Últimas

Sábado, 07 de Julho de 2007, 00h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

ARTICULAÇÃO

Terezinha pode ser trunfo para disputa à prefeita

   O governador Blairo Maggi já começa a fomentar nos bastidores a possibilidade da esposa Terezinha, primeira-dama do Estado e secretária de Trabalho, Empego, Cidadania e Assistência Social, disputar uma das duas prefeituras mais importantes de Mato Grosso. Terezinha se transformou num ás nas mãos de Maggi. Ela seria espécie de um plano B diante de candidaturas insossas e desaborosas e que fazem muito barulho, patinam e não decolam.

   Aos amigos mais próximos, Maggi já chegou a comentar que Terezinha poderia ser alternativa de candidatura à prefeita de Cuiabá, mas principalmente de Rondonópolis, caso o prefeito Adilton Sachetti (PR) não supere o desgaste político pelo qual passa hoje. Surge, assim, como fiel da balança. Publicamente, o casal não admite. Nas conversas informais, porém, Terezinha começa a receber apoios e incentivos.

    No governo ela dita regras. Para se ter idéia, os demais secretários não resistem a uma de suas ordens. Em 2004, declarações polêmicas de Terezinha prejudicaram a candidatura do colega de partido Sérgio Ricardo, que não passou do primeiro turno na disputa à Prefeitura de Cuiabá.

    Reconhecida pela determinação, a primeira-dama tem posições políticas mais firmes e decididas do que o marido. E, em meio a essas conjecturas que começam a se criar em torno das eleições municipais, fica o velho ditado de que "por trás de um grande homem, existe sempre uma grande mulher". Guarde essa frase até as eleições do próximo ano.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Wilson Junior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se é boato ou não É O MELHOR, que temos em Cuiabá, após o aparecimento de muito pré candidado a Prefeito. A Srª. tem o reipeito de muita gente aqui em Cuiabá.
    Não tem VICIOS politicos e é bem suscedita familiarmente e profissionalmente, adequirir esperiença administrativa.
    Espero que se torne realidade essa sua candidatura para Cuiabá, pois é o que estamos precisando, não de pessoas mentirosa, demagoga, populista e de falta de carater com esses que ai estão no poder.

  • Paulo Henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma brincadeira? se for verdade é o sinal que o homem sério que detesta politicagem virou o simbolo do apego a cargo publico no Mato grosso.Além, de ter feito promessa e não cumpriu, mudou de partido 3 vezes em 6 anos,para aderir ao PR só foi quando lhe garantiram o Dnit e a Presidencia de Honra do Partido(famoso toma lá da Cá que ele dizia não praticar), praticou o nepotismo colocando a mulher na secretaria ,na sua reeleição coligou com todos partidos e pessoas que ele não suportava e descriminava, aliou-se a Riva que é o simbolo da coisa errada... Blairo para virar politiqueiro profissional só falta colocar a mulher na politica. Olha, o fim da Sanguesuga Celcita que agora fica na igreja tentando sensiblizar a sociedade da sua inocência coitada! essa tá na roça...tem provas robustas contra essa ex-parlamentar que sujou o nome do nosso MT no Brasil e não honrou a mulher, saiu pelos fundos da politica e seu marido Jonas tai na Navalha! ô casalzinho sem limite.Cuidado Blairo esse exemplo vc não pode cair, pelo menos em comparado a essa dupla vc tá milhoes de Km na frente em todos os sentidos positivos (...)

  • aristóteles potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Duvido muito desta noticia, Blairo iria trair a sua trajetória política. A história têm demonstrado que os políticos do Estado que usaram suas esposas para obter mandatos políticos sob a sua influência acabaram se dando muito mal.

  • Aladir Leite Albuquerque | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O REI DA BUTINA, DA MOTO SERRA, E DA SOJA , AGORA QUER COLOCAR A SUA ESPOSA NA PREFEITURA DE CUIABÁ, VEJA COMO É A SECRETARIA QUE ELA ADMINISTRA!!!!!!!!!!!!

    A SETECS hoje é uma das secretarias que mais tem cargos comissionados dentro do estado, juntamente com estagiários, contratos temporários, e outras aberrações, sem falar no nepotismo.
    Se alguém duvida! é só dar uma olhada no diário oficial de 12/04/2007
    Agora veja quanto isso custa para os cofres publico,
    163 cargos é igual à mais de R$ 313,400,00 (mês )
    os 40 estagiários chegam aproximadamente em R$ 30.000,00 ( mês )
    quanto aos contratados também aproximam uns R$ 20.000,00 ( mês )
    isto ao ano representa mais de R$ 4.320,000,00
    somente na SETECS.

