Últimas

Sexta-Feira, 20 de Abril de 2007, 14h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

STF vai investigar Jaime por tráfico de influência

  O senador mato-grossense Jaime Campos (DEM) será investigado pelo Supremo Tribunal Federal por indícios de prática de tráfico de influência e promoção de interesses de uma quadrilha que vinha praticando crimes contra o sistema financeiro, fraudes em cartórios, grilagem de terras da União e corrupção de servidores públicos.

     A operação batizada de Lacraia foi deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta. Agentes policiais estão com a missão de cumprir 33 mandados de prisão e 38 buscas e apreensões não só em Mato Grosso, mas também em Goiás e São Paulo.

    O juiz federal Julier Sebastião da Silva, da 1ª Vara de Cuiabá, já deferiu o pedido do procurador da República, Mário Lúcio Avelar, e encaminhou ao STF peças dos autos com diálogos entre pessoas acusadas envolvendo o nome do senador Jaime.

    No pedido encaminhado ao juiz,  o procurador explica que a Polícia Federal investiga a atuação de organização criminosa especializada em fraudar a escrituração de registros e matrículas de imóveis rurais para fins de comercialização. O eixo da atuação é a ex-titular do cartório de Barra do Garças, Helena Jacarandá.

  No curso das investigações, a PF obteve a informação de que Jaime Campos supostamente estaria promovendo interesse da organização criminosa junto a elevadas instâncias do poder público, principalmente perante o Superior Tribunal de Justiça. Segundo o MPF, o objetivo de Jaime era estabelecer a investigada Helena à frente do Cartório de Registro de Imóveis de Barra do Garças, do qual se encontrava afastada.

    O diálogo colhido pela PF e que compromete Jaime Campos foi transcrito da seguinte forma:
  

    Qual será que foi o político forte que.. (é interrompida)
    Lucélia - o Júlio Campos
    Lourdes - Ahn?
   Lucélia - O Jaime Campos, que é senador. Ele agora é o senador né? Ai ele conseguiu (200703280926011 - Ofício 521/2007 - CART/DPF)

    Como Jaime Campos, na condição de senador, usufrui de foro privilegiado, só pode ser investigado pelo Supremo. O procurador Avelar requereu, então, que a Justiça Federal determinasse a extração de cópia da transcrição telefônica e o áudio para remessa ao STF.

    Titular da 1ª  Vara Fedeal, o juiz Julier Sebastião da Silva deferiu o pedido. Em seu despacho, o magistrado escreve que "(...) conversas que foram travadas entre investigada Lucélia e Lourdes são indícios de que o senador Jaime Campos teria patrocinado interesses da quadrilha sob investigação, notadamente da requerida Helena Jacarandá junto ao Superior Tribunal de Justiça".

   O juiz observa ainda, com base nas investigações, que "Jaime seria o político forte que teria conseguido restabelecer Helena Jacarandá à frente do Cartório de Registro de Imóveis de Barra do Garças, a partir de sua influência junto ao STJ".

    Outro lado

    O senador Jaime Campos se isolou nesta sexta. Ele não compareceu à reunião da executiva do DEM, que aconteceu pela manhã. Não foi localizado para apresentar sua versão sobre os fatos.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...