Últimas

Quarta-Feira, 10 de Outubro de 2007, 21h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

TCE anuncia concurso para procurador e auditor

Conselheiro José Novelli, presidente do TCE/MT  O Tribunal de Contas do Estado, sob José Carlos Novelli, fará concurso público para quatro vagas de procurador de Contas e três vagas de auditor substituto de conselheiro. O processo licitatório na modalidade pregão  vai ser aberto no próximo dia 24, com vistas a contratar empresa ou fundação para organizar o concurso de provas e títulos.  

   A data do concurso será definida pelo TCE em conjunto com a vencedora do certamente licitatório, mas a determinação de Novelli é que a realização ocorra a tempo de permitir a divulgação do resultado até o dia 31 de dezembro deste ano. Segundo ele, o TCE abrirá a agenda anual de sessões deliberativas, em fevereiro de 2008, já com a nova composição. "Esse concurso público é uma realização histórica, pois vai adequar a composição deliberativa da instituição a uma exigência constitucional que já completou 18 anos de existência", destaca o presidente do TCE.

       Clique aqui e leia mais sobre o assunto

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • vilmar teixeira de amorim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se fosse um país sério destituiria essa turminha que lá está, todos indicados politicamente e não por mérito técnico. Veja que raramente eles reprovam as contas públicas do governo estadual e das prefeituras, será porquê? ou nossas prefeituras são excelências em gastos públicos (o que é muito dificil acreditar) ou tem mutreta nesta história. De que adianta fazer concurso para "conselheiro substituto", se estes jamais terão legalidade para assumir o cargo vitalicio de conselheiro? Vocês me perdoem, mas, eta paisinho e sem seriedade heim!!!

  • Zé povinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muito importante que haja controle cerrado sobre os procedimento desse concurso.
    Deve ser feito pelo Ministério Público Federal. O Estadual não dá para confiar.
    É muito estranho a modalidade ser PREGÃO. Acho que o TCE que levar mesmo é para dispensa de licitação.
    Se for for dispensa Ronilson, temos que fica de olhos bem abertos.
    A sociedade mato-grossense precisa ter a certeza de que não haverá fraude, neste concurso. Assim como aconteceu no da SEFAZ.
    Se os novos procuradores junto ao TCE e os Auditores-Substitutos forem fruto de fraude. Com certeza tudo continuará como está.
    Sabe-se que existem várias formas de se fraudar um concurso. E quando a instituição organizadora está envolvida, fica mais difícil pegar a fraude.
    Acho que é caso de acompanhamento por todos os órgãos de controle social.
    Há necessidade de acompanhamento investigativo do Ministério Público Federal e Estadual, pois nosso MT é campeão em um monte de coisa ruim: número de prefeitos infiéis, sanguessugas, queimadas.
    No caso dos sanguessugas, a existência do TCE-MT, não fez diferença: Não pegou nada, ou se pegou não divulgou. Se não fosse os órgãos federal de controle, como a CGU e o TCU, nós mato-grossenses estaríamos em situação muito pior.
    E o caso de nosso prefeito Leitão. Só quem pega e denuncia são federais, os estaduais ficam quietos... negociando... arrumando... Se sair alguma jogando para debaixo do tapete... e tudo continua na mesma: sem Justiça!
    O pleno do TCE necessita urgente de pessoas que não têm rabo preso a nada. Preso somente ao compromisso social das funções as quais estão investidos.
    O Povo de Mato Grosso carece dos seus serviços Ronilson!

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qualquer notícia que fala em abertura de concurso neste Tribunal da vergonha já nos alegra. Não pela possibilidade da gente conseguir uma destas vagas mas pela esperança que surge de um dia a sociedade poder contar com um Tribunal de verdade para julgar com lisura as ações dos gestores do nosso dinheiro.

    "Auditor substituto de Conselheito", o que seria isso? Quais as atribuições deste cargo? . Em que casos esse servidor vai substituir um Conselheiro? a matéria do RD News ficou devendo esses detalhes. De qualquer forma parabéns pela notícia. E fico aqui na esperança de um dia poder ler neste site uma manchete anunciando "concurso público para Conselheiro" ou ou então a extinção deste Tribunal Podre. A decência a ética e a moralidade vão agradecer.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que bom se tivesse concurso para conselheiro né!

Mais 20 respiradores para Cáceres

leonardo 400   O Ministério da Saúde enviou mais 20 respiradores para Cáceres, em atendimento ao pedido do médico  e deputado federal Leonardo (foto). Os equipamentos foram entregues na segunda (12) para a secretaria municipal de Saúde e serão instalados no Pronto Atendimento Municipal para tratar...

Isenção de IPVA a algumas categorias

max russi 400   A Assembleia Legislativa deve aprovar esta semana uma proposta do governo para, em tempos de pandemia, isentar algumas categorias do pagamento de Imposto de Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) do exercício de 2021. O projeto chega nesta quarta à Mesa Diretora, sob Max Russi (foto), e vai ser votado no...

CAA-MT fará vacinação contra H1N1

ittalo leite 400 caixa de assistencia   A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT), presidida por Ittalo Leite (foto), já deu início à Campanha de Vacinação Contra a gripe H1N1. Serão disponibilizadas seis mil doses da vacina para imunização contra a Influenza A e B,...

Governo compra 103 motos para PM

O governo estadual vai entregar nos próximos dias 103 motocicletas à Polícia Militar. Isso deveria ter ocorrido nesta segunda, mas foi adiado e ainda sem data definida. As motos serão utilizadas pelas equipes de policiais da Companhia Raio de Moto-Patrulhamento, Força Tática e pelo policiamento ordinário na Região Metropolitana de Cuiabá e em vários outros municípios. No primeiro lote, o governador Mauro...

Ex-prefeito, contratos e multa do TCE

jeovan faria 400   O ex-prefeito de Campinápolis, Jeovan Faria (foto), vai ter de pagar uma multa equivalente a 10 UPFs/MT, o que corresponde hoje a R$ 1,8 mil, como punição por contratação de pessoal por tempo determinado sem atender à necessidade temporária de excepcional interesse público....

Decon investiga "fura-fila" da vacina

O delegado Rogério Ferreira, da Especializada do Consumidor (Decon), instaurou o que se chama de Auto de Investigação Preliminar para apurar possíveis irregularidades no cumprimento da ordem de vacinação contra a Covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura de Cuiabá. Na prática, busca investigar possíveis situações de “fura-fila” e outras circunstâncias ilegais. Rogério...