Últimas

Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2007, 22h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

MEIO AMBIENTE

Temos 60% de mata em pé, afirma governador

Maggi ao lado de Vilceu Marchetti, senador Jonas Pinheiro e deputado Dal Bosco

    Blairo Maggi se mostrou preocupado com as críticas à área ambiental. Ele aproveitou o encerramento do IV Encontro das Associações de Consórcios Rodoviários de MT para defender a imagem do seu governo, se declarou defensor do meio ambiente e pediu calma àqueles que encontram na legislação ambiental entraves para produzir mais. "Sei que, às vezes, estranham meu posicionamento, mas estou sincronizado. Não vamos abrir mão de produzir mais, mas tudo dentro da legislação, pois não podemos ir contra a correnteza", declarou.

    Para tranquilizar os grandes produtores presentes ao evento, na sede da Famato, o governador garantiu que está lutando para aprovar projetos de compensação e ressarcimento, de modo a permitir maior produção e também preservação do meio ambiente. Lembrou que vai participar da 13ª Conferência das Partes da Convenção Quadro de Mudança Climática (COP 13). O encontro é promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e acontece em 13 de dezembro, em Bali, na Indonésia.

    Maggi vai vender a imagem de um Estado que mantém 60% de mata em pé e que ainda consegue ser o maior produtor do país. "Vamos aprender a produzir. De maneira que não tenha medo da Polícia Federal e da Sema", observou. Segundo ele, é essencial que o governo participe do evento para que o mundo conheça as ações que o Estado implantou para evitar o desmatamento e também para intensificar a preservação ambiental. "Depois de cinco anos de governo, podemos dizer que somos os maiores produtores e temos 60% de mata em pé. Mas o evento da Onu também é para saber como produzir mais preservando", disse o governador.

     Para ele, a expectativa sobre a Conferência que deve reunir cerca de 8 mil pessoas é grande, pois é no evento que se poderá definir um projeto de premiação financeira para quem nunca desmatou e um programa de compensação para quem já abriu áreas irregularmente. "Aquele que desmatou passará a ser legal e que ele possa produzir. E aquele que preservou possa vender suas reservas florestais permitidas e serem premiados", disse. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Regina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tá certo, pagam a multa e esse dinheiro fazem o que com ele?
    Deveriam aproveitar a viagem e tentar explicar o que acontece com a nossa triste realidade da educação publica.

  • silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ações mentirosa, Aqui no estado não tem fiscalização, Atitudes so para Ingles ver. ninguem é mais bobo. Todos desmatam, tocam fogo é fica por isso mesmo.

  • bernardo da siqueira filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Governador, seja sincero com a sua própria consciência, o Estado de Mato Grosso não possui política ambiental nenhuma, seu secretário não é da área, e muito menos o seu sub, a sema está muito mal gerenciada, gente sem preparo técnico assumindo pastas que exigem bagagem técnico, enquanto técnicos competentes são deixados de lado, o sistema de licenciamento é falho, deixa margem para prática da corrupção, e todo ano, se repete a mesma história de campeão de focos de queimadas e de desmatamento. Está querendo enganar a quem, senhor governador???Agora vai até Bali, e quem sabe poderá sair sensibilizado de que gestão ambiental é coisa séria, para profissionais da área, que sejam valorizados e tenham um gestor que de fato imponha respeito. Governador, PARE DE BRINCAR COM O MEIO AMBIENTE!

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    ...sugetão para Blairo Maggi!!!
    ...não precisa ir tão longe, vá até a região de Alta Floresta e faz um visitinha nas fazendas dos Campos, e veja a vergonha!!!
    ....além do desmatamento criminoso tem coragem de ir a público e falar que não vai pagar multa alguma!

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    ...ao invés de fazer uma viagem desta até a Asia para se explicar para o mercado mundial que a soja que eles consomem são de áreas manejo sustentáveu, faça pelo menos que 10% dos criminosos ambientais paguem suas respectivas multas ambientais!

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...