Últimas

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2008, 09h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INVESTIGAÇÃO

TCU investiga verba para clube de golfe em BG

  O Tribunal de Contas da União (TCU) abriu investigação para apurar suspeita  de superfaturamento e desvio de quase R$ 1,4 milhão de recursos oriundos do  Ministério do Turismo para o Clube de Golfe Araguaia, em Barra do Garças. O montante foi repassado por intermédio da Associação Mato-Grossense de Municípios (AMM). O assunto é destaque no Portal Terra desta sexta. A reportagem revela que o Ministério do Turismo destinou R$ 132,5 mil ao clube de propriedade privada e localizado em Barra do Garças. Mesmo recebendo verbas públicas, o clube cobra mensalidade normal de seus sócios.

   Outro repasse do governo federal que teve como intermediário a AMM foi o 1º Encontro Cultural de Turismo do Bairro Goiabeiras. Neste, o Ministério contribuiu com R$ 100 mil. A entrada custou R$ 20 e, segundo o TCU, a prestação de contas indica um público de 5 mil pessoas, o que daria uma arrecadação extra de mais R$ 100 mil. O evento contou com um show nacional da dupla sertaneja Teodoro e Sampaio. De acordo com o TCU, esse estilo musical não tem nenhuma relação com a proposta do evento, que era valorizar a cultura do bairro Goiabeiras. 

   O Tribunal de Contas afirma ainda que há suspeitas sobre a participação do deputado estadual José Riva (PP) na promoção. Vê indícios de promoção pessoal do parlamentar. "No rodapé do material promocional consta: apoio: deputado federal Riva", diz a reportagem.

   Um outro convênio mediado pela AMM foi o projeto Viva seu Rio Limpo. O TCU percebeu a existência de uma pessoa jurídica que se declarava como microempresa. Apenas nessa promoção a empresa faturou R$ 240 mil. Essa empresa seria do mesmo proprietário de uma outra firma que participou do projeto. Desse modo, o TCU entende que são do mesmo sócio e operadas como laranjas. (Pollyana Araújo)

  • Confira aqui a matéria na íntegra.

(Às 13h26)  - AMM se exime de responsabilidade

   O presidente da AMM, José Aparecido dos Santos, o Cidinho, disse que a entidade não está sob investigação. Observa que, pelo que sabe, o TCU apurar supostas irregularidades apenas no Ministério do Turismo. Segundo ele, a AMM só atuou como intermediária de um recurso em 2005 já com destino definido, portanto, sem nenhuma responsabilidade de um convênio estabelecido.

(Às 19h45) - AMM resolve emitir nota de esclarecimento

   A AMM, entidade que representa as prefeituras de Mato Grosso, emitiu uma nota de esclarecimento com seis tópicos acerca dos convênios firmados com o Ministério do Turismo. Eis abaixo as explicações na íntegra:

1 - O Ministério do Turismo, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de turismo de Mato Grosso, solicitou da AMM encaminhamento de projetos de acordo com as normativas do ministério.
2 - A AMM, em conformidade com as referidas normas, deu todos os encaminhamentos de projetos e planos de trabalho.
3 - A AMM cumpriu com todos os procedimentos exigidos para a concretização dos projetos.
4 - O Ministério do Turismo deu parecer favorável a aprovação das prestações de contas dos convênios firmados com a AMM.
5 - A AMM está apta a firmar convênios, conforme autoriza Normativa 01|97, do Tesouro Nacional, sendo que a entidade cumpriu com todas as exigências legais requeridas.
6 - A AMM ainda não foi notificada pelo Tribunal de Contas da União. Mas as supostas irregularidades apontadas pelo TCU em relação a execução dos convênios serão apuradas e tomadas todas as medidas cabíveis, com a finalidade de esclarecer os pontos levantados pelo TCU.
José Aparecido dos Santos
Presidente da AMM

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Mauro Max Alvarenga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Xiii...não investiga muito que acaba descobrindo o que não pode, cuidado com a SEDTUR.

  • Sonia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pesarão mais coisas sobre essa parceria da AMM com o Ministério do Turismo.
    Deve ter muita gente sem dormir!!!!

  • edivan campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O TCU - AGORA ESTA ACORDADO ESTAVA ADORMECIDO POR MUITO TEMPO SO FOI LEVANTAR SUSPEITA DOS CARTAO DE CREDITO DO PALACIO O TCU ACORDOU HA. HA. HA.

  • João Paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falta na matéria divulgar a acusação que pesa sobre o rei das calcinhas !!

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...

MAIS LIDAS