Últimas

Quarta-Feira, 30 de Dezembro de 2009, 15h:44 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Assembleia Legislativa

Sociedade vai poder sugerir leis à AL

   A população do Estado vai ter mais poder político nas mãos. Foi aprovado pela Assembleia Legislativa o Projeto de Lei Complementar 16/08, que dispõe sobre o referendo, o plebiscito e projetos de lei e de emenda à Constituição que têm como origem a iniciativa popular. A proposta foi feita pelo deputado Alexandre Cesar (PT). Aprovado no fim de novembro, o projeto aguarda agora só sanção do governador Blairo Maggi para começar a vigorar. 

   Conforme seu idealizador o projeto garante o exercício da participação direta da população como forma de assegurar ao cidadão o exercício de seus direitos na discussão das ações do Legislativo. “Queremos suprir uma lacuna com este projeto, permitindo que a Constituição de Mato Grosso, a exemplo do que já acontece na esfera federal, também permita iniciativas populares na apresentação de projetos de lei, emendas, além de plebiscito e referendo”, disse o petista. O relator, deputado Percival Muniz (PPS), também defende o projeto como “instrumento de democracia”.

   Apesar de ser uma lei estadual, os mato-grossenses poderão propor a criação de leis em âmbito nacional. Vale sugerir leis sobre quaisquer assuntos que atinjam grande parcela da sociedade. O modelo já é seguido pela Câmara dos Deputados. Lá, somente neste ano, 33 sugestões apresentadas pela sociedade civil foram aprovadas. As sugestões trataram dos mais diversos temas, entre eles o piso salarial para advogados, gratuidade do serviço telefônico de identificador de chamadas (bina) e regulamentação da profissão de promotor de vendas.

   O presidente da Comissão de Legislação Participativa, deputado Roberto Britto (PP/BA), ressalta que, paralelamente à análise das propostas, a comissão realizou audiências públicas e seminários sobre assuntos como o funcionamento das guardas municipais, a situação dos servidores demitidos no Plano Collor e o preconceito contra minorias sexuais.
 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

DEM-Cuiabá projeta até 4 vereadores

beto 400 curtinha   O presinte da Provisória do DEM da Capital e secretário estadual de Governo, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está animado com as chapas do partido construídas para o embate eleitoral. Já conta com 38 pré-candidatos a vereador e avalia que todos são competitivos. Uma das...

Chapa de Pivetta faltando um nome

adilton sachetti curtinha 400   O empresário Otaviano Pivetta continua avaliando um nome para composição de sua chapa ao Senado na suplementar de 26 de abril para a vaga da cassada Selma Arruda. A primeira-suplência deve ficar mesmo com o ex-prefeito rondonopolitano e ex-deputado federal Adilton Sachetti (foto), do PRB....

Senado, disputa interna e PT rachado

verinha_curtinha   O PT, que recebe hoje as inscrições de pré-candidatos ao Senado, deve ter apenas um nome na disputa interna, o do deputado e presidente estadual da sigla Valdir Barranco. A ex-vereadora Enelinda, com dificuldade, corre contra o tempo para se viabilizar. Enquanto isso, membros de outras correntes menos...

Falta na votação da emenda impositiva

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (foto), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara e pré-candidato a senador na suplementar de 26 de abril, explica que não procede a informação de que teria votado favorável à PEC 34/19, que assegura o orçamento impositivo de...

Feliz da vida na base e com emendas

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto) já chegou com moral no Governo Mauro Mendes. Depois de um ano fazendo oposição ao Palácio Paiaguás, o deputado tucano se tornou governista de carteirinha. E começa a colher os dividendos. Uma de suas emendas de R$ 300 mil para ajudar na...

Voto a favor e agora contra Congresso

O pitbull do governo Bolsonaro, deputado federal José Medeiros (foto), está pegando carona num protesto, marcado para 15 de março, onde não deveria porque os seus atos não correspondem ao discurso, ao menos segundo sustentam seus adversários políticos. Contam que Medeiros foi um dos parlamentares que aprovaram o orçamento impositivo de R$ 30 bilhões, vetado pelo presidente. Eis que agora, ele próprio, defende a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.