Últimas

Terça-Feira, 08 de Dezembro de 2009, 06h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

SANEAMENTO

Sob pressão política, Eliana deixa Sanecap no próximo dia 20

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Engenheira sanitarista Eliana Rondon, que tem atuação eminentemente técnica, decide entregar o cargo

  A engenheira sanitarista Eliana Rondon deixa no próximo dia 20 a presidência da Sanecap, companhia de saneamento que integra a estrutura da Prefeitura de Cuiabá e que, sob Wilson Santos, enfrenta uma série de embaraços jurídicos e desgaste devido às problemáticas em torno da execução das obras do PAC. Enquanto ela volta à ativa como professora e pesquisadora da UFMT, o prefeito continua com uma série de pepinos para resolver na área de saneamento. Eliana não admite, mas sofre pressões políticas e empresariais por causa de interesses nas licitações milionárias. Ela acompanhou de perto e no olho do furacão a decisão da Justiça Federal de bloquear bens e decretar prisão de políticos, empreiteiros, advogados e servidores públicos por causa de indícios de fraudes em processos licitatórios.

   Ela sai ilesa da Sanecap, mas um tanto assustada. Eliana, que ocupa a presidência da empresa pela segunda vez, já entregou o cargo para o prefeito, que tenta demovê-la da ideia. Com perfil extremamente técnico, ela não conseguiu se adequar às questões políticas que envolvem a Companhia. Não costuma, por exemplo, responder aos questionamentos dos vereadores e recentemente até ganhou um cartão amarelo do tucano Antônio Fernandes. Ele ficou irritado com Eliana porque ela não compareceu a uma sessão itinerante realizada no bairro Novo Paraíso II, região onde a principal reivindicação dos moradores é a escassez no abastecimento de água – veja mais aqui.  Esta é a segunda vez que a engenheira ensaia uma “saída estratégica” da Companhia. A primeira vez foi no meio do primeiro semestre.

  Tudo estava acertado para que ela sair e Santos buscar uma pessoa com perfil político para substituí-la quando explodiu a Operação Pacenas, que culminou no embargo das obras do PAC na Capital. Na época a Polícia Federal apontou a existência de fraudes nos certames. Vinte e duas pessoas chegaram a ser indiciadas, mas o processo foi anulado. Agora, com a “casa” quase em ordem, a engenheira decidiu limpar as gavetas e sair para não enfrentar mais tiroteio. Se mostra insatisfeia com a "politicagem" que envolve o cargo e, como não se curva às pressões, acaba sendo bombardeada de críticas.

    Eliana Rondon é ligada ao ex-senador Antero Paes de Barros, conselheiro da Sabesp, empresa de saneamento de São Paulo. Pelo visto, Antero deve indicar um novo nome para o posto com aval do vice-prefeito Chico Galindo, que sonha em virar pefeito em 2010, quando Santos deve deixar a administração para se candidatar ao governo. Santos se mostra apreensivo, porque teme não contornar os problemas que as obras do PAC ainda enfrentam. Nem todos os novos editais foram concluídos. Por outro lado "respira aliado" com a saída dela porque poderá indicar uma pessoa menos técnica e mais política.

     A companhia acumula uma dívida de R$ 83 milhões com o governo, adquiridos com a transformação da Sanemat em Sanecap. Existem ainda débitos de R$ 30 milhões com o PIS/Confins e R$ 72 milhões em contas de energia atrasadas. Por mês sã arrecadados cerca de R$ 7 milhões. O orçamento deste ano da Sanecap é de R$ 75,6 milhões e vai para R$ 79,6 milhões no próximo ano.(Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • Jefferson Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço a Eliana a muito tempo e tinha certeza que ela não deixaria seu nome ser envolvido em toda sujeira do seu Ws, uma pessoa que tem um nome e uma familia a zelar acho até ficou tempo demais ao lado deste gestor que a cada dia mostra ser mais incompetente.
    Em todas as áreas da administração do senhor ws nada funciona direito, agora na última ele foi pedir dinheiro para que o governo do estado cubra a sua irresponsabilidade pelo atrazo nas obras do Pac (Causado por no mínimo uma ingerência sem tamanho).
    Ao sair tem todo meu apoio Eliana, infelizmente por mais que tenho certeza que esteve a frente da sanecap até hj para ajudar a nossa sociedade, sei tbém que uma pessoa da sua competência e credibilidade não pode deixar-se envolver com essa gente suja e imcopetente.

