Últimas

Quinta-Feira, 05 de Novembro de 2009, 11h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Travassos cria mais 983 cargos; CNJ investiga decisão

  A criação de nada menos que 983 cargos neste ano no Tribunal de Justiça chamou a atenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que já investiga o caso e solicitou informações ao presidente do TJ, Mariano Travassos, revela o jornal A Gazeta desta quinta (5). Desde que assumiu a presidência do Tribunal, em março deste ano, Travassos tem se envolvido em intensos embates com o Sindicato do Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat). Os servidores ameaçam, inclusive, deflagrar uma paralisação por 7 dias se ele não sentar na mesa de negociações.

  O principal embate ocorre devido à implantação do novo Sistema de Desenvolvimento de Carreiras e Remunerações (SDCR), aprovado durante a gestão de Paulo Lessa. Travassos se nega a pagar a incorporação salarial de 660 servidores , que adquiriram o benefício após exercer cargos DAS por mais de cinco anos.

   O caso também está no CNJ e significará um impacto de R$ 200 milhões no orçamento do TJ, devido ao fato de ser retroativo. Apesar de se negar a realizar a incorporação, Travassos utilizou o SDCR para justificar a criação dos quase mil cargos questionados pelo Conselho. A nova investigação deve provocar desgaste na imagem do magistrado que comanda o Judiciário.

   Travassos argumenta que criou os cargos para solucionar um problema apontado pelo Tribunal de Contas, que em análise dos balancetes financeiros referentes ao primeiro quadrimestre deste ano, detectou irregularidades como a existência de número maior de servidores em relação aos cargos previstos no SDCR. Isso aponta que existia mais servidores do que cargos criados pelo novo sistema de carreira. Por isso, foram criados os cargos de auxiliar judiciário, de agente de infância e juventude, oficial de justiça e técnico judiciário.

  A medida, segundo Procedimento de Controle Administrativo que tramita no CNJ, onera os cofres do Poder Judiciário em R$ 18,4 milhões por ano. O relator do caso, o conselheiro, Marcelo Nobre, “intimou” o presidente do TJ a enviar as informações sobre a decisão, que foi aprovada pelo pleno do tribunal com um placar de 12 votos a 10. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses desembargadores se acham o tal, e o que é píor, na nossas custas. Eles fazem o que querem,
    e não dá em nada!! Estão acima do bem e do mal.
    Isso tem que acabar!!! Em pleno século 21, é mo-
    le....

  • sousa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    rapaz! este judiciário matogrossense é uma vergonha. estes desembargadores se acham uns deuses. além dos sálarios exorbitantes, recebem benécias de todo tipo, inclusive de cunho pessoal. tudo isso pago com nosso dinheiro. o pior de tudo iso é que não podemos fazer nada. neste tribunal, além destes maguinatas, todos os servidores ganham mais que um médicos do pronto socorro, que lida com condiçoes péssimas para salvar vidas. criem vergonha na cara. pelo menos façam de conta que respeitam o contribuinte que paga seus astronômicos salários e mordomias. NOS RESPEITEM.
    RDNEWS, fiquem de olho neles, mostrem ao povo estas aberrações.

  • lemes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olá!
    Bom quero dizer que eu tenho vergonha disso tudo . tenho nojo do tjmt,nossa quantas coisas eles fazem com o meu imposto. quanto luxo eles tem,gastam tanto dinheiro com tanta porcaria.
    pelo amnor de Deus gente parem com isso deixa meu dimdim para aqueles que realmente precisam
    vamos investir no social para todos não para alguns. voces pensam que ser desembargador é ser Deus. vcs são pagos para nos servirem , mais pelo que vejo vcs é que se servem com tantas regalias que esse pais corrupto os dão.
    fora justiça sem justiça vamos pesar essa balança direito.

  • Johny Alves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ué,cadê o meu cargo?? Eu também quero entrar nessa festa.Vergonha.

  • Cesar Luiz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Acho engraçado que tem um Desembargador que posa de paladinho da moralidade e denunciante, mas tem telhado de vidro, pois como explicar a casa do Manso de 3 milhões de reais, pois herança não foi Excelência, pois vosso pai era muito sério, mas tbém muito pobre !!!! Desce a máscara falso moralista.

  • luis carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é simples é so diminuir os salarios e beneficos dos desembargadores garanto que sobra recurcos para outros envestimentos socias...... com o dos outros e facil gerir....

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...