Últimas

Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 15h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Assembleia Legislativa

Sociedade vai poder sugerir leis à AL

   A população do Estado vai ter mais poder político nas mãos. Foi aprovado pela Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Complementar 16/08, que dispõe sobre o referendo, o plebiscito e projetos de lei e de emenda à Constituição que têm como origem a iniciativa popular. A proposta foi feita pelo deputado Alexandre Cesar (PT). Aprovado no fim de novembro, o projeto aguarda agora só sanção do governador Blairo Maggi para começar a vigorar. 

   Conforme seu idealizador o projeto garante o exercício da participação direta da população como forma de assegurar ao cidadão o exercício de seus direitos na discussão das ações do Legislativo. “Queremos suprir uma lacuna com este projeto, permitindo que a Constituição de Mato Grosso, a exemplo do que já acontece na esfera federal, também permita iniciativas populares na apresentação de projetos de lei, emendas, além de plebiscito e referendo”, disse o petista. O relator, deputado Percival Muniz (PPS), também defende o projeto como “instrumento de democracia”.

   Apesar de ser uma lei estadual, os mato-grossenses poderão propor a criação de leis em âmbito nacional. Vale sugerir leis sobre quaisquer assuntos que atinjam grande parcela da sociedade. O modelo já é seguido pela Câmara dos Deputados. Lá, somente neste ano, 33 sugestões apresentadas pela sociedade civil foram aprovadas. As sugestões trataram dos mais diversos temas, entre eles o piso salarial para advogados, gratuidade do serviço telefônico de identificador de chamadas (bina) e regulamentação da profissão de promotor de vendas.

   O presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Roberto Britto (PP/BA), ressalta que, paralelamente à análise das propostas, a comissão realizou audiências públicas e seminários sobre assuntos como o funcionamento das guardas municipais, a situação dos servidores demitidos no Plano Collor e o preconceito contra minorias sexuais.
 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Políticos e prisões nos últimos 2 anos

gaspar lazzari 400 curtinha   Vários políticos, que exerceram mandatos eletivos, como de vereador, prefeito, deputado e de governador, foram em cana nos últimos dois anos em MT. Eis alguns deles com passagem pelo cárcere: ex-governador Silval Barbosa, ex-deputados José Riva, Mauro Savi e Gilmar Fabris e o hoje...

Contratos da MTI vão ser suspensos

kleber geraldino mti curtinha 400   O governador Mauro Mendes vai determinar que o presidente Kleber Geraldino Ramos dos Santos (foto) suspenda todos os contratos da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - ex-Centro de Processamento de Dados do Estado), após ser informado de irregularidades em pelo menos dois...

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.