Últimas

Sábado, 19 de Dezembro de 2009, 09h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

JUDICIÁRIO

Stábile assume e diz que briga de eleição é página virada

   Eleito há pouco mais de um mês numa das disputas mais acirradas da história da OAB em Mato Grosso, o advogado Cláudio Stábile tomou posse nesta sexta (18), na presidência da entidade, que passa a comandar efetivamente a partir de janeiro. Bastante emocionado e aplaudido pela plateia de cerca de 450 pessoas, Stábile demonstrou que os desentendimentos em função da árdua disputa foram deixados para trás.

   No discurso, ele voltou a defender a união e pediu a colaboração de todos os advogados. “As eleições já ficaram no passado. Hoje vamos virar a página e trabalhar pela união da classe e pacificação dos ânimos. Todos os advogados que quiserem”.

   Apesar dos benefícios, como visibilidade, direito a nomeações de cargos comissionados e contratação de empresas para prestação de serviço terceirizado, Stábile lembrou os desafios de comandar uma entidade de tamanho prestígio e relevância social. “Temos plena consciência de que não é fácil dirigir a OAB. Sabemos o peso de representar uma entidade cuja história se confunde com a história do Brasil. A Ordem, além da Casa do Advogado, espaço físico onde todos nós nos encontramos, independente de raça, credo ou ideologia, é uma das mais tradicionais instituições do nosso país”.

   A posse de Stábile foi uma das mais concorridas da entidade. No auditório, além das 240 cadeiras ocupadas, mais de 100 pessoas ficaram em pé. Nem mesmo as 80 cadeiras colocadas em frente a um telão no saguão do auditório resolveram o problema da falta de acomodação. “Já vi essa casa cheia muitas vezes, mas desse jeito, não”, afirmou um dos convidados para a posse. Na mesa de honra, membros de prestígio do  Judiciário e de outros segmentos, incluindo três desembargadores do quinto constitucional da OAB: Rubens de Oliveira, Maria Helena Póvoas e Luiz Ferreira da Silva. 

   No discurso de 32 minutos, o presidente Francisco Faiad demonstrou apego pela entidade, comandada por ele há seis anos, e lembrou das dificuldades e desgastes sofridos durante a campanha. “Podem podar meu caule, podem esgarçar minhas folhas, tirar os frutos e machucar as flores, mas existe algo que ninguém vai conseguir fazer jamais comigo: arrancar minha raiz! A Ordem, esta Ordem, é a minha raiz”.

   Em tom de despedida, Faiad disse que se sente mais tranquilo ao lembrar que deixará o cargo nas mãos do amigo Stábile. “Nesses últimos dias, refletindo sobre esse período em que tive o prazer de dirigir a OAB, me veio novamente esse sentimento. Pouco ou quase nenhum sentido teria para mim entregar este cargo, este honroso cargo, não fosse a um amigo, a uma pessoa honesta, sincera nos seus propósitos e ideais, que fez da ética o seu estilo de vida. Por isso, fomos ao combate e vencemos. E vencemos sem arredar um milímetro sequer das nossas convicções: não pela teimosia, mas pela certeza de que trilhamos o melhor caminho”. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • aurelio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é agora quero ver senhor Stábile, tem advogado ai esperançoso com sua promessa de campanha uma das é a melhoria salarial para o advogado publico que faz a mesma coisa do procurador do estado e ganha mto menos.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...