Últimas

Quinta-Feira, 01 de Fevereiro de 2007, 11h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Sob Maggi, PR 'incha' e Fagundes vira cacique

    O deputado de quinto mandato Wellington Fagundes, que vem se especializando nas articulações políticas, se torna o cacique do novo Partido da República, que surge da fusão do PL com o Prona. Após muitas reuniões de bastidores, envolvendo inclusive o presidente Lula e a cúpula nacional do PR, Fagundes abre as portas da legenda para o governador Blairo Maggi e toda a turma da botina. Mesmo argumentando que Maggi passa a ser o líder maior do PR em Mato Grosso, Fagundes não abre mão de continuar na presidência da legenda, que vai receber em 2 de março, durante festa de filiação, cerca de 40 prefeitos, ao menos quatro deputados estaduais e dezenas de vereadores.

   O deputado agora administrará um partido que até julho caminha para o 'inchaço'. Dependendo da maneira que o PR for conduzido pode vir a ser explodido. Acontece que estão em jogo uma série de interesses pessoais e paroquiais nos municípios. De uma sigla inexpressiva, com nove prefeitos e menos de 20 vereadores, o PR, num salto, vira a maior legenda do Estado e sob a presidência de Fagundes. A ele caberá, por exemplo, o trabalho de estruturação partidária nos 141 municípios. Passa a ser tão procurado e 'assediado' no PR quanto o governador, já que todos os virtuais candidatos a prefeito e a vereador, além de futuros aliados, terão que procurá-lo para negociar projetos políticos.

     Em Rondonópolis, por exemplo, Fagundes 'cola' no prefeito Adilton Sachetti, um dos aliados mais próximos do governador. Assim, deve emplacar a empresária e esposa Mariene Fagundes como vice da chapa à reeleição de Sachetti. A estratégia de Fagundes expulsa, de vez, o grupo de Percival Muniz da base do prefeito. Muniz, por sua vez, se distancia do governador e se reaproxima do PMDB, dos deputados Carlos Bezerra e Zé do Pátio.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

2 deputados empurrados pra oposição

allan kardec 400   Por causa da bandeira que têm carregado de defensores dos servidores públicos, dois deputados do núcleo do governo começam a caminhar para oposição. Um deles é o pedetista Allan Kardec (foto) que, de tanto ser pressionado pelas chamadas bases para reagir contra a PEC da...

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.