Últimas

Quarta-Feira, 08 de Abril de 2009, 15h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

RUMO A 2010

Taques deixa MPF e entra no PDT para disputar governo

 O procurador da República em São Paulo, Pedro Taques, já decidiu que será candidato a governador no pleito de 2010 pelo PDT. O RDNews apurou que ele já fez o comunicado ao presidente estadual, empresário e deputado Otaviano Pivetta. Taques está em São Paulo há quase quatro anos. Antes, atuou em Mato Grosso. Foi responsável por denunciar várias autoridades empresariais e políticas, inclusive de levar para a cadeia o "comendador" João Arcanjo Ribeiro, que liderava o crime organizado em Mato Grosso. Por conta de ações corajosas como essas, o procurador ganhou notoriedade e respeito em âmbito nacional. Por outro lado, é criticado por exposição na mídia. Temido por muitos, Pedro Taques demonstra nos bastidores que tomou gosto pela política.

Taques sairá do MPF em setembro deste ano
para montar escritório de advocacia em São
Paulo, Brasília e Cuiabá, e vai se filiar ao PDT 
para encarar o Palácio Paiaguás, na expectativa
de se tornar "fato novo" na política em 2010

  Publicamente, Taques prefere postergar a discussão sobre candidatura majoritária. Mas, nas conversas reservadas, expõe aos amigos todo um plano para tentar marcar posição no cenário político do próximo ano. Pedro Taques deve deixar o cargo de procurador da República, com salário mensal superior a R$ 20 mil, já em setembro, um ano antes das eleições, mesmo tendo a prerrogativa de continuar no posto e como candidato até poucos meses antes do pleito. Ele vai montar escritório para atuar como advogado em São Paulo, Brasília e em Cuiabá. Chegou a conclusão que terá salário superior ao que recebe hoje como membro do MPF.

    Incentivos

   Pedro Taques tem se motivado a entrar na briga pela cadeira ocupada hoje por Blairo Maggi diante de um cenário que aponta pré-candidatos com pouca expressão, ligados a grupos políticos tradicionais e que carregam algum tipo de desgaste, como o prefeito cuiabano Wilson Santos (PSDB), o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o senador Jayme Campos (DEM). Acredita que a inserção do seu nome provocaria reviravolta por representar "fato novo". Uma de suas estratégias é superar o estigma de arrogante, se tornando mais carismático. Quer estar mais presente no Estado. A direção do PDT, que se prepara para receber o "ilustre" filiado, estuda até uma agenda de visitas de Taques a alguns municípios, com vistas a pavimentar o caminho rumo ao Palácio Paiaguás. Um grupo de empresários tem sinalizado positivamente quanto ao financiamento da campanha majoritária.

  Esta não é a primeira vez que Pedro Taques ensaia projeto político. Nas eleições gerais de 2006, seu nome chegou a ser cogitado para concorrer à senatória. Ficou no balão-de-ensaio. Agora, parece que o procurador da República está mesmo disposto a encarar o teste das urnas. Apesar de atuar em São Paulo, ele já passa quase todos os finais de semana em Cuiabá, com a família. (Romilson Dourado)

Postar um novo comentário

Comentários (63)

  • Pacheco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Finalmente uma notícia boa na política !

    Adeus galinho !

  • Sérgio Frias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    É lamentável isso, agora estamos tanto a beira da loucura, que basta alguem realmente exercer sua profissão com afinco e dedicação para virar celebridade ou candidato a alguma coisa.
    Queremos que Pedro Taques continue exercendo seu cargo como Procurador da República, porque isso ele já provou que é bom, e precisamos dele lá.
    Mas como politico não sei se vai dar algum resultado que talvéz com seu perfil esperamos que dê.

    Boa Tarde.

  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vou votar nele. Chega de pinoquios, nepotistas, coroneis, corruptos, pilantras, picaretas, criminosos, faraós e todo tipo de coisa ruim na politica de Mato Grosso. Temos que dar exemplo para o Brasil (infelismente so aparecemos na midias nacional quando o assunto é corrupção e ação da Policia Federal).

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tremam nas bases senhore políticos demagogos, populistas e oportunistas. Finalmente teremos em quem votar para governador em 2010.

  • Eunice | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável, ele tem que ficar é a onde
    está, lá é o lugar dele,exercer a sua profissão
    nada de Política.
    A política é só para safados, mentirosos,
    ladrões e oportunistas.

  • Fábio Aurélio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bom, pode ser realmente uma opção, pois Wilson só promete e disse claramente na última eleição que não seria candidato a governador, agora aparece no horário politico do Psdb falando como candidato, Wilson é um grande politico, talvez o melhor de MT em saber fazer politica, mais deixou muito a desejar como administrador. Jaime tem força no interior, porém tem muita rejeição e só pensa nas suas fazendas e no seu gado, eu pergunto o você sabe alguma coisa que Jaime fez como Senador? O PEdro Taques só tem que conversar com Julier,, que também quer ser candidato a governador, pois os dois dividem eleitorado, e se sair os dois: Perdem. Vou Torcer pelo dr. Pedor já que nada consta contra ele.

  • Maurélio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem vai financiar a campanha dele é:
    Todimo..
    City lar
    maloufs de Cuiabá
    Erai Maggi..
    Pivetta

    Nessa ordem
    Só gente pobre srsrsrsrs

  • marcus | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Dr. Pedro Taques tem toda a competência de exercer o cargo de Governador do Estado sim senhor! O momento é mais do que propício para ele e o Dr. Juíz Federal Julier Sebastião da Silva entrarem na vida pública, pois, estamos carentes de novos líderes e os que estão aí, ninguém merece e ninguém quer mais a não ser os puxa sacos que vivem das benesses do dinheiro público e a coisa pública é coisa séria minha gente, temos que pensar para quem e para que vamos deixar os nossos municípios, Estados e o Brasil, chega de brincarem com a nossa cara! Não somos mais palhaços não! Vamos dar um basta aos políticos carreiristas e vamos definitivamente colocar gente séria de verdade! CHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Temos e devemos nos indignar com a situação que está, o País não aguenta mais tanta corrupção! Espero Romílson que vc como um grande democrata que é divulgue este desabafo de um cidadão cansado de pagar tantos impostos e não ver o retorno para a sociedade em geral! Sou seu fã, leio este tão conceituado blog diariamente!

  • GILBERTO SIQUINELLI | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns pela decisão Pedro Taques!
    Em 2010 chega de demagogos e hipocritas nas eleições vamos votar em quem realmente conhece as leis e sobretudo sabe executar as mesmas, boa sorte mantenha-se firma na sua decisão, nossa política nessecita mais do que criticos precisamos de gente que sacrifique a sua estabilidade seja ela profissional, financeira ou de qualquer natureza e coloque realmente a cara p/ bater!

  • Leopoldo Mendonça | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma candidatura do Procurador Pedro Taques a governador, senador ou deputado contribui muito para melhorar a política em MT. Trata-se de homem sério, ético, conhecedor da lei e de competência indiscutível, qualidades raras principalmente nos nossos deputados.

    Espero que ele leve este projeto adiante. Mato Grosso ganhará muito.

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.