Últimas

Quinta-Feira, 24 de Abril de 2008, 20h:49 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

JUDICIÁRIO

TRE cassa mais 3 vereadores por infidelidade

  Agora sobe para 7 o número de infiéis sem mandato

 Mais três vereadores tiveram mandato cassado nesta quinta pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral. Agora sobe para 7 o número de parlamentares mato-grossenses que perdem cadeira nas câmaras municipais por causa do troca-troca partidária. Desta vez foram para a degola Vilmar Zarth, de Nova Guarita; Gilson Souza Araújo, de Jauru; e Nilva Manea de Araújo, vereador por Lambari D´Oeste.

  Tanto Gilson quanto Nilva foram eleitos em 2004 pelo PTB e pularam para o PP. Eles alegaram que houve incorporação partidária. O TRE não os perdoou. Entendeu que feriram a regra pró-fidelidade instituída pelo Tribunal Superior Eleitoral. A relatora do processo juíza Adverci Rates Mendes de Abreu observa que a alegação dos requeridos não se sustentam na resolução, uma vez que o PAN foi incorporado ao PTB e que essa fusão não acarretou mudança de nome e nem de conteúdo programático e ideológico da agremiação petebista.

   De acordo com o entendimento da relatora, os filiados do PTB não podem alegar a incorporação do PAN como justa causa, mas sim os filiados do PAN que teriam tal direito. Divergiram da relatora o juiz Alexandre Elias Filho e o desembargador Manoel Ornellas. Ambos pedidos foram interpostos pelo Ministério Público Eleitoral.

   Já a cassação do vereador por Nova Guarita, Vilmar Zarth, foi por unanimidade. Todos os membros acompanharam o entendimento do relator, juiz Renato César Vianna Gomes. O vereador está filiado ao DEM (ex-PFL). Alegou, sem sucesso, grave discriminação pessoal para sua desfiliação em 4 de abril de 2007.

   Devido ao pedido de vista do desembargador Manoel Ornellas de Almeida, ficou adiado a conclusão do julgamento do processo contra o vereador por Castanheira, Lauro Ramos, que trocou o PTB pelo PP. A ação já possui quatro votos pela cassação do mandato.

   Absolvição

   O Pleno indeferiu por unanimidade o pedido de perda de mandato proposto pelo MPE contra o vereador Mário Aparecido dos Santos, de Porto Estrela. A relatora do processo, juíza Adverci Rates, admitiu a justa causa com base no requisito de incorporação de partido. O vereador se desfiliou do PL, partido que se fundiu ao Prona dando origem ao PR, para filiar-se ao PSDB.

    Dos seis processos de cassação por infidelidade constante na pauta desta quinta, ficou adiado apenas o que envolve o vereador por Brasnorte, Wanderley Campagnoni. O juiz João Celestino Corrêa da Costa Neto, que havia pedido vista, solicitou o adiamento para a próxima sessão. O vereador já possui três votos a favor da cassação. Dois juízes preferiram aguardar o resultado da análise de Celestino.

Vereadores cassados por infidelidade partidária

  • Oswaldo de Arruda Garcia (Chapada dos Guimarães)
  • Jonas Rodrigues da Silva (Aripuanã)
  • Olindo Contardi (São José dos Quatro Marcos)
  • Isabel Cristina Lemos (Jauru)
  • Vilmar Zarth - Nova Guarita
  • Gilson Souza Araújo - Jauru
  • Nilva Manea de Araújo - Lambari D´Oeste

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jackson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É verdade o TRE-MT não cassa vereadores que filiarão ao PR, será por que?

  • Ana Aline | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero saber porque o TRE não cassçu ainda os polítcos fortes. Cadê o julgamento de Chico 2000.Cadê o processo de Walter Rabelo. Acorda povo! Isso só atinge os pequenos...

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENS AO T.R.E, SÓ FALTA ACABAR TAMBEM COM A FARRA DOS SUPLENTES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA.!!

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Calma! gente o TRE só cassa bagrinho, os tubarões tem seus amigos influentes dentro de todos os poderes então assim fica dificil.......

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...

Ambulância doada pela CBF para MT

Aron Dresch 400   O governo estadual recebeu doação de uma ambulância da CBF como forma de reconhecimento à dedicação dos profissionais da Saúde e dos serviços que estão sendo prestados durante a pandemia. O Hospital Metropolitano, em Várzea Grande, foi escolhido para...

Fávaro, relatório e vacina sem Anvisa

carlos favaro 400   O senador mato-grossense Carlos Fávaro (foto), eleito na suplementar do ano passado, está comemorando a aprovação pelos colegas do seu relatório ao Projeto 1315/2021, que libera a importação de vacinas e insumos para o combate à Covid-19 no Brasil e sem depender do...

TRE intima deputado pra se defender

gilberto cattani 400   O TRE já citou o deputado Gilberto Cattani (foto) e o comando do PRTB para se manifestar sobre o pedido do suplente Emílio Populo, que quer a perda do mandato do recém-empossado por infidelidade partidária. O relator é o jurista Sebastião Monteiro. Cattani apresenta defesa na...

DEM tem derrotados em 2020 pra AL

anelise silva 400   Alguns filiados do DEM do governador Mauro Mendes estão se movimentando por conta própria, visando as eleições de deputado estadual no próximo ano, alheios ao comodismo do presidente regional do partido, ex-deputado Fabinho Garcia. Em Cáceres, por exemplo, dois são cogitados para...

Vereadores vão devolver a VI de abril

agostinho carneiro 400   Presidida por Agostinho Carneiro (foto), a Câmara Municipal de Ribeirãozinho, um dos menores municípios do Estado, com cerca de 2,5 mil habitantes, decidiu suspender o pagamento da verba indenizatória deste mês de abril de todos os seus nove vereadores. Com isso, os R$ 9 mil que iriam para o...