Últimas

Sábado, 10 de Fevereiro de 2007, 00h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Sob desgaste, Santos não iria à reeleição hoje

   Se as eleições fossem hoje, o prefeito Wilson Santos (PSDB) não arriscaria disputar um novo mandato. Ele passou a acompanhar periodicamente o desempenho de sua administração e percebeu que o cenário hoje é de uma popularidade em baixa. Santos revelou a amigos que sua missão é, até o final do ano, recuperar o grau de satisfação dos cuiabanos para com seu governo. Se não conseguir, entende que a recandidatura se tornará inviável.

    O prefeito cuiabano tomou algumas medidas consideradas impopulares e conduziu situações politicas e administrativas para o campo do conflito. Autorizou, por exemplo, aumento da tarifa do transporte coletivo com menos de um ano do último reajuste. O caso se transformou num embate jurídico, gerando desgaste à figura do prefeito. A crise na saúde pública é outro problema. Para piorar, o prefeito é considerado adversário político tanto do governador Blairo Maggi quanto do presidente da República, Lula da Silva. No PSDB, ele se vê isolado. Tentou, sem êxito, atrair o PMDB com oferta de duas secretarias. Só restou a Santos 'amarrar' um entendimento com o PFL.

    Para tentar 'sacudir' sua administração com uma maior visibilidade, Wilson Santos começou a lançar obras. Esse processo, porém, avança de forma capenga porque é 'movido' a recursos. De um lado, um prefeito que conseguiu ajustar a máquina, com equilíbrio de receitas e despesas, regularização da folha salarial dos servidores e quitação de pendências com fornecedores. De outro, o mesmo gestor aflito por falta de apoio do Estado e da União para viabilizar grandes investimentos.

    Enquanto Santos se vê entre a cruz e a espada, seus virtuais adversários já em pré-campanha à sucessão de 2008 começam a contrapô-lo de forma mais incisiva. O deputado Walter Rabello (PMDB) e o presidente da MT Fomento, Éder de Moraes (sem partido), por exemplo, utilizam seus programas na TV para autopromoção. Desde já, ao arrepio da legislação eleitoral, elegeram o prefeito como 'saco de pancada'. O PT também começa a se mobilizar para lançar a pré-candidatura ao Palácio Alencastro ou do deputado federal Carlos Abicalil ou da ex-deputada estadual Vera Araújo. O PSB do deputado federal Valtenir Pereira, outro que sonha com a candidatura a prefeito, segue a mesma linha opositora.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.