Últimas

Terça-Feira, 05 de Junho de 2007, 15h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

TJ contrata empresa por R$ 123 mil para estudo

   O Tribunal de Justiça não sabe e muito menos tem controle do seu patrimônio imobiliário no âmbito do  Judiciário Estadual. Para realizar um estudo nesse sentido, ou seja, levantar a situação estrutural das 79 comarcas, a presidência do TJ/MT contratou, por R$ 123,9 mil e sem o processo licitatório, a Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico de Mato Grosso (Fundetec).

     Caberá agora à instituição traduzir a situação fática do patrimônio imobiliário do Judiciário. Deste já, a Fundetec tem a garantia  de, posteriormente, prestar consultoria ao TJ na área técnica.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • DELMO BARROS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Um pergunta - O TJ tem na sua estrutura o cargo de gerente de Patrimonio para exercer o controle dos bens. Se tiver o que o responsavel fez percebendo remuneracoes? Sera que seria justo quem esta recebendo para cuidar do patrimonio devolver essa quantia ao cofre desse Tribunal? Se fosse em uma empresa particular, com certeza seria demitido e ainda devolveria o dinheiro.

  • Américo Corrêa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson,
    Primeiro é importante destacar que o TJMT vem se pautando por transparência total, tanto que as ações como a comentada nesta nota são divulgadas através do Diário de Justiça Eletrônico (sistema criado pela atual gestão), agora de fácil acesso e fiscalização por qualquer cidadão, inclusive pelo nobre jornalista.

    Segundo, é preciso ressaltar que nos últimos 5 anos o TJMT instalou mais de 30 comarcas no interior, fruto do esforço conjunto do Judiciário, Prefeituras, Cãmaras de Vereadores, clubes de serviço, entidades de classe, advogados, comércio etc. Temos fóruns construídos em terrenos doados, temos construções com custo coletivado etc e tudo isso precisa ser organizado, documentado, escriturado. É meta da gestão Paulo Lessa bancar essa organização, a exemplo do que está ocorrendo com a área funcional. Depois de anos de tentativas, finalmente foi aprovado pelo TJMT (para apreciação pela Assembléia Legislativa) o Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remuneração do Judiciário, que ordena a carreira em seis categorias profissionais (atualmente são 41 tipos de cargos). Além de organizar, o SDCR permitirá um raio-x para concurso público, terceirizado etc.

    Terceiro, a contratação da Fundetec levou em conta a excelência dessa instituição pública, o seu corpo técnico e o fato de que é uma instituição jurídica sem fins lucrativos, ou seja, o contrato ficou inquestionavelmente mais barato se fosse contratato um escritório de arquitetura e engenharia. A contratação de outra instituição pública é facilitada pela legislação.

    Após essa radiografia serão adotadas as ações visando um controle patrimonial mais preciso. Ninguém questiona a importância do trabalho realizado nos últimos anos, que viabilizou a presença da Justiça em todos as regiões do Estado. Certamente mereceria crítica a ausência do aparato judicante em algumas regiões de Mato Grosso - isso não existe mais. Agora, entretanto, é preciso organizar os aspectos patrimoniais e isso não é possível com alguns poucos servidores.

    Atenciosamente,

    Américo Corrêa - Assessor de Comunicação Social TJMT

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.