Últimas

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2009, 08h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

Alto Taquari

TCE vê irregularidades e multa ex-prefeito em R$ 12 mil

 O ex-prefeito de Alto Taquari (a 390 km ao Sul de Cuiabá), Lairto João Sperandio (DEM), foi multado pelo TCE em 400 Unidades de Padrão Fiscal (UPFs), algo em torno de R$ 12,8 mil. O Pleno julgou procedente uma representação interna formulada contra o ex-prefeito. Pesa contra ele acusações de práticas de improbidade administrativa em processos licitatórios na construção do centro de convivência para idosos. De acordo com levantamento, feito pela Coordenadoria de Controle de Obras e Serviços de Engenharia do Tribunal, os empenhos eram de R$ 99,3 mil, mas apenas R$ 84,3 mil foram licitados, o que indica fragmentação de despesa e dispensa de licitação sem amparo na legislação.

   Foram constatadas ainda irregularidades na execução da despesa, como a emissão de dois cheques no valor de R$ 25 mil cada, antes do julgamento da carta-convite e seus depósitos antes da emissão do empenho. A defesa de Lairto alega que a falha ocorreu no preenchimento dos cheques, mas não apresentou documentos comprobatórios. As justificativas não convenceram o relator do processo, conselheiro Alencar Soares. “A emissão antecipada dos cheques, que representam 59,37% do valor do contrato, revela fortes indícios da prática de crime”, afirmou Soares.

   O ex-prefeito que teve suas contas rejeitadas pelo TCE no ano passado tem 15 dias para pagar a multa ao Fundo de Reaparelhamento e Modernização do Tribunal. Cópia dos autos será encaminhada ao Ministério Público Estadual para que as devidas medidas legais sejam tomadas, considerando que há sérios indícios de improbidade. Em 2008, após detectar nove irregularidades, o Tribunal reprovou as contas de Lairto – saiba mais aqui. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • porreta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS