Últimas

Sexta-Feira, 30 de Novembro de 2007, 16h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EDUCAÇÃO

TCU condena ex-secretários Albano e Natal Rêgo

Valter Albano, ex-secretário de Estado de Educação   Os ex-secretários de Educação, Natal da Silva Rêgo e Valter Albano, são condenados a devolver ao Estado mais de R$ 13 milhões, sendo R$ 12,1 milhões sob responsabilidade do primeiro. Os dois são acusados de desvio ou má aplicação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. A suposta fraude se referente à época em que ambos comandaram a pasta. Natal, que hoje atua na iniciativa privada, foi secretário no governo Jaime Campos (94). Albano, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, comandou a Seduc na primeira gestão Dante de Oliveira (1995/1998).

    De acordo com o TCU, não houve o repasse de recursos federais destinados à reforma de 60 escolas e à compra de material didático escolar para 533 unidades. Natal está sendo responsabilizado pelo desvio de R$ 12,1 milhões, ao passo que pesa contra Albano o correspondente a R$ 1,6 milhão. Eles ainda foram multados em R$ 50 mil e R$ 10 mil, respectivamente. Agora, têm 15 dias para comprovar o recolhimento das quantias aos cofres do FNDE e do Tesouro Nacional. Houve autorização  judicial para a cobrança. (Pollyana Araújo com Assessoria)

     Clique aqui e leia o acórdão do TCU na íntegra.

(Atualização às 17h42) - Albano nega irregularidades

      O ex-secretário de Educação, conselheiro Valter Albano, divulgou por meio de assessoria um release informando que já recorreu da decisão do TCU que o obrigou a restituir R$ 1,6 milhão. Ele alega que quando assumiu a pasta, os recursos na ordem de R$ 2 milhões já estavam praticamente gastos pelo antecessor. Garante que executou somente 10% desse valor. Clique aqui e leia mais.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • jonas migliari | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por essa e outras coisas que esse tribunal de contas está desmoralizado. A sociedade matogrossense têm que mobilizar contra este estado de coisas, as nomeações políticas do TCE, com gente carregada de processos penais e que são sustentados por todos nós, cidadãos matogrossenses. ISSO É UMA VERGONHA!!!

  • Dito Porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Dito Porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ora veja só! Não me espanta de maneira alguma ver o nome desse cidadão Walter Albano, Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, sendo responsabilizado e acusado pelo Tribunal de Contas da União por desvio ou má aplicação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Diante do fato exposto, o que fazer ou esperar do senhor Walter Albano como fiscalizador de contas públicas se ele sequer teve o devido respeito com o dinheiro do povo quando lhe foi dado o direito de movimentá-lo? E ainda tem deputado estadual que defende a indicação de Humberto Bosaipo para ocupar uma cadeira no TC!

  • eduardo camilo pontes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O TCU julgar um processo 13 anos depois da despesa ocorrida é que deve ser considerado uma baita irregularidade. Não é por menos que o escândalo das sanguessugas passou batido ao TCU, que recentemente mandou notificar o ex-prefeito de Chapada, Pedro Reiner da Fonseca, que faleceu em 2005 num acidente de automóvel. Nesse ritmo vão começar a julgar agora os atos do governo FHC e as despesas do governo Lula vão ficar para análise em 2020. Daí a grita da sociedade pelo fechamento dos Tribunais de Contas, pois desse jeito não passam de tribunais de faz de contas.

  • Ruan Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMO CIDADÃO FICO A ME PERGUNTAR , COMO SERÁ QUE ESTE SENHOR CONSELHEIRO VALTER ALBANO , TERÁ MORAL PARA JULGAR CONTAS ??????
    AFINAL ACABA DE SER CONDENADO , OU SEJA, O TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO , CONDENA UM CONSELHEIRO DO TRIBUNAL DE CONTAS DE MATO GROSSO.
    A VIDA É ASSIM ,AS VEZES A GENTE ACHA QUE ESTÁ POR CIMA DE TUDO E DE TODOS E DEUS MOSTRA QUE SOMOS MORTAIS E PASSIVEIS DE PENA!!!!!!

  • mauro fernandes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE EU FOSSE O CONSELHEIRO VALTER ALBANO , APROVEITARIA O MOMENTO E APOSENTARIA JUNTO COM JULIO CAMPOS E UBIRATAN SPINELLI.
    DAQUI PRA FRENTE FICARÁ MARCADO PELO ESCANDALO E COMO CONSELHEIRO NÃO FICA BEM SER CONDENADO PELO TCU , É VERGONHOSO ...

    ELE É MUITO CREATIO , OU MELHOR, CRIATIVO...

  • Luiz Inácio Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OS TEMPOS ESTÃO MUDANDO E ISTO RENOVA AS ESPERANÇAS DO POVO. NÃO ME SURPREENDE SABER QUE PESSOAS LIGADAS AOS NÚCLEOS DE PODER DESVIAM RECURSOS POIS RECENTEMENTE TAMBÉM O NADAF FOI CONDENADO. O QUE ME SURPREENDE É VER QUE ESTÃO SENDO PUNIDOS E REVELADOS. AS MÁSCARAS ESTÃO CAINDO. PARECE QUE DEMORAR É UMA PRATICA EM TODOS OS TRIBUNAIS, FATO QUE NOS MOSTRA A NECESSIDADE DE REVER TODO NOSSO SISTEMA INSTITUCIONAL E SUAS RELAÇÕES PROMISCUAS. NO NÍVEL ESTADUAL TODOS OS PODERES SE PROTEGEM E NEGOCIAM BENESSES E CARGOS.

  • marcos paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria que o nosso amigo valter renunciasse do cargo, pois quem comete corupçao jamais pode fiscalizar conta.

  • Carlene Grubman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Somente no Brasil acontece estas coisas onde ladrao fiscaliza dinheiro publico. Deveria ser feito uma investigacao sobre este Lord Walter Albano e ver como ele consegui enriquecer em 4 anos no mandato do senhor Dante de Oliveira.
    Onde esta a populacao de Mt que nao se manifesta contra isto afinal e dinheiro da Educacao.Acorda MT, bote estes canalhas nos seus devidos lugares(cadeia).

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...