Últimas

Terça-Feira, 20 de Maio de 2008, 17h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

CUIABÁ

TCE acata recurso e alivia presidente da Câmara

   O Tribunal de Contas do Estado acatou, por unanimidade, o recurso interposto pelo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PP) e o isentou da responsabilidade por atos de improbidade administrativa no exercício de 2006, gestão Chica Nunes (PSDB). O Tribunal detectou 45 irregularidades graves e gravíssimas e reprovou o balancete, em dezembro do ano passado. Nesse ano, Lutero atuava como primeiro-secretário da Mesa Diretora. O Pleno do TCE considerou que o vereador não era ordenador de despesas.

   Entre as 45 irregularidades, está um déficit de execução orçamentária de R$ 899,9 mil. Também constam falta de recolhimento de Imposto de Renda, almoxarifado que não recebeu materiais previstos em contratos fechados pela Câmara, quase R$ 100 mil em retenções previdênciárias que não foram repassadas, superfaturamento em licitações, pagamentos efetuados antes do processo licitatório, cujos serviços não foram realizados posteriormente, além de compras supérfluas, como roupas.

   Com a decisão, fica reformada o acórdão anterior que determinava a obrigação de Lutero, juntamente com Chica Nunes, de ressarcir quase R$ 2 milhões aos cofres públicos. Conforme o entendimentos do conselheiro-relator Alencar Soares, cujo voto foi seguido pelo demais membros do Pleno, a competência de ordenar despesas é atribuída unicamente ao presidente da Câmara.

   Para Lutero, a Justiça foi feita. "Vou citar uma frase que disse ao conselheiro Valter Albano: Fez-se Justiça", avalia. Ele também ressaltou que até hoje o ordenador de despesas continua sendo o presidente. "O meu primeiro-secretário (vereador Luiz Poção) continua não respondendo pelas despesas da Câmara", frisa. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • fernando barros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    A população fica realmente sem entender. O TC é para apurar possiveis desvios, ou ocultá-los? Ora, ora,... o Presidente da Assembléia é, e sempre será, no mímino, o responsável solidário pelos abusos cometidos pelo Ordenador de Despesas. Nenhum responsável maior, pelas Autarquias, Órgãos, Secretarias, etc. etc.. se eximem da responsabilidade solidária - ainda que tentem fechar ¨um olho¨-. Assim, querem nos convencer que, o Ordenador de Despesas empenha, atesta, liquida e paga tudo sózinho.

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    T.C.E E LUTERO, AI EU PERGUNTO : QUAL A DIFERENÇA ENTRE OS DOIS ????

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este é o TCE, o nobre assina os cheques e o Tribunal o inocenta, com a palavra a Dep. Chica, via assumir tudo sozinha. Acredito que não.

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    convrsa vai conversa vem e o dinheiro publico ainda não tem quem pegou né...sera com quem ficou?

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E eu vou dizer o contrario:oficializou-se a roubalheira

  • francisca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qual a função do TCE???Pensei que por estarem em um cargo vitalicio fossem um pouco mais sérios, quanto custou esse julgamento? Por este motivo é que devemos lutar pelo fim desse Tribunal que não faz nada, apenas é mais um órgão para pegar o dinheiro publico. Cade a seriedade que deveria existir? E depois querem que o pais respeite Mato Grosso...como??

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Basta saber quem negociou a aprovação... se foi o próprio conselheiro ou seu irmão... eles se pudessem negociavam até a mãe deles... isso eu ouvi de um amigo deles, autoridade igual a eles... fazer o que...

Elisângela conduz Secom da Câmara

elisangela tenorio 400 curtinha   A jornalista Elisângela Tenório (foto) está de volta ao comando da Comunicação Social da Câmara de Cuiabá. Ela ocupou o mesmo cargo na gestão Justino Malheiros, mas, na época, não teve à disposição estrutura para desevolver uma...

Logística em MT pra distribuir vacinas

mauro mendes 400 curtinha   O governo estadual já providenciou toda logística para levar as vacinas anti-Covid-19 aos municípios. O governador Mauro Mendes (foto) destaca que, em princípio, adquiriu 3,5 milhões de seringas. Os lotes de vacinas chegam a MT até a próxima quarta. Seguindo o Plano...

Emanuel no PTB e reeleição do filho

emanuelzinho 400   O PTB está sendo preparado para receber a filiação do prefeito Emanuel Pinheiro, que iniciou o segundo mandato em Cuiabá. Sem ambiente para seguir no MDB, onde passou a enfrentar resistência de toda a bancada do partido na Câmara Federal e na Assembleia, Emanuel recebeu convite de...

Ex-deputado "detona" Aliança por MT

victorio galli 400 curtinha   As deputadas federais Carla Zambelli e Bia Kicis, que estão na linha de frente pela criação do Aliança pelo Brasil, partido idealizado por Bolsonaro e ainda na fase de coleta de assinaturas para ser formalizado, foram informadas de que o ex-deputado federal Victório Galli...

Saúde em MT sob iminente colapso

Os números da pandemia da Covid-19 em MT são alarmantes. Entre sexta e este sábado foram registrados 1.050 novos casos de pessoas infectadas com o vírus e mais 21 mortes. Desde o início da pandemia, quase 5 mil mato-grossenses já morreram da doença. Em Cuiabá, o índice de ocupação de UTIs chega a 69%, superando o pior período da pandemia, registrado em agosto do ano passado. Em outras regiões do Estado, a...

Prefeito já teve 2 aliados executados

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de terceiro mandato Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, já teve dois assessores próximos e de extrema confiança assassinados. Em setembro de 2012, João César Domingos, que era muito próximo de Pátio, havia atuado no Instituto de Pesquisa e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.