Últimas

Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2008, 09h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INFRAESTRUTURA

TRE não reabre unidade por falta de funcionários

  O Tribunal Regional Eleitoral encontra dificuldades para reabrir uma unidade de atendimento ao eleitor que ficava localizada no Ganha Tempo, no centro da Capital. Foi fechada em dezembro de 2006, com o encerramento do contrato dos funcionários ali lotados. São necessários quatro servidores, sendo dois pela manhã e os outros dois no período vespertino. Há resistência dos servidores em atuar no local por causa da grande demanda. 

   Mesmo contando com uma equipe para treinamento e equipamentos, o TRE, sob o desembargador José Silvério Gomes, alega não possuir servidores suficientes para remanejar à unidade. Até então o atendimento no Ganha Tempo era feito graças a uma parceria com o governo estadual, que cedia quatro servidores da pasta do Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social. A secretária Terezinha Maggi chegou a reunir com integrantes da secretaria de Recursos Humanos do TRE no sentido de manter a unidade em funcionamento dentro do Ganha Tempo.

  O acordo foi cumprido, mas três servidores apresentaram resistência. Dois deles tinham nível escolar incompatível com a função e o terceiro teria se recusado a trabalhar no centro da Capital por ficar longe de sua residência. Outra desculpa seria o fato da central ter grande demanda. As vagas deverão ser preenchidas por funcionários com ensino médio, pois são funções são basicamente cartorárias e de atendimento ao público.

  Localizada em uma região estratégica, a unidade Ganha Tempo realizou mais de 7 mil atendimentos em 2007, quase 50% dos atendimentos realizados em todo o Estado no mesmo período. O posto no centro de Cuiabá é considerado importante por facilitar o acesso aos eleitores. Hoje em Cuiabá, serviços, como de regularização do Título de Eleitor, são feitos em duas unidades: uma à avenida Fernando Correa da Costa e outra no bairro CPA. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Junnior Rocha Siva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só pelo volume de gente que passa todos os dias pelo Ganha Tempo é prossível imaginar como o posto do TRE lá faz falta. Como alguém que mora no porto vai sair para ir até o CPA ou a Fernando Correa?? Facilita gente

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

Uma petista das causas bolsonaristas

edna sampaio 400   A emblemática vereadora petista Edna Sampaio (foto) se mostra a cada dia defensora das pautas bolsonaristas. Na Câmara de Cuiabá se aliou e vota combinado com os direitistas e conservadores tenente Paccola (Cidadania) e Michelly (DEM). No episódio em que a colega parlamentar fez uma "sarrada"...

Esperança do Procon por candidatura

gisela simona 400   Quem pensa que Gisela Simona (foto), aquela que perdeu para prefeita de Cuiabá e se queimou politicamente ao se aliar a Abílio no segundo turno, não se movimenta politicamente com interesse nas eleições de 2022 está redondamente enganado. Ela tenta, por tudo, reassumir a...

Sorriso tenta aval para conceder RGA

estevam calvo 400   A Prefeitura de Sorriso quer pagar RGA aos servidores, mas não encontrou até agora respaldo legal para assim proceder, considerando a Lei Complementar 173/2020 que, no contexto da pandemia, proíbe reajuste no salário de servidores federais, estaduais e municipais até 31 de dezembro deste...