Últimas

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2007, 15h:55 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EMBATE JURÍDICO

TRE pode cassar Fabris hoje por compra de voto

   Uma representação contra o deputado estadual Gilmar Fabris entra em pauta nesta terça (13), na sessão que começa às 18h no Tribunal Regional Eleitoral. A denúncia do Ministério Público Eleitoral é contundente e pode resultar na cassação do mandato do democrata, licenciado do cargo desde o início do ano.

   Eleito com 20.057 votos no ano passado, Fabris é acusado de compra de votos. Um dos flagrantes se deu em Poxoréo. Está anexada aos autos uma caderneta apreendida pela polícia no dia da eleição, em que apresenta relação de eleitores e valores a ser pago por cada voto. Uma mulher confessou que o esquema teria partido de Fabris. Declarou que o pagamento aos eleitores seria feito depois.

   Fabris é um político polêmico. Ele começou sua trajetória na vida pública como vereador por Rondonópolis (89/92). Depois, chegou a deputado ainda na década de 90 e presidiu a Assembléia (95/96). À época lançou a pedra fundamental para construção da sede própria do legislativo. O projeto só foi consolidado na prática uma década depois. A obra ficou embargada por vários anos, sob suspeita de irregularidades.

   Nas eleições de 2002, Fabris investiu pesado na campanha e os 14.658 votos conquistados lhe garantiram apenas a 1ª suplência. Sob colaboração dos titulares Campos Neto, Joaquim Sucena e Zeca D´Ávila, aliado à articulação de seu padrinho político Jaime Campos, Gilmar Fabris assumiu cadeira. No ano passado, montou grande estrutura de campanha e "garantiu" seu retorno à Assembléia. Com um mês de posse, saiu de licença para abrir espaço ao suplente Roberto França (sem partido).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • João Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Muito bem Romilson, mas o site esqueceu de colocar que em Pedra Preta região Sul do Estado este mesmo nobre é polêmico deputado Fabris foi denunciado pela compra de votos no dia da eleição, e mais pediu afastamento por mais 120 dias, por problemas de saúde, quer emagrecer... Você já viu o tamanho do homem parece que o tratamento não está dando certo.
    E justiça de mato grosso, MP vcs só vêem o que querem mesmo

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...