Últimas

Segunda-Feira, 17 de Dezembro de 2007, 17h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

TCE abre 4 vagas para procurador e 3 de auditor

José Carlos Novelli, presidente do TCE   Pela primeira vez em 18 anos o Tribunal de Contas do Estado, sob o conselheiro José Carlos Novelli, decide realizar concurso público para criar quatro cadeiras de procuradores de Contas e 3 de auditores-substitutos de conselheiros. Promulgada em 1989, a Constituição Estadual já previa essas vagas. A composição dos 7 membros do Pleno deveria contar com 4 indicados pelo Poder Legislativo, um do Executivo, um auditor e um do Ministério Público. Ocorre, porém, que durante todo esse período não houve uma lei que regulamentasse essas vagas.

    O edital saiu nesta segunda (17). As inscrições para  o concurso custam R$ 260 e podem ser feitas até 10 de janeiro do próximo ano. A expectativa do presidente Novelli é realizar o concurso até o próximo mês, dentro do seu mandato, que termina em 31 de janeiro. Em princípio, as provas devem ocorrer entre 22 e 27 de janeiro.

   Cada procurador terá salário equivalente ao de conselheiro: R$ 22,1 mil. Já auditor receberá R$ 19,9 mil ao mês. A ocupação dessas vagas não evita críticas ao TCE que conta com um Pleno político, pois falta a composição técnica.

   Para concorrer à vaga de procurador é necessário que o candidato seja Bacharel em Direito e tenha exercido atividade jurídica no mínimo por três anos. Também não deve ter antecedentes criminais ou atos de improbidade administrativa, ser brasileiro nato ou naturalizado, e estar quite com as obrigações eleitorais e ainda encontrar-se em perfeita saúde física e mental.

    Para o cargo de auditor exige-se os mesmos critérios. Quanto à idade precisa variar de 35 a 65 anos e ainda deve ser graduado em Direito, Economia, Ciências Contábeis ou Administração. As provas vão ser aplicadas em três fases. A primeira será com questões objetivas de conhecimento jurídico, com a caráter eliminatório e classificatório, e de Língua Portuguesa apenas eliminatório. Já na segunda fase a prova vai ser dissertativa, com ênfase nas disciplinas de Direito Constitucional, Administrativo e Financeiro. Por fim, a terceira será uma prova de títulos, que levará em consideração apenas a eliminação.

    Para a realização do concurso, o presidente do TCE designou a Escola Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul e criou uma comissão especial que se responsabilizará para acompanhar os trabalhos, bem como pela elaboração do edital e a definição de diretrizes para a formulação e correção das provas.

   O presidente Novelli destaca, por meio de assessoria, que, com esse concurso público, cumpre mais um compromisso do planejamento estratégico. A expectativa é que os aprovados sejam empossados em abril ou maio pelo novo presidente do TCE, conselheiro Antônio Joaquim. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Dênis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está no edital: exige-se que o candidato não tenha antecedentes criminais e nem responda ação de improbidade administrativa. É mole???????

  • inacio bartolomeu dias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que o Tribunal de Contas terá coragem de exigir no edital deste concurso a exigência de antecedentes criminais? Creio que não, dois pesos e duas medidas, será?

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...