Últimas

Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2009, 08h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RUMO A 2010

Sob pressão do PSDB, Maluf sai do muro e se opõe a Maggi

  Pressionado pelo PSDB, Guilherme Maluf se vê forçado a sair do muro. Ele passou a atacar o governo Blairo Maggi, que está no sétimo e penúltimo ano de mandato. A 11 meses das eleições, Maluf virou opositor após três anos com atuação light. Ex-vereador e ex-secretário de Saúde de Cuiabá, médico, empreiteiro e sócio do hospital privado Santa Rosa, ele é o único deputado que restou no PSDB. Em 2002, período em que o então tucano Dante de Oliveira (já falecido) ainda era governador, o partido tinha a maior bancada na Assembleia, com sete deputados: José Riva, Chico Daltro, Dilceu Dal Bosco, Pedro Satélite, Carlos Carlão, Renê Barbour e Alencar Soares. No pleito de 2006, já sem o comando do Estado, o tucanato "minguou". Só conquistou duas cadeiras, com Maluf e Chica Nunes. Agora, a 11 meses das eleições, a sigla tucana se contenta com Maluf, pois Chica pulou para o DEM.


Após 3 anos no muro, Guilherme Maluf começa a cutucar governo Maggi, principalmente na área da saúde

   O chamado "comitê da maldade" tem municiado o parlamentar de documentos e até de dossiê contra a administração estadual. Maluf conta com ajuda nos bastidores até de aliados do Palácio Paiaguás que, diante da expectativa do tucanato de reconquistar o poder, sob as asas do pré-candidato Wilson Santos, estão agindo com traição e conspirando contra a turma da botina, grupo ligado a Maggi.

   Voz isolada na Assembleia, Maluf aponta como principal alvo a saúde pública. Está orientado a defender a gestão Santos, que enfrenta caos no setor e, por outro lado, cutucar a administração estadual. Na recém-criada CPI da Saúde para investigar a aplicação de recursos estaduais ao setor em Cuiabá, o tucano vai jogar pesado para carimbar o Estado como responsável pela crise, como se o prefeito e seu secretário Luiz Soares não fossem culpados pela situação.

    Maluf critica o governo Maggi, por exemplo, por adquirir hospitais privados e não colocá-los em funcionamento, por não implantar na Capital uma unidade regional e o Hospital da Criança e por "enrolar" o projeto do hospital Metropolitano de Várzea Grande. Reclama também do que classifica de "pouca ajuda financeira" a Cuiabá. A esperança do deputado, que foi forçado a tomar posição e a contrapor o governo Maggi (PR), é de consolidar, com isso, seu projeto a reeleição. Resta saber se o tiro não vai sair pela culatra.

Postar um novo comentário

Comentários (15)

  • Joel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A pergunta que deve ser feita é: Quem é que ganha com o caos na saude pública? É evidenque que o ganho é da saude privada. Sendo assim, o Guilherme Maluf na qualidade de representante da saude privada juntamente com a UNIMED que comanda o cartel do segmento, são os grandes ganhadores em desfavor de toda a população.
    Na qualidade de dono de hospital, Guilherme Maluf quando secretário muncipal, nada fez pela saude gratuita e também deve ser investigado na CPI.

  • jose cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CUIABA JA TEM HOSPITAL REGIONAL FOI CONCLUIDA NA EPOCA DO GOVERNO JAIME MAS E CONCLUIDO SO NO PAPEL PORTANTO JA EXISTE COMO QUE PODEMOS FAZER UM OUTRO

  • matilde | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARA BENANCY, queremos saber os nomes e e os cargos dos afilhados do MALUF. POIS TEM MUITA GENTE QUE TRABALHOU PARA ELEGER O GOVERNADOR E ESTÃO VENDO NAVIOS... POR ISSO POR FAVOR DIGA OS NOMES E OS CARGOS QUE OCUPAM , POIS TEMOS CERTEZA DE QUE O GOVERNADOR DESCONHECE QUE EMPREGA INIMIGOS NO PODER...

  • ROBSON ANTUNES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMEÇOU A FEDER PRAS BANDAS DO PAIAGUÁS........BLAIRO ESTÁ IRREMEDIAVELMENTE REPROVADO NA QUESTÃO SAÚDE.........O PRODUTOR DE SOJA E SUA FAMÍLIA ESTÃO PROTEGIDOS POR PLANOS DE SAÚDE CAROS.......E ESTRADAS ASFALTADAS...INCREMENTANDO SEU PATRIMÔNIO.........O POVÃO SOFRENDO......É DEUS POR NÓIS !

  • benancy silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deputado guilherme malouf que ser oposiçao entao devolva os cargos do governo onde seus cabos eleitorais ocupam e vai pedir para Wilsom santos, efetiva-los na prefeitura.
    Aquele que lhe demitiu.

  • marcola | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tem que mostrar os dois lados da moeda,e não só um lado,tão mostrando só o lado do
    municipio,temos que mostrar o lado estadual
    o blairo prometeu o hospital central e cadê???
    comprou os hospitais modelo e são tomé e
    cadê??? foram fechados e a população sendo
    empurrada para o PSMC. é por isso que eu
    digo que a CPI da saúde virá em boa hora!!!
    agora temos que observar que os caititús da
    CPI todos são da base governista,ôpa me
    desculpem errei são blairista!!! mas se os cait
    itús forem espertos não abrirão a cpi pois so-
    brará para o seu chefe blairo maggico!!!
    e sobrará também para silval babosa,baboseira!!!

  • LUIZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente precisamos Dep. para fazer oposição, pois esse governo até agora no mostrou para o que veio. Esse Maggi não ajua a baixada cuiabana, ele somente governa para o pessoal do agronegocio, esquece do social...etc. Maluf poderia ser sim candidato a senador contra o Maggi.

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou vendo um equívoco na matéria, pois o setor saúde que enfrenta caos NÃO É O DE CUIABÁ, mas sim do Estado de Mato Grosso, que sequer tem hospital, e é de RESPONSABILIDADE DO GOVERNADOR, e não de WILSON SANTOS, pelo menos por enquanto que ainda não é governador. As matérias de jornais que apontam WILSON(45) como responsável por este caos agem na base da má informarção ou com leviandade, pois ao Prefeito de Cuiabá compete cuidar da saúde dos cuiabanos, não dos matogrossenses de todas as cidades e isso ele faz bem, e até consegue tratar da saúde de algumas pessoas de outros municipios matogrossenses.

  • Luis Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável que ainda exista políticos com esse perfil, ainda mais ocupando um cargo de deputado. Mas fazer o que né, enquanto ele ataca o governo, em contrapartida o governo inaugura obras em prol da população, garanto que o governador esteja pensando: que fale bem ou mal, mas falem de mim, e dessa forma o deputado tá sendo indiretamente um cabo eleitoral do governador.

    Se liga deputado.

  • Paulo de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    chegou a hora de alguma autoridade tomar alguma decisão contra as coisas erradas desse estado... porque até agora os poderes só digam amém...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.