Últimas

Domingo, 27 de Janeiro de 2008, 17h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Tom se filia ao DEM e dispara críticas ao governo

Ubiratan Spinelli retoma a militância politica Conselheiro aposentado critica a gestão Lula por portaria que impõe regras duras a quem desmata e pede interferência de Maggi para MT não ter o desenvolvimento comprometido

  Um mês após se aposentar da cadeira de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Ubiratan Tom Spinelli já retomou sua militância política. Ele se filiou ao DEM (ex-PFL) e neste sábado, no primeiro encontro estadual do partido, em Barra do Bugres, fez discurso duro contra o governo Lula e a ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, por causa do decreto com uma série de punições contra os que desmatam na Amazônia.

   O governo regulamentou a portaria que define uma série de penalidades, após se surpreender com dados que apontam avanço do desmatamento ilegal, principalmente em Mato Grosso e no Pará. Ficarão embargadas, por exemplo, as propriedades onde for identificado desmatamento e os responsáveis não poderão vender o imóvel, obter financiamentos e créditos, além de não poder transportar os produtos oriundos da área envolvida.

    Em discurso, Spinelli considerou que essas medidas podem inviabilizar o crescimento de Mato Grosso e pediu intervenção do governador Blairo Maggi junto ao governo federal. Para ele, é preciso ação política de Maggi para o empresariado do setor não ficar desistimulado. "O preço da terra vai cair e MT vai perdir investidores".

    Polêmico, o ex-deputado estadual (78/82) e ex-federal (86/90) atacou também, no encontro do DEM, o presidente Lula por dar trégua ao colega boliviano Evo Morales, que vem impondo barreiras comerciais ao Brasil.

    "Velha safra"

   De volta à militância política, Tom Spinelli se junta a outros dois conselheiros do TCE aposentados, todos no DEM: Oscar Ribeiro e Júlio Campos. Este articula internamente para ser o candidato do partido a prefeito de Várzea Grande. Oscar é o presidente estadual dos democratas. Os três juntos somam mais de 210 anos. Trata-se de uma prova de que o DEM, que nasceu há menos de um ano, "herdou" a velhice do PFL e continua carente de novas lideranças políticas.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muito para o pobre MT.
    Essa velharada não cansa de mamar na teta do poder (diga-se de passagem no dinheiro dos impostos)??? Esses que dizem que fizeram muito por MT (olha nossa dívida histórica - saque seis bilhões de reais),deviam fazer um favor: Deixe Mato Grosso em paz,façam como Fernando Henrique Cardoso, vai morar na França.

  • Rafael Agusto Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • edmilsom | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem quer saber desta turma no comando de prefeitura ou do estado? Essa turma toda é fruto da ditadura, dos anos 70,Deus nos livre dessa maldiçao.O tom ,até o nome já é sugestivo,deveria procurar Marcos frota para arrumar uma vaga de palhaço no seu circo; julinho , oscar e outras de suas lideranças deveria procurar um asilo para descanssarem, o partido nao renovou.UFA,aja estomago para aguentar este povo.

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    voces acha que pode ser assim bia vice prefeita - tom conselheiro ja mamaro no estado inteiro agora vem com essa demagogia - quando estava no conselho não pódia fala de politica agora isso pode?

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...