Últimas

Quarta-Feira, 05 de Novembro de 2008, 10h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

ALTO PARAGUAI

TCE reprova a gestão Umbelino e já aciona TCU

 O Pleno do Tribunal de Contas do Estado reprovou nesta terça as contas do exercício financeiro de 2007 da Prefeitura de Alto Paraguai (a 200 km de Cuaibá). Os votos foram unânimes. O relatório técnico apontou 61 irregularidades na gestão do prefeito Umbelino Alves Campos (DEM). O democrata está há dois meses de concluir a gestão. O prefeito eleito é o peemedebista Adair José Alves Moreira, que teve 1.645 votos (33,9%).

   De acordo com o relator, conselheiro José Carlos Novelli, o prefeito não apresentou justificativas e nem procurou sanar as impropriedades identificadas no relatório. Noveli disse que dentre as impropriedades constam condutas ilícito penal. Os números mostram que a gestão Umbelino não cumpriu com as aplicações mínimas referentes à saúde e à educação. Dos 25%, a administração aplicou 24,82% da educação. Na saúde, chegou a 13%, quando deveria atingir o mínimo de  15%. O prefeito teve seu balancete reprovado também por causa de irregularidades no repasse do duodécimo à Câmara Municipal. O percentual superou em 0,92% o índice constitucional de 8% da receita tributária própria e transferências do Município.

   Outras irregularidades apontadas são contratações temporárias sem justificativa e abertura de créditos adicionais sem autorizaçao legislativa de R$ 608 mil, além da ausência de registro do valor de R$ 95 mil nos demonstrativos contábeis e montante referente a um convênio com o Incra. Por fazer referência a um recurso federal, o TCE irá encaminhar cópia do processo ao Tribunal de Contas da União. (Lisânia Ghisi)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • MÁRCIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NÃO CONCORDO COM O COMENTÁRIO DO ROBERTO DE ALTO PARAGUI QUANDO DIZ QUE O POVO MEREÇE PORQUE VOTOU NO CANDIDATO ELEITO. ACONTEÇE QUE O POVO. O POVO TA COM OUTRA CABEÇA ESTÃO APRENDENDO A VOTAR PROVA DISSO É QUE QUASE ELEGERAM A PESSOA, O EMERSON DE ALMEIDA, JOVEM FILHO DE ALTO PARAGUAI QUE PODERIA MELHORAR ESSA CIDADE TAO QUERIDA E TIRAR FORA ESSAS PESSOAS QUE SÓ QUEREM TIRAR PROVEITO DA SITUAÇÃO E DEIXAR O POVO A MERCÊ. FALO ISSO COMO FILHA DESSA TERRINHA QUE AMO DE PAIXÃO ESSA CIDADE, EMBORA NÃO MORE AI, TENHO MINHA FAMILIA TODA AI E SEMPRE QUE POSSO PASSO UM FINAL DE SEMANA AI E VEJO O QUANTO A CIDADE ESTA UM LIXO SÓ. ENTÃO PREFEITO ELEITO VAMOS TRABALHAR PELO POVO E PARA O POVO.

  • Andréa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou filha de Alto Paraguai, e vejo essa noticia com muita indignação, pois sei o quanto o povo desse municipio sofre com o descaso das autoridades. Em Alto Paraguai falta tudo, o único Hospital da cidade nunca tem médico o que obriga as pessoas sairem mendicango atendimento nos municipios vizinhos ou aqui na capital, mas nem todos tem a mesma sorte e acabam morrendo à mingua por falta de atendimento médico. Agora diante da REPROVAÇÃO das contas do Prefeito pelo TCE/MT, um Órgão tao conceituado haja um esforço MP/MT no sentido de fazer com que os responsáveis devolvam aos cofres públicos o que usaram indevidamente. O povo de Alto Paraguai clama por justiça. Quanto ao Prefeito eleito espero que faça um bom governo porque o povo de Alto Paraguai mereçe mais respeito. Espero que a Vice Sra. Tânia Siqueira, filha de um homem que foi um pai para as pessoas carentes dessa cidade não deixe que isso se repita e cuide de nosso povo ai de Alto Paraguai.


  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMO SEMPRE, VAI DAR EM NADA.

  • Roberto Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BEM FEITO P/ O POVO DE ALTO PARAGUAI QUE VOTARAM NO CANDIDATO DELE. VOCÊS SABEM DEUS TARDA MAS NÃO FALHA TAÍ MOSTROU O INCOMPETENTE QUE ELE É E AINDA FEZ O CANDIDATO DELE (O POVO MERECE DE ALTO PARAGUAI). NÃO VAI DAR EM NADA POIS QUEM VAI ENTRAR VAI ABAFAR TUDO. VOCÊS VERÃO....


    HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA HAHA

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...