    Se levantarmos estes dados em outras secretarias teremos com certeza o mesmo custo ou talvez mais.

    Ai! esta a verdadeira sangria de recursos, dinheiro saindo pelo o ralo, isso sem falar em outras despesas desnecessária como a tal de diárias, propaganda e alocação de veículos, etc.

    É ESTE TIPO DE GESTÃO PUBLICA QUE O ELEITORADO DE CUIABA QUER TER NA PREFEITRA?
    COM ESTA FARRA DE “DAS” ??
    FICA ESPERTO ELEITOR ( ESTAMOS LIGADOS )

  • Jose Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    com a maozinhado do poder, qualquer mulher bonita,inteligente, se deu bem na vida com merecimento. e querer candidatar sera eleita sem duvida. pq o que vejo por ai por enaquanto so demagogo(usando a imprensa)

  • RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTÁ INFORMAÇÃO NÃO PROCEDE, UMA VEZ QUE A ATUAL PRIMEIRA-DAMA É INELEGÍVEL. BASTA ANALISARMOS O PARAGRAFO SÉTIMO DO ARTIGO 14 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, ELE DEIXA CLARO ESSA IMPOSSIBILIDADE. "São inelegíveis, no território de jurisdição do titular, o cônjuge e os parentes consangüíneos ou afins, até o segundo grau ou por adoção, do Presidente da República, de Governador de Estado ou Território, do Distrito Federal, de Prefeito ou de quem os haja substituído dentro dos seis meses anteriores ao pleito, salvo se já titular de mandato eletivo e candidato à reeleição."

  • marcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deus que nos livre de uma traGEDIA dessas.Essa senhora acabou com o programa de qualificação profissional do estado,pois quando ela assumiu a Secretaria trabalhava com cerca de trinta e quatro milhões e ela,por má gestão reduziu para um milhão.O SINE esteve por um triz para fechar em todo o Estado,as ações da prosol, DEPOIS QUE FORAM TRANSFERIDAS PARA A PASTA DELA SOFRERAM UM RETRAIMENTO VISÍVEL,o PROCON faz de conta que avança mas faz acordos e´púrios com grandes empresas.Chega desse povo que conseguiu acabar com todas as politicas publicas do nosso governo.O povo de mato grosso,ao contrário do que eles dizem não é preguiçoso,Queremos a nossa natureza preservada,nós não precisamos só de soja,precisamos de projetos de desenvolvimento harmônicos.Ainda bem que ela é inelegivel.imagine ..é muita pretenção .Vá trabalhar pelo estado Blairo.

  • ana flavia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Acorda cuiabanos, é simples basta pegar o PPA e o PTA(LOA) de cada ano que está publicado no site da SEPLAN para verificar as aberrações da SETECS. Veja o co-financiamento para assistencia social - 1.900,00 - tem municípios que recebe 8 mil para executar a política do idoso, do deficiente. Tem mais,toda a politica de assitencia social desse governo está restrita a duas ações - Idoso e Pessoa com Deficiência, as demais são apenas repasse do Governo Federal, enquanto isso criou-se o FUPIS que gerido ao bel prazer da douta Secretária. Tribunal de Contas, Ministério Público, Sociedade Civil e demais órgãos de controle, ACORDEM enquanto é tempo. Se isso é competência, responsabilidade, compromisso com o Social? O que será incompetência, irresponsabilidade,?!? Falando em DAS a SETECS possui DAS até amigas das filhas do Governador, pessoas que nem sabe o que é Política Pública, Política de Estado, Política de Governo,que perde projeto aprovado com recursos federal, tendo que devolver o recurso, porque não executaram o projeto e nem foram capazes de aditivar, sem contar o apadrinhados do Brito, é um caminhão, faz até terrorismo com nós pobres efetivos.

  • pedro luiz shitokan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Façam um levantamento no número de DAS na SEMA e aí é que vocês vão ficar estarrecidos. É uma verdadeira farra, principalmente após a chegada desse secretário que lá está. É um empreguismo só, loteando a secretaria com muita gente da sua região de origem. o que importa para ele não é competência, mas, laços de amizade de infância e de parentesco. É um absurdo!!

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS