Últimas

Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2009, 18h:56 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RONDONÓPOLIS

Sobrinho de Muniz e assessor de Maggi viram vereadores

   O chefe de gabinete do governador Blairo Maggi, José Márcio Guedes (PR), deve requisitar nova exoneração para assumir uma das sete novas vagas da Câmara de Rondonópolis após a aprovação da chamada PEC dos Vereadores. No início do mês, Guedes foi obrigado a assumir, mesmo que por dois dias, o cargo de vereador no lugar de Mohamed Zaher, que se licenciou por 121 dias.

   O entra e sai de Guedes foi minuciosamente planejado pela “turma da botina” para que ele não perdesse o posto de primeiro-suplente da Câmara de Rondonópolis e, assim, possa ser efetivado no Legislativo. Após a saída de Guedes permanece na vaga de Mohamed, Fábio Cardoso. A dança das cadeira entre os republicanos pode ser ainda maior porque Cardoso também será contemplado com a chamada PEC dos Vereadores. Assim, Valdir Clemente deve ganhar a chance de legislar por alguns dias.

  Com a aprovação da emenda, a relação do prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (PMDB) com a Câmara deve se complicar. O PR, que hoje tem uma bancada com 6 parlamentares, passa a ter 9 das 19 cadeiras. Já o PMDB, que conta com três parlamentares, terá apenas uma vaga a mais com a efetivação de Milton Gomes da Costa (PMDB).

    O DEM, PT e PSL, que atualmente não possuem nenhum vereador, comemoram a aprovação da PEC porque terão direito a uma cadeira cada um. Dessa forma, assumirão as vagas Mauro Cesar Campos (PT), que teve 1.698, Mario Gonçalvez, o Mário do Mototaxi (DEM), que em 2008 obteve 1.135, e Gilberto Lima dos Santos, o Beto do Amendoim (PSL), que teve 1.143. O PPS, que conta com apenas uma cadeira, ocupada por Reginaldo de Souza Santos, passará a ter duas. O beneficiado será o sobrinho do deputado e ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz, Thiago Muniz.. O número de novas vagas abertas varia de acordo com o número de habitantes. Os dados apresentados não são oficiais, mas sim projeções que dependem de fatores como o número de votos válidos em cada eleição e recursos eleitorais julgados e/ou pendentes nas instâncias superiores como TRE, TSE ou até mesmo STF.  A tabela final será elaborada pelo TRE depois de uma solicitação do TSE.

    Há também dúvidas sobre a sanção da lei, que depende dos entendimentos jurídicos relativos à legalidade da retroatividade da PEC. Os presidentes do TSE, ministro Carlos Ayres Britto, e do Supremo Tribunal Federal, o ministro mato-grossense Gilmar Mendes, defendem a tese de que a normativa só poderá valer a partir das eleições municipais de 2012. Os suplentes pressionam, mas ainda não há data para que a PEC entre em vigor. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • jotinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Suplentes de vereadores (incompetentes), esqueçam de virarem vereadores em eleição realizada no ano de 2008.
    A coisa está feia, e não adianta fazerem festa.
    Quem está contra: TSE pelo Predidente, Supremo Tribunal Federal e OAB Nacional.
    Querem o que mais? Vão procurar serviço que é melhor.

  • Ronaldo Batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens meus amigos que voces possam desempenhar um trabalho a altura de nossa cidade.

  • Benjamin Robert | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nao existe nenhuma duvida quanto a aplicacao da norma. Ela nao precisa ser sancionada, ja foi promulgada hoje pelo congresso e vai ser publicada no diario oficial da uniao amanha, ja esta valendo no mundo juridico.
    O que existe sao muitas especulaçoes e noticias distorcidas sobre as falas dos ministros.

  • Cid Robson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Senhor,
    Entendo de bom alvitre, que antes de se pronunciar sobre a interpretação de qualquer norma legislativa, imperioso que seja verificado os dados taxativos que referida legislação estabelece o número de habitantes para o município de Rondonópolis segundo o IBGE senso de 2007, é 172.783 habitantes. Assim, o número de vereadores são de 21 e não 19.

  • Chico Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    São 21 cadeiras e não 19, falta na lista o Nilson Avelino (PP) e Valdir Clemente(PR)...

  • joão do povo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa tarde amigos, com essa emenda aprovada o povo tem que agradecer e não reclamar, porque as verbas que são repassadas para a camara municipal vai DIMINUIR mesmo aumentando o número de vereadores, ou seja, mais pessoas trabalhando pelo povo e recebendo menos.... então coloquem o CÉREBRO PRA FUNCIONAR

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), paga uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados. O salário de desembargador é de R$ 35,4 mil. Entre os chamados penduricalhos pagos pelo...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.