Últimas

Quarta-Feira, 01 de Abril de 2009, 10h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÁCERES

TRE pune Henry com a 3ª cassação e mantem multa

  O ex-prefeito de Cáceres, Ricardo Henry, foi cassado pela terceira vez pelo Tribunal Eleitoral Regional, que deu provimento parcial ao recurso interposto pela coligação Cáceres com a Força do Povo, do hoje prefeito Túlio Fontes (DEM). Nesse processo, Henry foi acusado de abuso de poder político por ter explorado imagens e entrevista do governador Blairo Maggi, exaltando a sua participação na instalação do hospital regional. No recurso, a coligação pleiteou a cassação do registro e o aumento do valor da multa para grau máximo, chegando a R$ 106 mil. Henry já havia sido penalizado em R$ 20 mil. O Pleno acolheu apenas o recurso de cassação do registro.

   Apesar de ter uma banca de 16 advogados renomados, Henry continua sofrendo derrotas jurídicas. Mesmo assim, ele não desiste do sonho de voltar a ser prefeito de Cáceres. Já recorreu diversas vezes ao TRE e quatro vezes no TSE. Em três delas saiu derrotado. Um dos recursos tramita no TSE - saiba mais aqui.

   A juíza relatora Adverci Rates Mendes de Abreu entendeu que o fato de Maggi ter feito propaganda de Henry ao inaugurar o hospital regional de Cáceres "contribuiu para o desequilíbrio do pleito". O TRE julgou recurso de Henry que buscava a suspensão da multa aplicada pelo Tribunal e decidiu manter a penalidade.

   O Pleno julgou ainda um segundo processo movido por Fontes contra Henry.  Desta vez, o progressista foi inocentado. O ex-prefeito do PP fora acusado de abuso de poder político, de autoridade e uso indevido de veículo de comunicação. Além dele, respondiam ao processo Manoel Ferreira de Matos, que foi candidato a vice-prefeito de sua chapa, e os jornalistas Sinézio Nunes de Alcântara e Clarice Navarro Diório. Para Adverci, o fato noticiado, objeto da ação de investigação judicial, não é causa ensejadora para a cassação de registro. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Emilson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todos os cacerenses são convidados a refletir o momento político em que se encontram. Cáceres tem mais de dois séculos de existência e, no entanto, é uma das cidades que menos se desenvolve no estado. Só pra comparar, cidades do nortão de MT com menos de 40 anos de existência, estão a anos-luz a frente em todos os quesitos, principalmente em infraestrutura. Não podemos aceitar a situação que Cáceres vive. A cidade não tem um projeto de desenvolvimento a longo prazo. As forças políticas que aqui se encontram é de um subjetivismo que enoja. É hora de pensarmos sériamente sobre nossos representantes. Pois já nos encontramos em uma situação onde o progresso tem se tornado apenas um sonho. Respeitem Cáceres senhores políticos!!!!! Está na hora dela emanar sua força, e isso é claro, com projetos políticos. Vamos trabalhar senhores!!!

  • Orlandir Cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E fecham se as cortinas do espetáculo!!!!!!
    Nos bastidores a turma já está preparando o proximo espetaculo!
    É um batalhão, composto de empresários, jornalistas, donos de emissoras de radio E TV, baba ovos de plantão ( esperando uma boquinha caso A ou B ganhe as eleições) e é claro os simpatizantes....
    O espetáculo tem dia e hora para começar, mas já estão ensaiando.
    Por aqui já tivemos a visita do prefeito Obaoba da Cuaibania, Wilson Santos, que inclusive já lançou candidatos a deputado estadual na região.
    esta faltando Serys a Abicalil lançar seus pupilos por estas bandas e, não podemos esquecer do senador invisivel o Xô Goellner.
    Com esta decisão da Justiça só resta aos Henrystas aquela famosa frase Quem beijou, beijou, já fecharam o caixão

  • João Batista de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O tiro de misericordia que muitos temiam e tantos outros aguardavam ansiosamente foi dado ontem pelo TRE/MT. Agora é preparar as TVs para fazer oposição, o que já vem sendo feito com bastante maestria pela TV dos Henrys. Até 31 de dezembro próximo passado a cidade estava uma maravilha, à partir de 01 de janeiro virou calamidade, buracos,lamaçal, matagal. Será que esse povo pensa mesmo que nós cacerenses somos burros, ou eles tem certeza ? É como diz aquele indivíduo: Tomô papudo!

