Últimas

Terça-Feira, 02 de Outubro de 2007, 10h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SENADO

Sob denúncia, Pagot admite constrangimento

      O executivo Luiz Antonio Pagot, indicado para assumir o cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes em maio deste ano, se diz constrangido com o fato de ter que esperar tanto pela votação no Senado, condição imposta para ocupar o cargo. Apenas 41 votos definiriam o seu futuro, mas por duas vezes não houve quórum e por mais duas a votação foi adiada devido à mudança de pauta do Senado. Todo esse processo sofreu a influência direta do senador Mário Couto (PSDB-PA) que, segundo ele, é um dos poucos a ter coragem de enfrentar o governo.

     Couto acusa o governo federal de ser omisso. Insiste na tese de que Pagot não é o homem certo para assumir o órgão. Lembra que o ex-secretário do governo Blairo Maggi ocupou irregularmente dupla função, concomitantemente, como assessor parlamentar do Senado e como diretor da Hermasa durante oito anos. Pagot evita fazer críticas em público ao senador paraense. Se vê na defensiva.

    Perguntado sobre as denúncias e, principalmente em relação ao risco de enfrentar uma CPI tão logo venha conduzir a autarquia, Pagot diz que Couto está fazendo um jogo de interesses. Também considera que os problemas enfrentados pelo Dnit não são novidades e que só estranha o fato do pedido de uma CPI não ter ocorrido antes de sua indicação.

     Mesmo no olho do furacão e constrangido, Luiz Pagot afirma estar seguro quanto à nomeação, que já se transformou numa novela. Ele descarta qualquer possibilidade do governo indicar outro nome e, apesar da Mensagem 74 estar na pauta na sessão desta terça, o executivo não arrisca um palpite. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Cristiano Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se sente constrangido coisa nenhuma senao ja teria pedido pra sai, ta faltando vergonha na cara pro seu Pagot!!!!

  • LUIZ ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Constrangido sera por que. Seria muito coerente por parte desse Senhor, devolver o R$ que recebeu do Senado irregularmente. E como esse Senhor sobrevive, tem 5 meses q ele nao ocupa nenhum cargo, ou sera q tem alguma empreiteira bancando a sua sobrevivencia.

  • Ricardo Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Constrangimento? porque não teve isso quando recebia salários do senado sem trabalhar?
    Óleo de peroba prá esse cara...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...