Últimas

Sexta-Feira, 19 de Outubro de 2007, 17h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

TJ suspende prisão de avô que negou pensão

     O Tribunal de Justiça concedeu habeas corpus impetrado em desfavor de um idoso de 76 anos. O ancião, um analfabeto que recebe aposentadoria mensal como trabalhador rural no valor de um salário mínimo, teve a prisão decretada depois de condenado por uma ação de alimentos movida pelo neto, um adolescente que atingirá a maioridade em dois meses.

     O julgamento ocorreu nesta quarta (17).  De acordo com a relatora, juíza Juanita Cruz da Silva Clait Duarte, não se pode segregar um ancião não alfabetizado a suportar a verba no valor fixado, principalmente quando sequer se chamou o pai do menor à obrigação. "Em Primeira Instância, a verba fora fixada no valor de 30% do salário mínimo do idoso, quando nem mesmo a íntegra da aposentadoria é o suficiente para cobrir as despesas pessoais dele e de sua esposa, também anciã”, disse a juíza.

     A magistrada explica que a condenação do idoso se justificaria somente se fosse necessária para manter a sobrevivência do jovem. Conforme relato do próprio idoso, o neto o incomodava desde o início do processo, inclusive fazendo ameaças de ele que vai perder a pequena terra que possui, de onde tira um pouco de complemento para o seu sustento. “O jovem, aparentemente, não possui nenhum problema que o impeça de trabalhar para de sustentar", destaca a magistrada. 

     A ação de alimentos foi proposta apenas em desfavor do avô paterno sob o fundamento de que, à época da propositura da ação, o pai do menor encontrava-se ausente e incomunicável. Porém, no decorrer do processo, o avô indicou o endereço do genitor do adolescente. A citação não foi efetivada porque o oficial de Justiça não encontrou a rua informada.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Justiça precisa rever essa questão de citação pessoal. Os oficiais de justiça dificilmente conseguirão citar a todo o mundo, a demanda é enorme e mesmo se todos fossem bons de serviço a coisa não acabaria. Aliás, enquanto a comunicação da Justiça se dá através dos carteiros o crime de modo geral o faz com internet. A quem isso interessa?

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.