  • José de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nomes como de Iturama, Regina Menacho, Ferreira, Carlos Hamilton, Juliano Garcia, Luizinho dito gato, José Scaff e outros, surgem como possiveis objetos de busca dos adversários dos Henrys. segundo informações, esses estão na mira de deputados de Cuiaba e Nortão, para montar um QG em Cáceres visando as eleições de 2010, é esperar pra ver. todos estão desempregados.

  • Deusdel Ferreira de Sousa Filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Recebo com uma boa notícia, pois ao meu entender acabaram os processos a serem julgados pelo TRE de Mato Grosso contra Ricardo Henry. Agora os recursos serão julgados pelo TSE e aí sim serão julgamentos justos, sem qualquer sombra de vingança. Digo isso porque percebi muitos processos análogos que foram julgados aqui em Mato Grosso de forma diferenciada, percebo que houve não um julgamento de provas e sim de vingança. O TRE/MT cassou o mandato de Deputado Pedro Henry numa velocidade ímpar (caso raro, né?), mas o Superior Tribunal Eleitoral concedeu liminar para que o Deputado Pedro Henry não fosse vítima de um julgamento político, escondido por trás de certas togas. Não condeno nem julgo os nossos excelentíssimos, mas agora, já no Supremo, acredito na absolvição de Ricardo Henry, acredito que o poder soberano conferido ao povo, através do voto, será respeitado. O povo elegeu Ricardo Henry, o sistema não tem o direito de revogar a decisão do povo, isso vai em desencontro, na contramão do estado democrático de direito.

  • Carlos Toledo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhoras e senhores o TRE decidiu ( com a celeriade e de forma muita estranha) a eleição de Caceres a favor de quem perdeu (de fato) na vontade popular. Agora é precisso o TRE encontrar uma forma de ajudar o escolhido ( cujo advogado é cunhado do presidente do TRE) a viabilizar sua administração. Aqui tá feio, com cara que vai piorar, como foi na administração do Sr. Tulio, isolado e mal visto ( Nós vamos cobrar do TRE a administração eleita pelos 5 magistrados). Agora o TRE cassa por que o governador apoiou o Ricardo em Caceres! Então TRE vai cassar todosos prefeitos que o Blairo apoio no EStado? Ou só em Caceres? Palhaçada!

  • José Freitas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Ufa, acabou os processos em que os magistrados de cuiabá não tem nem o trabalho de ler pra julgar.
    Agora vem a parte séria, sem politicalha em Brasilia.
    Esperamos sinceramente acreditar na justiça do homem e de Deus, porque o que foi dado pelo povo não pode jamais ser retirado.
    em Brasilia, não existe influência e nem dedo de ninguém, lá é acima de tudo a lei.

    Vamos esperar, quem ri por último rí melhor.

  • Giulliano Garcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito pouco tenho a dizer sobre esta decisão, que país estamos vivendo, onde o povo decide nos meios legais o voto democrático e secreto diante de uma urna onde o resultado é favoravel a Ricardo Henry e por força de meia duzia de engravatados e de colarinhos brancos decidem manter a prefeitura a um prefeito não eleito pelo povo....que vergonha..Cáceres chora por parar no tempo..e nós só temos a lamentar o futuro da nossa cidade se assim permaneçer...até a próxima.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ooô Seu ferreira!!
    tá desempregado neh!! perdeu a boquinha

    mas olha so.. vc está redondamente enganado!!

    existem mais 3 (TRES) processos com parecer do MP pela cassação do Ricardo Henry..

    portanto, vem mais!! e mais multa tb!! para ele devolver aos cofres públicos um pouco daquilo que usurpou

    Ricardo Henry sem dúvida bateu o record.. e entrará no Guinnes.. O PREFEITO MAIS CASSADO DO BRASIL! hehe

    Não se esqueçam que os processos por compra de votos sequer foram julgados!!

    E que o TSE já negou SEIS liminares!!portanto o julgamento que vcs alegam isento já aconteceu!!
    e a justiça foi confirmada.. pois segundo a Constituição vivemos em um Estado Democrático DE DIREITO!
    hasta la vista henrystas

  • Sinval Botelho Gattas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto isso a cidade ta em frangalhos, as ruas é só buraco, os funcionários municipais entraram em greve hoje, a água suja que não chega às torneiras, mesmo que seja suja, a coleta de lixo uma verdadeira droga, as estradas da zona rural um caos.
    Tulio, volta Tulio, volta pra lá...

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...