Últimas

Terça-Feira, 01 de Maio de 2007, 09h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SAÚDE PÚBLICA

Testemunhas punidas por denunciar escândalo

  Marcado por perseguições, o escândalo envolvendo o casal Wagner Simplício, militante histórico do PPS, e a enfermeira Maria Andrietti Canhetti, já provocou estrago e punição na vida profissional de alguns servidores da saúde pública de Cuiabá.

   O intrigante é que a Justiça ainda não condenou os culpados. Pelo contrário, foram os culpados quem levaram à condenação todas as pessoas que os denunciaram ou testemunharam no caso em que o dentista Simplício, então diretor da Fundação de Saúde de Cuiabá (Fusc), foi acusado de promover maracutaias para beneficiar a hoje esposa Maria Canhetti, já aprovada no concurso para enfermeiras do Programa Saúde da Família.

   Rosângela Aparecida Padilha, que era chefe do PSF e denunciou a malandragem pedindo abertura de sindicância, foi colocada à disposição do RH da secretaria de Saúde de Cuiabá por três meses e, por fim, fui lotada no Hospital e Pronto Socorro como espécie de castigo. Ela é uma das maiores especialistas em saúde pública dos quadro da prefeitura. Foi largada numa área terciária durante quase sete anos.

  Nalzita Paixão Martins, enfermeira que teve clonado seus certificados, também foi colocada à disposição do RH. Ela denuncia ter sofrido ameaças por telefone em casa e no trabalho e ainda teve que responder a um processo por calúnia e difamação movido por Maria Andrietti, até conseguir revertê-lo na Justiça, com ganho de causa.
    A enfermeira Marineze Araújo Meira, que presidiu o inquerito instaurado pelo então secretário Bento Porto na gestão Roberto França, sofreu tantas pressões que pediu demissão do vínculo da Prefeitura de Cuiabá. Hoje ela é secretária de Saude de Diamantino.

    Ana Lidia, advogada da Assessoria Jurídica da secretaria de Saúde de Cuiabá, foi retirada do Jurídico e também colocada à disposição do departamento de Recursos Humanos.

   Enquanto isso, Maria Canhetti foi "promovida" recentemente pelo secretário Guilherme Maluf ao posto de chefe do PSF. Ela está sendo investigada pelo Ministério Público. Foi denunciada por fraudes em documentos.Clique aqui e leia mais sobre o assunto.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Roseli Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma vergonha.

  • resemari | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sera perseguição politica ou pessoal.Se ela esta no cargoe porque e competente processo nao foi findado não podemos condenar.
    Ta na cara que esta que denunciou ta com inveja e é PASSIONAL.




  • Marisa Fagundes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Há ainda muita coisa podre na Saúde do município de Cuiabá. Só espero que demore sete anos, como o caso da presente matéria, para vir à tona. É pena que pessoas que se dizem sérias ocupem espaço no poder público só para se beneficiar pessoalmente.

  • Fernanda Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ISSO É UMA VERGONHA, SOU FUNCIONÁRIA DO MUNICIPIO HA 25 ANOS
    NUNCA A SAÚDE ESTEVE TANTO NA MÍDIA COMO NESTE ULTIMOS 5 ANOS, ULTIMAMENTE A SAÚDE ESTA NA LAMMMMMMMMMMMA.

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...