Últimas

Terça-Feira, 09 de Outubro de 2007, 21h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

TRE deve mandar abrir ação penal contra petista

Alexandre Cesar é incriminado por caixa 2 na campanha de 2004   Dos 6 juízes-membros do Pleno, 4 consideram a denúncia do MPE de crime eleitoral por parte do deputado 

   Complica a situação jurídica do deputado estadual Alexandre César, vice-líder do governo Blairo Maggi na Assembléia. Quatro dos seis membros do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (presidente só vota em caso de empate) já se manifestaram por abertura de ação penal contra o petista. Cesar foi denunciado pelo Ministério Público Eleitoral por uso de caixa 2 na campanha a prefeito de Cuiabá, em 2004, quando chegou ao segundo turno num embate inédito com o hoje prefeito Wilson Santos. À época, ele presidia o PT no Estado. Deixou a legenda atolada em dívidas milionárias.

   No processo que entrou em pauta na sessão desta terça à noite, o parlamentar é acusado de omitir, em documentos oficiais, informações que deveriam constar na prestação de contas da sua campanha de 2004. O  relator do processo, desembargador Díocles de Figueiredo, se manifestou pelo recebimento da denúncia, o que transforma Alexandre em réu.

    Acompanharam o voto do relator os juízes-membros Alexandre Elias, Antônio Horário e Adverci Rattes. Já João Celestino Corrêa da Costa pediu vistas do processo. Agora, volta à pauta na sessão na próxima terça (23). O juiz Renato Viana aguardará o voto de Celestino para se manifestar. Por enquanto, quatro são favoráveis à abertura de ação penal contra o parlamentar petista, apesar dos juízes-membros terem o direito de rever o voto.

    Entre os credores, que se transformaram em vítimas do calote do ex-presidente do PT, estão a banda Stilo Pop Som, que tinha sido contratada para realização de shows durante a campanha, a Gráfica Print Indústria e Editora Ltda, a Editora e Gráfica Atalaia e Gráfica Maior Comércio Serviços Gráficos Ltda, e o empresário Rodrigo Stabille Piovezam, da Beta Vídeo.

   Clique aqui é leia o relatório na íntegra.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • milena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Então ficamos assim,o juiz vota separado favorávelmente a Alexandre Cesar,"convence "alguem a voltar atrás no voto,o Abicalil ganha o diretório e paga as dívidas ,o que já prometeu fazer,se gnhar, e pronto....sem novidades.... que vergonha para o PT

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.