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Parabens Eliana pela decisão, essa corja presente nessa empresa não merece as suas qualidades como profissional e principalmente pela sua honestidade, passaste pelo crivo da PF quando da operaçao PACENAS como presidente da empresa, não sofreu nem respingo e a sua seriedade e honestidade esta incomodando muita gente e por isso criticam-na simplesmente por criticar, é esse cidadao que não valoriza o profissional que se diz querer ser governador. Administração publica é coisa tão seria como a administração privada, se não tiver competencia certamente está fadado ao fracasso, como esta essa empresa.

  • Bernadete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como sempre, pessoas técnicas e com vontade de fazer as coisas certas não perduram nos cargos ditos políticos. Mas o que significa ser político? É ceder às pressões das empreiteriras vorazes?

  • Jacyara - do Mãe Bonifácia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não gostei da saida de Eliana Rondon, pois é uma profisional competente e honesta.
    Acredito que Wilson esteja perdendo, talvez, a sua melhor colaboradora, porem que tem um CHICO GALINDO não está a procura de excelencia em nada.
    Lamentavel a saida de minha amiga e a quem hipoteca solidariedade.

    Jacyara Cortez de Lucena

  • evandro luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    já vai tarde, essa senhora é extremamente arrogante e centralizadora e não gosta que ninguém faça sombra para ela.

  • pedro paulo dos santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olá rd news!! da forma q vcs fala sobre o
    pre candidato, wilson santos, só criticas e mais
    criticas..esse site só pode ser do vice governador Silval, pre candidato a governador..no meu ponto de vista, a imprenssa de uma forma geral, tem q ser mais imparcial...as coisas boas do prefeito Wilson santos vcs não mostra..então meus caros, a evidencia é muito grande..

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Srª Eliana tem suas qualidades e por não concordar com algo nebuloso certamente vai honrar o próprio nome e abandonar esse barco furado.

    Cuiabá vive muitas experiências desastrosas nos últimos anos e o principal responsável é o povo.

    A população tem que aprender a votar. Está provado que colocar alguém INCAPAZ como o wilson santos para administrar uma cidade é jogar as esperanças de um futuro melhor para o povo cuiabano na lata do lixo.

    Cuiabá vive literalmente um desgoverno. Podemos dar graças ainda a alguns segmentos da midia que apontam o caos na saúde, no trânsito, na educação... temos que agradecer também algumas pessoas do Judiciário que coloca ordem nas coisas... agradecer a existência de leis que obrigam o município aplicar em algumas áreas... se não fossem esses Cuiabá estaria um verdadeiro Haiti.

  • Fazzano Coelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Antonio Pereira Cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É de bom termo que o sr pedro paulo dos santos aponte os pontos positivos da administração Wilson Santos para a gente saber e tomar conhecimento. Somente não vale dizer obras que ele depende diretamente de recursos do governo estadual e ou federal. Ou também de recursos provenientes de emendas de deputados ou senadores. Queremos ver algo que tenha identidade do prefeito enquanto administrador do erário municipal. O sr.pedro paulo dos santos pode começar a lembrar e garanto que aquilo que ele lembrar só vai utilizar somente os dedos de uma mão. Mudança já!

  • JOSÉ SIMÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DRA.ELIANA RONDON ARRUMA SUA MALA E LEVA JUNTO OS DECRINIOS DA SANECAP,SENDO ELES (ÉDIO FERRAZ,E NOÉ RAFAEL;ESSES NÃO TEM E NUNCA TEVE RESPEITO COM CONSUMIDOR,SEMPRE SÓ ELES ESTÃO COM A RAZÃO, VOU DAR UMA OPINIÃO AO WILSON SANTOS,PELO AMOR EM DEUS E NOS CUIABANOS TAMBÉM,ISOLA PELO MENOS ESSE TAL DE ÉDIO FERRAZ,E ARROGANTE,PREPOTENTE DEMAIS PARA LIDAR COM PÚBLICO,ACREDITO QUE ELE ESTEJA NO LUGAR ERRADO.

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.