Últimas

Terça-Feira, 21 de Agosto de 2007, 08h:46 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

MEIO AMBIENTE

Sob CPI, secretário institui 4 grupos de trabalho

Daldegan planeja uma nova estrutura organizacional, fisica e tecnológica, PCCS e manual de licenciamento da Sema

   O secretário estadual de Meio Ambiente, Luís Henrique Daldegan, decidiu criar quatro grupos de trabalho para discutir e elaborar a estrutura organizacional da Sema, o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores, um manual de licenciamento das atividades modificadoras do Meio Ambiente e também a estutura física e tecnológica. As medidas são tomadas em meio à crise no setor, que enfrenta até uma CPI instaurada pela Assembléia Legislativa para apurar denúncias de irregularidades e levantar as razões da demora no julgamento dos processos junto à Sema.

   Daldegan justifica que é necessário dar maior agilidade, segurança e transparência nos serviços prestados pela Sema e, por isso, instituiu, inicialmente, os quatro grupos de trabalho, a serem compostos pelos próprios servidores. Numa jogada estratégica, o secretário escalou o próprio Sindicato dos Trabalhadores e Entidades Públicas do Meio Ambiente do Estado (Sintema) para atuar na coordenação-geral dos trabalhos.

    O projeto que visa a estrutura organizacional será coordenado por Suzan Lanes de Andrade. Terá sete pessoas na equipe como membros. O PCCS fica sob responsabilidade de William Gusmão de Barros, enquanto a elaboração do Manual de Licenciamento das Atividades Modificadoras do Meio Ambiente será coordenado por Lourival Alves Vasconcelos. Daldegan definiu também um grupo que vai cuidar da estrutura física e tecnológica. Esse trabalho terá à frente o servidor Luis Benedito Barreto e quatro membros.

   A esses servidores caberá a missão de levantar informações e propor melhorias e realinhamento na estrutura da pasta e nos procedimentos. O propósito é aprimorar a qualidade dos serviços prestados pela Sema e assegurar condições para se implementar um novo modelo de gestão. Os grupos de trabalho terão três meses para executar os serviços.

(Atualização às 18h20) - Confira abaixo a explicação do presidente do Sintema, Osmar Prado, a respeito da criação dos grupos de trabalho.

                 Nota de Esclarecimento

     "Queremos esclarecer a V. Sª, que em relação à matéria divulgada que a criação de grupos de trabalhos para apresentar um plano de melhoria para a Gestão da Sema é uma iniciativa do Sintema através dos funcionários de carreira, (obs.)discutido em assembléia com os servidores, relacionados na referida publicação. Desta forma foi concensuado junto ao secretário de Estado do Meio Ambiente no sentido de oficializar esses grupos de trabalhos através de uma portaria para que pudessemos avançar na proposta do plano de melhoria da gestão da SEMA, em conjunto com as lideranças da instituição. Portanto, não foi uma iniciativa da instituição e sim dos servidores, através do Sindicato que os representa".

Agradecemos pelo apoio,

Osmar Prado
Presidente do Sintema

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • bruno carlos de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esperamos que a partir de agora, o Sintema tome uma atitude independente e totalmente desatrelada de certos interesses, inclusive de manipulação de informações e de perseguição há técnicos que não comungam com a forma de conduzir o órgão. Osmar, você não perde nada mantendo essa postura, pois os atuais gestores são passageiros, temporários, enquanto os funcionários de carreira são permanentes, pense nisso.

  • Márcio Guedes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tinha certeza que essa mudança não sairia do secretário Daldegan. Sei das difculdades que os servidores estão passando. Aliás tem servidores que estão desmotivados com a atual gestão..................

  • Carlos Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero deixar um questionamento para os participantes:
    O Daldegan exonerou o Rogério para dar transparência, certo ?
    Mas os que realmente estavam envolvidos permaneceram, certo ?
    E na semana passada exonerou todos os DAS que estavam na Gestão Florestal, por que ?
    Temos que investigar e saber o porquê dessas mudanças. E de repente realizar um seminário na Assembléia. Será que quer ganhar pontos ?????????????????????????????????????

  • julio batista das neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Também acho. Os comentários na recepção do evento era de que não restava a menor dúvida que a realização deste seminário foi uma ação articulada com a própria assembléia para fortalecer o secretário de meio ambiente. Tem todos os ingredientes de ter sido uma encenação, orquestrada por uma Ong (daquela cidadão que parece um abutre que sobrevoa a sema em busca de recursos), aproveitando uma reunião regionalizada do Conselho Nacional de Meio Ambiente, para fingir que está acontecendo alguma coisa de bom na área ambiental do Estado. Caso contrário, perguntamos então: que avanços forma alcançados pela sema na implementação de instrumentos econômicos na área ambiental??NENHUM.

  • carlos andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • carlos andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • lorena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Osmar Prado,

    Voce tomou a atitude correta. PARABENS.

    Precisamos estar unidos pelo bem da Secretaria e este esforço de mostrar nossa competencia técnica não envolve politica desqualificada e jogo de interesses.

    Conte conosco, vc foi espetacular.

    Se não temos um Secretario que nos ouve e nem sequer se importa com nosso ambiente interno, so mesmo um sindicato forte pode garantir conquistas.

    Abraços

  • Márcio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O sr. Secretário, não se sabe se é por esquecimento ou má-fé, está colocando como se fosse sua a iniciativa da criação de grupos de trabalho. Trata-se, na verdade, de iniciativa dos servidores da SEMA e do respectivo Sindicato.

    A verdade deve sempre prevalecer Sr. Secretário.

  • Getulio Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Então a iniciativa é do Daldegan!!! Conta outra, pra ele é muita coisa algo assim. Sinceramente, está de parabens o pessoal do sindicato que tomou esta iniciativa pois sabem que a conversa é de integrar a secretária caso não ocorram resultados imediatos. Torço pela SEMA.

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS