MANEIRA IMPULSIVA, E ESQUECE QUE NA VIDA POLITICA NINGUÉM VAI PARA FRENTE SOZINHO. É LAMENTAVEL QUE ELE HAJA DESSA MANEIRA, POIS TERIA UM GRANDE E PROSPERO FUTURO NA ADMIN. PUBLICA.
    MAS, NEM ELE NÃO SABE SE É DE DIREITA OU SE É DE ESQUERDA, NÃO SABE SE É POLITICO OU EMPRESARIO, AGORA NÃO SABE SE É AMIGO OU INIMIGO.

  • Olegário | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Rosa, seu descontentamento oportuno caberia também a inclusão do vice-governador Silval que age tal qual o titular, ademais, se compromete e não resolve nada deixando seus companheiros a ver navios sem saber os motivos!! Lamentável...

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A verdade é que o Yuri será apenas uma figura decorativa, pois quem vai, verdadeiramente, comandar a SEDTUR é o PAGOT.

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma decisão acertada, Parabéns Blairo Maggi. O dinamismo no turismo deve refletir na administração pública, é preciso ter coragem e decisão, demonstradas, sucesso secretário Yuri.

  • ROSINEIDE DANTAS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BLAIRO SE ENTERRA CADA VEZ POLITICAMENTE AO PRIVILEGIAR SUA COZINHA (LEIA-SE PAGOT, O HOMEM MAIS PODEROSO DO GOVERNO, INCLUSIVE QUE O PRÓPRIO BLAIRO). NÃO SE ESQUEÇA QUE SEU PLANO DE SE ELEGER SENADOR PODE NAUFRAGAR. NÃO DEIXE DE OLHAR A HISTÓRIA POLÍTICA DO ESTADO. AH, O YURI JÁ PROGRAMOU SEU PRIMEIRO ATO COMO SECRETÁRIO: PESCA E PAGOD DA TURMA DO MINGAU NO PANTANAL...

  • Bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tristeza no pedaço e não venham me dizer que é despeito. Este moço nào está preparado não. Barcos naufragam junto com a política de MT. Estamos presos em gabines e ouvindo os berros distantes do chefinho 2.
    Votem....

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.