Últimas

Terça-Feira, 01 de Janeiro de 2008, 01h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

RETROSPECTIVA

TCE julga 502 contas e recebe Bosaipo e Teis

  O Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer sobre 502 processos referentes à administração estadual, prefeituras, órgãos e câmaras municipais. Juntos somam um orçamento de R$ 10 bilhões. Dos 141 municípios mato-grossenses, o TCE reprovou 20 contas do exercício de 2006 das seguintes prefeituras: Acorizal, Alto da Boa Vista, Alto Paraguai, Barra do Bugres, Bom Jesus do Araguaia, Campo Novo dos Parecis, Colniza, Confresa, Ipiranga do Norte, Itanhangá, Juruena, Juscimeira, Luciara, Marcelândia Nova Lacerda, Peixoto de Azevedo, Santa Terezinha, São Feliz do Araguaia, São Jose do Povo e Várzea Grande.

     Mais de mil irregularidades foram detectadas no decorrer do julgamento dos balancetes dos 360 órgãos jurisdicionados (secretarias estaduais, empresas estatais, autarquias, câmaras, fundos de previdência e outros). O presidente, conselheiro José Carlos Novelli, classificou sua gestão como "momento de planejamento estratégico". Houve gasto na estrutura física da instituição, já que está sendo construído um novo prédio. O custo da gigantesca obra está incluso no orçamento anual de R$ 107 milhões do TCE.

    Para Novelli, o 2007 foi de "puro entusiasmo". Enfatizou, entre as ações, as transformações na área de informática e a instituição do Prêmio Rui Barbosa. Foram premiados 15 municípios que não apresentaram nenhuma irregularidade nas contas do exercício de 2005.

Waldir Teis e Humberto Bosaipo assinam termo de posse no TCE  Em contrapartida, o TCE sofreu desgaste por causa da polêmica nomeação do ex-deputado Humberto Bosaipo como conselheiro. Ele responde a nove processos criminais e a mais 50 ações civis públicas. Depois de uma intensa articulação entre deputados e o governador Blairo Maggi, Bosaipo e o ex-secretário de Fazenda, Waldir Teis, passaram a fazer parte do Pleno do TCE, em substituição, respectivamente, a Ubiratan Spinelli e Júlio Campos. Terão agora salário vitalício de R$ 22,1 mil, fora uma série de privilégios e regalias.

  O conselheiro Antonio Joaquim foi eleito em outubro para presidir o TCE a partir de 31 de janeiro. Ele promete transformar o TCE "na melhor instituição de fiscalização do país". Novelli continua na Mesa, agora como vice-presidência, enquanto Valter Albano fica como corregedor. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...

Neurilan e apoio de Botelho à AMM

eduardo botelho 400 curtinha   Em busca de apoio de lideranças políticas para permanecer no comando da AMM por mais três anos, Neurilan Fraga foi pedir socorro para o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (foto). Quer que o parlamentar seja o presidente de honra de sua chapa. Neurilan tem se articulado como pode e,...

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...