Últimas

Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2009, 17h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RIBEIRÃO CASCALHEIRA

TRE mantém cassação de Diá; novo pleito será convocado

    O pleno do TRE negou o recurso interposto pelo prefeito cassado de Ribeirão Cascalheira, Francisco de Assis dos Santos, o Diá (PT), e de sua vice, Altamira Nunes Vieira, mantendo a decisão do Juízo da 53ª Zona Eleitoral, que cassou o registro de candidatura deles. Diá teve a perda do mandato decretada depois que o juízo de primeira instância reconheceu a existência de captação ilícita de recursos e prática de crime de abuso de poder econômico.

  Ele alegou em sua defesa que não poderia ser cassado devido ao fato da decisão ter sido proferida após as eleições. Sustentou também que não houve nenhuma irregularidade, pois a distribuição na véspera das eleições de jornais contendo sondagem eleitoral que o apontava como vitorioso não caracteriza uso indevido dos meios de comunicação, já que foi realizada por outra pessoa sem o seu conhecimento.

   O relator do processo, juiz-membro do TRE José Zuquim Nogueira, não acatou a defesa e argumentou que, apesar das pessoas presas pela Polícia Militar terem declarado que trabalhavam voluntariamente para a coligação do petista, a responsabilidade recai sobre ele. “É inegável que os jornais foram adquiridos para fins de distribuição e distribuídos por cabos eleitorais. Portanto, cumpria aos recorrentes emitirem os respectivos recibos eleitorais e contabilizá-los na prestação de contas”.

   Para Zuquim, a alegação de que o julgamento da representação após as eleições impossibilitaria a cassação do diploma não procede, por isso, ele manteve a sentença.“Qualquer partido político ou coligação poderá representar à Justiça Eleitoral relatando fatos e indicando provas e pedir abertura de investigação judicial para apurar condutas em desacordo com as normas desta lei, relativas à arrecadação e gastos de recursos. O 2º parágrafo do artigo ainda diz que “comprovados captação ou gastos ilícitos de recursos, para fins eleitorais, será negado diploma ao candidato, ou cassado, se já houver sido outorgado”. 

  Com a decisão, permanece no cargo interinamente o presidente da Câmara de Ribeirão Cascalheira, Daniel Correia Beraldo (PDT). Caso Diá não reverta a situação no TSE, novas eleições serão convocadas.(Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • averdadevematona@hotmail.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E tão honesto que esta com mais de 4 processo de cassãoção e pelo visto dos 90 dias de administração que ele fez na nossa cidade vai encarar ou esta encarando mais um proceso, esse por improbalidade administrativa. Que exemplo de honestidade, em? Esse exemplo ai não quero que seja repassado para a nossa cidade. Merecemos acima de tudo respeito, honestidade e dignidade, não demagogia. Calmem ai que a teta (ou melhor, a prefeitura) vai ser tirada da tirania dos 14 anos de cearences com todo respeito, vamos eleger alguem que seja do povo e trabalhem em prol do povo.

  • pedro vargas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Elaine | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que Brasilsinho é esse, que Matogrossosinho é esse, só prefeituras pequenas que acontecem isso.

    Cade: SINOP, RONDONÓPOLIS, CUIABÁ, VÁRZEA GRANDE..........

    riva, bosaipo, chica, lutero, henry, lino, bezerra, moacir pires, murilo, loro, rosa, barros........................

  • ALZIRA DOS SANTOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AS CONTAS DO PREFEITO WILSON SANTOS TEVE MAIS DE UM MILHÃO DE REAIS DE RECUROS SEM ORIGEM, TEVE AS CONTAS REPROVADAS E NÃO FOI CASSADO.
    REALMENTE, ESSA JUSTIÇA ELEITORAL DE MATO GROSSO ESTÁ UM DESASTRE.
    A LÓGICA AGORA É DISPUTAR PARA FICAR EM SEGUNDO LUGAR. A QUE PONTO CHEGOU A JUSTIÇA ELEITORAL EM MATO GROSSO.
    O DIÁ É UMA PESSOA HONESTA, COM UMA HISTÓRIA DE VIDA DE HONESTIDADE.
    ACHO QUE A JUSTIÇA ELEITORAL DE MATO GROSSO, SALVO RARISSIMAS EXECESSOES ESTÁ PROVOCANDO SÓ INJUSTIÇA E CORRUPÇAO.
    QUE VERGONHA.

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.