Últimas

Sexta-Feira, 26 de Outubro de 2007, 12h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

TRE julga processos contra Henry e Chica na 3ª

      O Tribunal Regional Eleitoral incluiu na pauta de votação da próxima terça (30) o julgamento dos processos contra os deputados Pedro Henry (PP) e Chica Nunes (PSDB), acusados de cometerem crime eleitoral na campanha do ano passado. O relator Alexandre Elias Filho e a juíza-membro Maria Abadia já emitiram parecer contrário à representação do Ministério Público. Já José Zuquim pediu vistas na sessão da última terça (23), levando o processo a sair de pauta. Caso a maioria venha acatar a denúncia do Ministério Público, os parlamentares terão os mandatos cassados.

     Henry e Chica são acusados de praticarem propaganda eleitoral irregular. Eles teriam usado uma funcionária Lucélia Pereira Neves, lotada num posto de saúde no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Supostamente a pedido dos dois parlamentares, ela oferecia cobertores e R$ 20 a quem fixasse cartazes dos então candidatos em suas residências. Segundo denúncia, a servidora municipal realizava reuniões no ambiente de trabalho para pedir voto aos dois candidatos e, em troca, oferecia medicamentos do posto de saúde aos pacientes.

     Reincidência     

      Ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá e eleita deputada nas urnas do ano passado, Chica Nunes enfrenta outros processos. É acusada de promover rombo nas contas do legislativo cuiabano. Apesar do Tribunal de Contas ter avalizado sua gestão de 2005, a parlamentar tucana responde a processos junto ao Ministério Público. Sua gestão teria usado notas frias, e promovido superfaturamento e pagamento de despesas sem relação com as atividades legislativas. Já Pedro Henry teve seu nome envolvido no escândalo do mensalão que quase resultou na cassação do mandato. Hoje, seu nome integra a lista dos 40 políticos que responder a ações junto ao Supremo, que acatou a denúncia contra o deputado mato-grossense pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.  (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Engraçado, o final dessa matéria fala que os 02 políticos foram "supostamente" envolvidos em crimes contra o patrimônio público, isto é, meteram a mão no que não era deles, inflingindo o Artº 37 da CF e todos outros artigos do CPC que trata desse assunto, mais o curioso é que 40 são os políticos envolvidos e no passado Ali Babá andava com 40 ladrões, quem será o Ali Babá brasileiro?

  • SILVIO G RODRIGUES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TRE-MT PARA FICAR NA HISTORIA - FAÇA O MESMO COM ESSES 2 E OUTROS MAIS, COMO FIZRAM COM ALEXANDRE CESAR... NÃO DE RESPALDO PARA FALCATRUAS E DESVIO DE DINHEIRO PUBLICO.

  • jjosn | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    já esta na hora do TRE fazer alguma coisa para começar a morarizar esse estado pois esse dois estaõ em tadas.....................................

  • Jeovaldo Rosa de Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando é para baixar o "porrete" eu bato mesmo, mais tambem quando é para agradecer eu agradeço, e venho atravez deste, se o Romilson deixar, agradecer ao Deputado Pedro Henry pela emenda de 150 mil reais, que vai beneficiar a nossa comunidade com a construção de um MULTRIPLO USO, neste Bairro Novo Colorado do qual eu sou Presidente. Ele teve poucos votos aqui, mais reconheceu esses votos, nos dando uma grande construção para podermos reunir e ter varios cursos. esse é dos nossos. Agora a grande decepção fica com a Dona Chica Nunes, que ganhou por varios mandatos com votos deste bairro, e até hoje só trouxe nome de sua familia é nome na creche, e nome na rua "que estou tirando", obra mesmo que e bom nada. Nem uma emendica denada, tinha um "cabo" eleitoral dela aqui que fala assim "Não adianta povo do Colorado pedir alguma coisa para Tia Chica, pois ela não pediu voto ai, eu comprei e paguei, portanto ela não deve ninguem". Que maldade, se esta ai foi com os votos daqui tambem. E olha foi uma boa soma 40% dos votos validos. Espero que ela lê esta mensagem. Estamos esperando o pagamento que pode ser feito com uma boa emenda, tipo assim 03 km de asfalto, rede de esgoto, para o bairro ficar 100% asfaltado. De nome nos estamo cheio, queremos e obras. Mais tudo bem 2008 vem ai e eu como presidente vamos dar o troco, aqui só vai ser votado, quem fizer por merecer, não vamos aceitar compra de votos. Vamos denunciar e pegar pessado. TRE e Policia Federal vai ser pouco. Só o Aisim Tocantins para aguentar. Mais tem muito chão ainda quem queser redimir ainda da tempo, Colorado ate hoje só serviu de bucha, esta na hora do retorno, politico de 4 em 4 anos abra o olho!!!! Fui.........

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nos matogrossense esperamos uma decisaao correta do TRE -MT pois e possivel que vai acabar em pizza pois esse dep. PEDRO HENRY ESTA ENVOLVIDO em tudo e nada acontece com esse moço sera que e mais uma pizza

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Espero que o nosso TRE não transforme a lei em letra morta agindo de acordo com a mesma ,quanto as mulheres e homens publicos que erram no desempenho de suas funções,para o aperfeiçoamento da DEMOCRACIA,não podemos perdoa-lhes os seus pecados em troca de benesses pessoais ou emendas comunitárias pois a democracia dedus-se alternância de poderes assim homens assumem mandatos e são substituidos pelo voto popular e a sociedade fica. A emenda parlamentar é uma obrigação do político com suas bases e não uma esmola pois se assim pensarmos seremos sempre escravos da pseudo benevolência de um modelo político arcaico baseado no mais puro fisiologismo e atrelado a caneta que independente de quem usa sera sempre um poderoso instrumento de submissão do povo e seus representantes.

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...