Últimas

Quarta-Feira, 11 de Julho de 2007, 08h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

SEGURANÇA PÚBLICA

Sob efeito Célio, Brito tenta superar a fase ruim

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, nunca comemorou tanto uma ação positiva como esta que resultou na prisão do pistoleiro Célio Alves, acusado de fazer parte do crime organizado então liderado pelo comendador João Arcanjo Ribeiro e de ter tombado, entre tantas pessoas, o empresário Sávio Brandão. Foragido há dois anos, Célio foi preso no último sábado, na fronteira com a Bolívia, graças a uma operação conjunta do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), que integra o Ministério Público Estadual, a Polícia Militar e o Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron).

     Não só Brito, mas os servidores da Sejusp, principalmente os que ocupam cargos comissionados, vibraram com o êxito da ação. O secretário tem lá suas razões para comemorar. Nestes seis meses no cargo, ele só vinha contabilizando episódios negativos. As medidas positivas estavam sendo sufocadas pelas negativas. Brito viu o desgaste respingar sobre sua imagem por causa de uma ação da PM de desarmamento no Araguaia, que resultou em agressões a trabalhadores rurais. Depois veio a desastrosa simulação de PMs durante um evento em Rondonópolis que acabou matando um menor porque, ao invés dos policiais militares usarem balas de festim, utilizaram projéteis reais. A desativação das polícias Comunitária e do Meio Ambiente, dentro de um nova concepção para o setor, também trouxeram dor de cabeça para o secretário. Fugas em massa de presos também causaram instabilidade. Para piorar, o ex-deputado ainda enfrentou problemas de ordem pessoal, devido ao envolvimento do nome de um filho em homicídio.

    Carlos Brito se mostra animado, como se já tivesse superado a fase cão. O problema é que está à frente de uma das pastas mais complexas, onde faltam estrutura, recursos e colaboração da própria sociedade. A tensão é constante. Para se ter idéia, enquanto o secretário vibra com a prisão do bandido Célio Alves, há outros milhares de mandados de prisão nas mãos da polícia para serem cumpridos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Donizete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O SECRETARIO CARLOS BRITO, ESTA CONTENTE POIS FEZ UMA GRANDE OPERAÇÃO NO SENARIO DA POLICIA. AO MESMO TEMPO ESTA TRISTE POIS O SENHOR CARLOS BRITO PERDEU A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DE BAIRRO NO PARQUE CUIABA > DESTA VEZ QUEM LEVOU FOI POLICIAL ( CARIOCA )

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...

MAIS LIDAS