Últimas

Quinta-Feira, 08 de Maio de 2008, 23h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

JUDICIÁRIO

TRE cassa mais 4 vereadores por infidelidade

 O Tribunal Regional Eleitoral cassou nesta quinta à noite, por unanimidade, o mandato de mais quatro vereadores mato-grossenses. São acusados de infidelidade partidária. Perderam as cadeiras os vereadores Elso Rodrigues, que trocou o PTB pelo PDT, e Basílio da Silva, que saiu do PMDB e foi para o PSB. Os dois são de Sorriso. Também ficaram sem cadeiras Célia Barranco Passamani (eleita pelo DEM e filiada atualmente ao PR), de Brasnorte, e Pedro Borges de Oliveira, de Araguainha. No caso de Araguainha, o cargo que pertence ao PMDB ficará vago, já que o único suplente também havia se desfiliado.

   Dos 10 processos de perda de mandato que entraram na pauta, somente 2 foram adiados devido à ausência justificada de um dos membros. Além das 4  cassações, 2 processos de perda de mandato foram extintos sem resolução do mérito e 2 tiveram a conclusão do julgamento adiados. Agora sobe para 12 o número de parlamentares cassados em Mato Grosso por infidelidade partidária.

   O Pleno julgou extinto, sem resolução do mérito, o pedido de perda de mandato ajuizado pelo diretório regional do PPS contra o suplente de vereador por  Campinápolis, Gilberto Galvão Pinto. O relator do processo, juiz José Zuquim Nogueira, acompanhou o parecer ministerial pela extinção da peça, uma vez que o requerido não é vereador, mas sim suplente.

   O segundo processo extinto sem resolução do mérito foi ajuizado pelo Ministério Público Eleitoral contra o vereador por Ponte Branca, Ismael Dutra Ribeiro. A extinção do processo foi justificada devido ao retorno do vereador ao mesmo partido político, dois dias após o seu pedido de desfiliação.

   Já o processo de perda de mandato interposto contra o vereador José Luiz Bortolo, por Primavera do Leste, teve a conclusão do julgamento adiado devido ao pedido de vista do juiz Alexandre Elias Filho, após o juiz relator José Zuqui Nogueira votar pela cassação. Nesse processo, o relator foi acompanhado por mais dois juízes e os demais membros decidiram por aguardam o resultado da análise.

   O segundo processo que também teve a conclusão do julgamento adiado foi contra o vereador por Comodoro, Climério Dutra Ribeiro. Após o juiz relator Renato César Vianna Gomes votar pela improcedência do pedido, o primeiro vogal, juiz José Zuquim Nogueira, pediu vista dos autos. Apenas a juíza Adverci Rates Mendes de Abreu votou acompanhando o relator pela improcedência do pedido de cassação.

   O processo de perda de mandato contra o vereador por Brasnorte, Wanderley Campagnoni, e Niche Paulo Mendes, de Jangada, também foram adiados para a próxima a sessão da próxima terça (13).

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • omar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O povo ruim de pesca só pega pexinho, o rio já abaixou os peixes já estão saindo do mato e ainda não pescaram nenhum PEIXÃO?
    A piracema esta chegando.

  • Benedito Almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico-me perguntando o porquê, não foi cassada nenhum dos politicos da capital que fazem o maior FUZUÊ e continuam bem tranquilos no poder, como se para eles a lei não existisse. Ó Deus eluminaí a sociedade para que possamos conscientemente iliminar esse bando nas urnas, que só suga e nada faz pelo bem estar coletivo.

  • roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já que estão pegando só lambari ...seria bom dar um pulo aqui do lado da capital,em JANGADA, para pegar um lote de vereadores infiéis...a começar pelo PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL,sr.NICHÊ PAULO MENDES,que era do DEM e pulou para o PSC.... Ver. Anésio José Hilário que trocou o PPS pelo PR e o Ver. Cristino Militino que trocou o PMDB pelo PR ...bem depois da data da proibição.Será que a justiça conseguirá pegar a todos os infiéis ? Veremos !!!

  • amadeu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    JÁ FALEI EM OUTROS COMENTARIOS, Q AXO UNA POECA VERGONA Q SE CACEM VEREADORES POR INFIDELIDADE PARTIDARIA, QUEM TÉM MANDATO É PESSOAS E NÃO PARTIDO RSSSSSSSSS.

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.