Últimas

Quinta-Feira, 23 de Outubro de 2008, 17h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

JUDICIÁRIO

TRE proíbe saque acima de R$ 5 mil no Estado

Desembargador Leônidas, presidente do TRE Resolução visa coibir abuso do poder econômico com compra de votos na véspera e no dia da eleição deste domingo em Cuiabá

  O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Leônidas Duarte Monteiro, assinou nesta quinta à tarde a polêmica Resolução 604/2008, que proíbe saques em instituições bancárias acima de R$ 5 mil, já a partir desta quinta. A determinação vale até domingo (26), dia das eleições de segundo turno em Cuiabá. Todas as agências bancárias de Mato Grosso serão comunicadas da decisão, já que a ordem não se restringe aos bancos da Capital. A proibição vale para os candidatos, representantes dos partidos, das coligações e colaboradores da campanha. Não pode haver saque único e nem cumulativo.

   Leônidas tomou essa decisão após receber várias denúncias sobre suposto esquema de compra de votos na véspera e no dia da eleição deste domingo em Cuiabá, quando o eleitorado vai definir o futuro prefeito entre Wilson Santos (PSDB) e Mauro Mendes (PR). Assim, com o limite de saques, o que, por consequência, evita circulação de muito dinheiro, o presidente do TRE acredita que conseguirá evitar "farra" da compra de votos.

   É a primeira vez que o TRE-MT toma uma decisão polêmica como esta na esperança de evitar crimes eleitorais. O magistrado determinou também, na resolução que será apresentada na sessão do Pleno a partir das 18h, que as coordenações dos dois candidatos não paguem cabos eleitorais no sábado e nem no domingo, sob pena de punição. A exemplo de Mato Grosso, outro Estado onde a Justiça Eleitoral adotou medidas preventivas para coibir abuso do poder econômico é Roraima.

(Às 21h45) - Pleno referenda decisão sobre saques

    Em votação unânime, os juízes membros do TRE referendaram em sessão plenária a Resolução  604/2008, expedida à tarde pelo presidente, desembargador Leônidas Duarte Monteiro. Está proibido o saque em dinheiro, em todo o Estado, de valores superiores a R$ 5 mil e o pagamento de colaboradores e auxiliares de campanha eleitoral neste sábado e domingo.

Léa Batista, procuradora-regional eleitoral elogia decisão do TRE A procuradora-regional eleitoral, Léa Batista, afirmou na sessão que “a medida é oportuna, adequada e eficiente e, com certeza, fortalece o regime democrático”. A juíza do TRE Adverci Rattes, ao referendar a resolução, elogiou a atitude do presidente do TRE, afirmado que a resolução veio “para garantir a isonomia e a lisura do pleito, evitando que o poder econômico sobreponha à livre vontade do eleitor”. Leônidas comunicou também as medidas tomadas pelo TRE foram comunicadas as instituições bancárias do Estado sobre a proibição e também solicitou às empresas de transporte de valores informações sobre transações em espécie realizada na semana que antecede ao segundo turno das eleições municipais. “Esta resolução representa, acima de tudo, uma homenagem ao eleitor, com louvor a democracia e sobretudo a cidadania”, sustentou Leônidas.

Postar um novo comentário

Comentários (31)

  • marcelo pires | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabens pela iniciativa agora vamos ver qeum tem mais carisma e proposta via ganhar ou seja vai levar essa eleição e sabemos que é mauro mendes MENDES NELES.....

  • mara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ATÉ QUE ENFIM!!! ESSA DECISÃO DEVERIA SER TOMADO BEM ANTES....ALIÁS ESSA HISTORIA DE PAGAR CABO ELEITORIAL O TSE DEVERIA ERA BANIR TOTALMENTE...QUEM QUISESSE AJUDAR SEU CANDIDATO TERIA MESMO É QUE VESTIR A CAMISA E TRABALHAR....DAR DURO MESMOOOOO
    CHEGA DE TANTA CORRUPÇÃO PARA ELEGER UM CANDIDATO OU OUTRO, O BRASIL TEM QUE SER PASSADO A LIMPO....PARABENS DESEMBARGADOR LEONIDAS, CONTINUE ASSIM...DANDO DURO NESSAS ELEIÇÕES...É DE PESSOAS COMO O SENHOR QUE A JUSTIÇA PRECISA!

  • anna de assisr | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu acho que agora é tarde e Inês é morta.Quem tinha que arrumar milhões prá comprar votos já estão com eles escondidos em algum escritório em Cuiabá.Aqui em Rondonópolis, foi apreendidos 1,2 milhões na sexta feira dia 3.

  • DENEZIO SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Excelente idéia, só assim teremos uma eleição mais democrática. Parabéns o TRE/MT.

  • Joana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    comédia isso.. até parece.. o TRE ta pensando que vai enganar quem? é pq o TRE sabe o que ta acontecendo e é uma tentativa de mostrar que ta fazendo alguma coisa.. a grana ta rolando solta faz hora, já sacaram tudo q tinha pra sacar

  • DOUGLAS JOGA10 | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHHA

    DÚVIDO QUE DOIS MILIONÁRIOS COMO BLAIRO E MAURO NÃO CONSIGAM SACAR, COM O TANTO DE GRANA QUE ELES MOVIMENTAM NO BANCO DUVIDO QUE O DONO (PQ NO NIVEL Q ELES ESTAO NAO É MAIS COM GERENTE) NÃO DE UM JEITO. ATÉ IMAGINO ELES FALANDO SE VIRA, DA UM JEITO SENÃO NA SEGUNDA EU TIRO TODA A GRANA E MUDO DE BANCO.

  • CARLOS RCOBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COM TODO RESPEITO, É MUITO LINDA ESSA PROCURADORA.

  • Manoel Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nada impede desses botinudos pegar um jatinho e ir no estado vizinho realizar saque, que medida é essa. O mendes já gastou mar de dinheiro com isso é pelo jeito vai continuar gastando, e ainda vai perder as eleições.

    Esse é o Brasil!

  • Éber José de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que tardiamente, pois as Malas Pretas já devem estar prontas a tempo. Toda medida para, pelo menos, dificultar a cada vez maior compra de votos é bem vinda, mas o que achoi que funcionaria bem mais é se a Justiça infiltrasse agentes como eleitores em todos os municípios nos dias que antecedem às eleições, eles iriam constatar sem muitas dificuldades o escancaramento que se tornou a compra de votos. Principalmente em municípios pequenos, onde se elege Vereadores com poucos votos, a compra deve chegar a quase 100% dos votos de muitos candidatos. É simples constatar, faz-se pesquisas sérias uns 15 dias antes das eleições e tem candidatos que nem aparecem nas pesquisas, mas no dia da eleição são eleitos, e sempre entre os mais votados. Um trabalho de inteligência da Justiça, com pessoal infiltrado no meio do povo, daria resultados suspreendentes. Façam isso e verão que o processo eleitoral, principalmente em municípios com poucos eleitores, está podre e é necessário mudar esta realidade, pois o que era excessão tornou-se regra.

  • Anderson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns a esta iniciativa do Dr Leônidas, só assim teremos uma maior lisura do processo eleitoral!

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...